As provas do Enem são divididas em duas partes: objetiva e redação. Em ambas, o foco é avaliar o domínio da língua portuguesa, compreensão de fenômenos naturais, a capacidade para enfrentar situações-problema e construir argumentações consistentes.

- PARTE OBJETIVA

São 63 questões que não estão divididas por disciplinas. Ou seja, não há uma prova de matemática, de biologia etc. Cada questão reúne e relaciona conhecimentos de diversas áreas. Por isso, é uma prova que não favorece a decoreba e não tem pegadinhas. O que vale é o conhecimento adquirido na vida escolar, em leituras de jornal e livros e no cotidiano.

- REDAÇÃO

A proposta de redação do Enem é baseada em temas atuais e nacionais, que estimulem a reflexão e a argumentação própria. No ano passado, o tema foi O Desafio de se Conviver com a Diferença. Para instigar os estudantes a pensar sobre o assunto, duas letras de músicas e um trecho da Declaração Universal sobre a Diversidade Cultural da Unesco foram apresentadas. Com base nessas sugestões, o candidato precisa redigir uma dissertação que respeite às normas gramaticais e apresente, de modo claro e coerente, seu ponto de vista.