Odontologia é um dos cursos mais concorridos das universidades brasileiras. A possibilidade trabalhar por conta própria, atuar em áreas diversas e ainda receber um dos melhores salários do País são alguns dos fatores que atraem milhares de novos estudantes para essa graduação.

Quanto mais cresce a busca por uma vaga em Odontologia, maior é a nota que o candidato precisa tirar no Enem para conseguir ingressar em universidades públicas e privadas. Nos últimos anos, centenas de milhares de alunos têm entrado na disputa por uma das 28 mil vagas disponíveis.

Nas instituições federais, estaduais e municipais a relação chega a 26 candidatos por vaga – média que pode ser muito mais alta nas faculdades mais conceituadas.

Se você pretende estudar Odontologia, provavelmente está se preparando para encarar a concorrência, certo? Veja a seguir que nota é preciso tirar no Enem para entrar nesse curso e como direcionar seus estudos para fazer bonito nas provas!

Como usar o Enem para entrar em Odontologia

Quem vai fazer o Enem pensando em entrar em Odontologia pode tentar vaga de quatro maneiras:

•1. Sisu – é o maior e mais concorrido sistema de seleção do Governo Federal, que distribui vagas em universidades públicas aos alunos com melhor desempenho no Enem. Para participar, basta ter feito o Exame mais recente e não ter zerado na redação, mas garantir uma vaga em Odontologia vai exigir uma pontuação bem mais alta. São duas oportunidades por ano, em janeiro e em junho.

2. ProUni – com o Programa Universidade para Todos, alunos de baixa renda entram em faculdades privadas com bolsas integrais ou parciais bancadas pelo Governo Federal. O processo seletivo é bastante concorrido. Para participar é preciso ter feito o Enem mais recente, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. O MEC também exige que os candidatos atendam a certos critérios de renda e formação. O ProUni acontece duas vezes ao ano, logo depois do Sisu.

3. FIES – o programa de crédito estudantil do Governo Federal facilita a vida de estudantes que precisam financiar o curso de Odontologia em faculdades privadas. As vantagens do FIES são o prazo longo para pagamento da dívida e taxa de juros abaixo da média de mercado. Para concorrer é preciso se encaixar em critérios de renda e ter feito qualquer Enem a partir de 2010. O desempenho mínimo exigido é de 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. O processo de escolha de novos beneficiários acontece duas vezes ao ano, no início de cada semestre letivo. Quanto maior a nota do Enem, maiores a chances de ser classificado.

4. Ingresso direto – centenas de universidades privadas aceitam a nota do Enem como critério de seleção de novos alunos. As notas mínimas variam de acordo com a faculdade, mas na maioria delas o processo é bastante simples: basta apresentar o boletim de desempenho individual e, caso tenha a pontuação necessária, já pode fazer a matrícula. Informe-se sobre essa possibilidade no local onde você quer estudar.

Vamos agora conhecer a nota mínima no Enem para entrar em cada um desses processos seletivos:

Nota mínima no Enem para entrar em Odontologia pelo Sisu

Nos últimos anos, a nota de corte para entrar em Odontologia tem ficado na casa dos 700 pontos.

O desempenho dos candidatos que disputam a mesma vaga e a oferta em instituições mais renomadas podem alterar drasticamente a nota mínima necessária para obter uma vaga.

Em edições recentes do Sisu, a menor nota para entrar ficou em 620 pontos. A maior, 830.

Nota mínima no Enem para entrar em Odontologia pelo ProUni

Pelo ProUni a disputa também é feroz. O volume de vagas é bem menor que no Sisu, e isso faz a concorrência ser quase tão alta quanto. Nos últimos anos a média para conseguir uma bolsa de estudos em Odontologia foi de 640 pontos.

Aqui também há oscilações. As menores notas ficaram na casa dos 550 pontos, enquanto as maiores ultrapassaram 750!

Nota mínima no Enem para entrar em Odontologia pelo FIES

Já no FIES a concorrência dá uma aliviada, mas não muito. A média para conseguir o benefício ficou em 570 pontos. As menores notas registradas ficaram apenas um pouco acima do mínimo exigido: 480 pontos. Já as maiores se aproximaram de 700.

Nota mínima no Enem para ingresso direto em Odontologia em faculdades privadas

No ingresso direto não existe um parâmetro único, como nos processos seletivos do Governo Federal. Cada instituição define a nota mínima para conseguir vaga no curso de Odontologia. Algumas podem até pedir nota mais alta na área de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, que inclui conhecimentos de Química, Física e Biologia – essenciais para quem quer fazer esta graduação.

Como garantir vaga em Odontologia com a nota do Enem

Quem pensa em estudar Odontologia em universidade pública ou em particular com ajuda do Governo precisa investir pesado nos estudos.

A disputa por uma vaga é alta e muitos dos estudantes vêm se preparando há anos para o Enem. Você não quer ficar para trás, certo?

Para dar uma turbinada no seu desempenho, anote as dicas a seguir:

• Faça as provas dos anos anteriores do Enem (a partir de 2010) – é uma forma muito eficaz de se familiarizar com o formato dos exames.

• Durante as provas, vá identificando os conteúdos que parecem mais difíceis e os que parecem mais fáceis.

• Relacione os exercícios mais fáceis e os mais difíceis às competências. pedidas em cada área do conhecimento do Enem (estão todas no edital).

• Identifique as competências em que você ainda tem dificuldade e reforce os estudos.

• Identifique os assuntos que caem com mais frequência no Enem.

• Comece a estudar língua estrangeira (Inglês ou Espanhol) e interpretação de texto muito antes das provas.

O sonho de muito estudante é poder escolher vaga na universidade que quiser. Mas isso exige um esforço extra e mirar alto: pelo menos 35 acertos em cada uma das quatro provas (Matemática, Linguagens, Ciências Humanas e Ciências da Natureza) e pelo menos 800 pontos na redação.

Com uma pontuação coerente, que atenda bem aos requisitos de avaliação do Enem (acertar todas as fáceis, várias médias e algumas difíceis), o candidato vai obter uma nota final que permite ingressar em praticamente todos os cursos de Odontologia disponíveis no Sisu, ProUni ou FIES.

Onde estudar Odontologia

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Odontologia que participam do ProUni e do FIES, além de oferecerem a opção de ingresso direto para várias graduações:

• 

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) 

• Universidade Estácio de Sá (UNESA) 

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) - em Minas Gerais

Veja também:

Como entrar no Sisu com a nota do Enem

Como está seu ritmo de estudos para entrar em Odontologia? O que achou das notas de corte? Conte para a gente nos comentários!