Muitos candidatos acham que a redação do Enem é a parte mais difícil da prova. Realmente, parece um desafio enorme ter que escrever um texto bem estruturado e fundamentado, sobre um tema que você só vai conhecer na hora!

Porém, entender quais são as competências avaliadas na redação do Enem e como funciona o processo de correção deixa tudo menos complicado e pode te ajudar a tirar uma boa nota na prova.

Uma dúvida comum entre os candidatos é: existe um gabarito da redação do Enem? Veja a resposta a seguir!

A redação do Enem tem gabarito?

Diferente do que ocorre com as provas objetivas (de múltipla escolha) do exame, não existe um gabarito da redação do Enem,. As redações do Enem são corrigidas uma a uma, considerando o desempenho do candidato em cinco competências.

Por outro lado, embora não exista um gabarito da prova de redação do Enem, é possível ter acesso aos textos que obtiveram nota máxima (1.000) na última edição do exame.

Os exemplos de redações nota 1.000 são disponibilizados na “Cartilha do Participante”, material que é publicado a cada ano pelo Inep e pode ser obtido gratuitamente no site do Enem-Inep.

Como a redação do Enem é corrigida

A redação deve seguir a estrutura dissertativa-argumentativa e ter no máximo 30 linhas. O candidato deve apresentar uma opinião (tese) sobre o tema proposto, construída a partir de argumentos consistentes e que possuam coerência e coesão entre si.

A prova de redação do Enem traz alguns textos motivadores, dos quais o candidato pode retirar informações para construir sua argumentação.

Como mencionado, a correção considera cinco competências do candidato na construção do texto:

  1. Domínio da língua portuguesa formal na modalidade escrita.
  2. Compreensão da proposta de redação e aplicação de conceitos de diferentes áreas do conhecimento no desenvolvimento do tema.
  3. Defesa de um ponto de vista a partir da seleção, interpretação e organização de fatos, informações e argumentos.
  4. Conhecimento e emprego de mecanismos linguísticos necessários à construção argumentativa.
  5. Elaboração de uma proposta de intervenção social para a questão apresentada (tema da redação) que respeite os direitos humanos.

Cálculo da nota

O candidato pode obter de 0 a 200 pontos em cada competência, por isso a nota máxima da redação do Enem é 1.000 pontos.

Cada redação é corrigida de forma independente por, no mínimo, dois professores, sem que um conheça a nota dada pelo outro.

A nota final do candidato é a média aritmética das notas totais dos avaliadores.

Se houver discrepância, ou seja, uma diferença acima de 100 pontos entre as notas totais dos avaliadores ou de mais de 80 pontos em alguma das competências, a redação passa por um terceiro avaliador.

Nesse caso, a nota final fica sendo a média aritmética das duas notas totais que mais se aproximem.

Se a discrepância continuar após a terceira avaliação, a redação é avaliada por uma banca formada por três professores, que atribui a nota final do candidato.

Como não zerar na redação do Enem

É importante conhecer os fatores que podem fazer com que uma redação receba nota zero no Enem:

  • Fugir totalmente do tema
  • Não seguir a estrutura dissertativa-argumentativa no texto
  • Escrever menos de 8 linhas
  • Copiar trechos integrais dos textos motivadores
  • Utilizar impropérios, desenhos, números, sinais gráficos ou outras formas propositais de anulação no texto
  • Inserir texto com qualquer trecho deliberadamente desconectado do tema proposto
  • Assinar nome, apelido ou rubrica fora do local próprio para a assinatura
  • Escrever em língua estrangeira
  • Deixar a folha de redação em branco, mesmo que tenha escrito o texto completo na folha de rascunho

Onde estudar com a nota do Enem

Com a nota do Enem, você pode participar do Sisu e concorrer a vagas em universidades públicas. Além disso, os programas de incentivo do governo federal oferecem bolsas de estudo (ProUni) e financiamento em instituições privadas (FIES).

Porém, existe um jeito simples e rápido de usar o resultado do Enem para entrar um uma faculdade privada e ainda receber desconto de até 100% na mensalidade: o ingresso direto.

Ingresso direto é quando você usa sua nota do Enem para entrar em uma faculdade, em vez de passar pelo vestibular interno da instituição. Ou seja, por meio do ingresso direto, não é preciso fazer uma nova prova, apenas o Enem!

Além disso, você pode pedir uma bolsa de estudo na instituição onde deseja estudar. Neste caso, o percentual varia de 30% a 100%, dependendo da sua pontuação no Enem. 

Como essa bolsa é fornecida diretamente pela faculdade, sem intermediários, o processo é muito mais rápido e possui muito menos burocracia que os programas do governo.

Veja a seguir uma lista de faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que aceitam a nota do Enem para ingresso direto e ainda oferecem bolsas de estudo a seus alunos:

Você também pode se interessar por:

Descubra como calcular a nota do Enem

Que nota preciso tirar no ENEM pra passar em Pedagogia

Depois de tirar sua dúvida e entender como a nota da redação é calculada, responda nos comentários: você pensa em usar sua nota do Enem para entrar na faculdade? Qual curso pretende fazer?