O curso de Ciências Econômicas é bastante amplo e permite que o futuro economista trabalhe em diversas áreas que vão além do mercado financeiro, que é o que a maioria das pessoas imagina.

Quem escolhe a carreira na área de Economia precisa estar preparado para estudar bastante e conhecer sobre os mercados de todo o mundo!

Esse é um curso de humanas, bastante teórico, mas que tem algumas matérias que exigem cálculos e conhecimentos matemáticos. O bacharelado dura 4 anos e é oferecido em ótimas faculdades brasileiras! 

Se você ainda está se preparando para os vestibulares e está em dúvida sobre que nota precisa tirar no Enem pra passar em Economia, não deixe de ler este artigo!

Como conseguir uma vaga em uma boa faculdade de Economia?

A pontuação do Enem é a porta de entrada para a maioria das faculdades em nosso país e até no exterior!

Por exemplo, em acordo firmado com Portugal, algumas instituições de ensino superior de lá aceitam a nota do Enem para ingresso, assim como em outros países que utilizam a nota do Enem como complemento ao vestibular tradicional.

Por aqui, existem 4 maneiras de utilizar sua pontuação, veja:

  1. Sistema de Seleção Unificada (Sisu)
  2. Programa Universidade para Todos (ProUni)
  3. Fundo de Financiamento Estudantil (FIES)
  4. Ingresso direto

As três primeiras formas de seleção são programas do governo federal, que atribuem àqueles que têm as melhores notas no Enem uma vaga em universidades públicas, bolsas de estudo parciais ou integrais ou, ainda, o financiamento dos estudos, com pagamento após a formatura.

O ingresso direto é concedido por instituições privadas que aceitam a nota do Enem e que, dependendo do seu desempenho na prova, podem oferecer bolsas internas com uma porcentagem de desconto nas mensalidades.

Vamos conferir com detalhes como funciona cada uma dessas modalidades de ingresso!

Que nota preciso tirar no Enem pra passar em Economia pelo Sisu?

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é a forma de ingresso mais concorrida e que requer as notas mais altas. 

As vagas oferecidas são em universidades públicas e, para disputar uma delas, o candidato precisa ter prestado a última prova do Enem e ter alcançado uma pontuação mínima de 450 pontos, sem ter zerado na redação. 

O Sisu conta com sistemas de cotas, mas não é necessário comprovar renda familiar para ampla concorrência. Você precisa apenas da seguinte pontuação: 

  • Nota de corte média: 687.22
  • Maior nota: 810.26
  • Menor nota: 583.71

As notas de corte apresentadas são de 2018, portanto essa é a base de pontuação que você precisa seguir e determinar como meta no próximo Enem para garantir a sua vaga em alguma faculdade!

Que nota preciso tirar no Enem pra passar em Economia pelo ProUni?

O Programa Universidade para Todos (ProUni) oferece bolsas parciais e integrais em instituições de ensino superior privadas. Para pleitear uma vaga, é necessário comprovar uma renda mínima familiar.

Isso quer dizer que cada integrante da família não pode ganhar mais do que 1,5 salários mínimos para a bolsa integral (100%) e 3 salários mínimos para a bolsa parcial (50%). Além disso, a pontuação mínima exigida no Enem é de 450 pontos e nota acima de zero na redação.

As vagas também são bastante concorridas nessa modalidade e as últimas notas de corte são:

  • Nota de corte média: 700.70
  • Maior nota: 728.70
  • Menor nota: 677.20

Que nota preciso tirar no Enem pra passar em Economia pelo FIES?

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), como o próprio nome diz, é um financiamento, ou seja, você não pagará a faculdade durante os anos que estará estudando, apenas depois que estiver formado. 

Nessa modalidade, os juros são menores que o do mercado e variam segundo a renda familiar per capita, que não pode ultrapassar 2,5 salários mínimos.

As vagas disponíveis são em universidades privadas, e você precisará, no mínimo, de 450 pontos no Enem e nada de zerar na redação!

Confira as notas de corte do FIES:

  • Nota de corte média: 600.14
  • Maior nota: 751.00
  • Menor nota: 486.00

A Cruzeiro do Sul Educacional (presencial) oferece o curso de Ciências Econômicas no período noturno, na cidade de São Paulo. Com 548 pontos no Enem, um novo economista estará se formando em breve!

Que nota preciso tirar no Enem pra passar em Economia com ingresso direto?

Tirando uma boa pontuação no Enem, você consegue entrar em uma faculdade de Economia sem precisar prestar o vestibular tradicional. 

Isso porque muitas delas aceitam a nota do Enem para ingresso direto, mas exigem uma pontuação mínima de 300 pontos nas questões objetivas e acima de zero na redação.

A Cruzeiro do Sul Virtual (a distância), por exemplo, oferece o curso de Ciências Econômicas EAD, e você pode usar sua nota do Enem para passar. Você também pode concorrer a bolsas de estudo proporcionais ao seu desempenho no exame!

Então, se você não tem condições financeiras de pagar uma mensalidade integral e não conseguiu uma bolsa pelos programas do governo, não desanime. Pesquise e entre em contato com as universidades privadas. Essas faculdades podem ter uma proposta que se encaixe no seu bolso!

Confira algumas outras faculdades que aceitam as notas do Enem nas modalidades de ingresso que apresentamos. 

Onde estudar Economia com a nota do Enem?

Quer algumas sugestões de faculdades reconhecidas pelo MEC que oferecem vagas em Economia? Visite todos os sites e decida qual é a melhor para você:

Com a sua pontuação do Enem, você pode optar por fazer o curso presencial ou a distância em polos espalhados por muitas cidades do Brasil! Se conseguir uma bolsa, melhor ainda!

Veja também:

Ciências Contábeis ou Economia: qual a melhor opção?

Conheça os melhores cursos de Economia EAD e comece o curso

O que chama mais sua atenção na carreira de economista? Conte para nós nos comentários!