Engenharia Elétrica na Anhanguera

  • Graduação
  • 10 semestres
  • Bolsas a partir de R$ 84,15
4,2

Boa

(52)

Como é o curso de Engenharia Elétrica na Anhanguera?

A engenharia elétrica é uma área da engenharia que se concentra no projeto, construção e manutenção de sistemas elétricos e eletrônicos, incluindo equipamentos eletrônicos, redes de energia e sistemas de controle de processos.

Resumo do curso

  • Área de conhecimento: Engenharias

  • Duração: em média, 5 anos

O que você vai aprender?

  • Geometria Analítica E Álgebra Vetorial

  • Administração E Economia Para Engenheiros

  • Engenharia E Profissão

  • Ed - Projeto De Vida

Como é a faculdade Anhanguera

Avaliação dos Alunos

4,2

Boa

52 avaliações

  • Empregabilidade
    3,7
  • Estrutura
    4,2
  • Professores
    4,2
  • localização
    4,6

Resumo da faculdade

  • mais de 121.000 alunos matriculados
  • mais de 5.000 docentes
  • 99 cursos de graduação e 684 de pós-graduação
  • 2598 unidades

Dúvidas mais frequentes

A Anhanguera conta com uma metodologia de ensino inovadora, que prioriza a prática e o desenvolvimento de habilidades. A equipe de professores, formados por mestres e doutores, valorizam a atualização constante e o diálogo com seus alunos.

Para o desenvolvimento dos estudos, faculdade utiliza uma plataforma de ensino adaptativo, baseada em inteligência artificial, que elabora planos de estudo individualizados e gamificados, focando nas áreas de maior dificuldade do aluno.

O sistema educacional inclui atividades interativas e um ambiente virtual de aprendizagem dinâmico. As avaliações são contínuas, permitindo que o desempenho do aluno ao longo do semestre influencie diretamente na sua nota final, integrando cursos complementares e estudos dirigidos.

A Anhanguera também mantém uma estrutura física com laboratórios, bibliotecas e salas de aula equipadas com recursos multimídia. Além disso, o programa de Convênio Empresa possibilita parcerias com empresas para oferecer descontos em cursos.

O curso de Engenharia Elétrica é uma graduação que prepara os estudantes para trabalhar com sistemas elétricos, eletrônicos e eletromagnéticos. Ao longo do curso, os alunos estudam uma variedade de disciplinas que abrangem desde os fundamentos da física até a aplicação prática de princípios de engenharia.

Geralmente, o curso começa com uma base sólida em matemática, física e química, fornecendo os fundamentos necessários para entender os princípios subjacentes à engenharia elétrica. Conforme avançam nos semestres, os alunos passam a estudar disciplinas mais específicas, como circuitos elétricos, eletrônica analógica e digital, sistemas de controle, máquinas elétricas, eletrônica de potência, telecomunicações, entre outros.

Além das aulas teóricas, os estudantes geralmente participam de laboratórios práticos, onde têm a oportunidade de aplicar os conceitos aprendidos em projetos e experimentos. Essas atividades práticas são essenciais para consolidar o entendimento dos alunos e prepará-los para resolver problemas do mundo real.

Durante o curso, os alunos também têm a oportunidade de escolher disciplinas eletivas de acordo com seus interesses específicos, podendo se aprofundar em áreas como energia renovável, sistemas embarcados, automação e controle, telecomunicações, entre outras.

O curso de Engenharia Elétrica costuma ser desafiador, exigindo dedicação e perseverança por parte dos estudantes. No entanto, ao final da graduação, os graduados estão preparados para ingressar em uma variedade de setores, incluindo energia, automação industrial, telecomunicações, sistemas embarcados, entre outros, ou até mesmo seguir uma carreira acadêmica em pesquisa e desenvolvimento.

É difícil fazer Engenharia Elétrica?

Engenharia Elétrica pode ser desafiadora, mas também gratificante. Como em qualquer área da engenharia, requer dedicação, habilidades analíticas e capacidade de resolver problemas. Além disso, a natureza da disciplina envolve conceitos complexos de matemática, física e teoria elétrica.

Os cursos de Engenharia Elétrica geralmente cobrem uma ampla gama de tópicos, incluindo circuitos elétricos, eletrônica, sistemas de potência, controle e automação, telecomunicações, entre outros. Isso exige um alto nível de concentração e compreensão dos princípios fundamentais.

Porém, muitos estudantes acham o desafio gratificante, especialmente quando vêem como podem aplicar seus conhecimentos para resolver problemas do mundo real, desenvolver novas tecnologias e contribuir para avanços em áreas como energia sustentável, comunicações e automação.

Quantos anos é uma faculdade de Engenharia Elétrica?

O curso de Engenharia Elétrica geralmente tem uma duração média de cinco anos, equivalentes a dez semestres. Por outro lado, para alguns estudantes, especialmente aqueles que enfrentam dificuldades acadêmicas ou optam por estágios prolongados, o curso pode levar mais do que os cinco anos padrão.

A engenharia elétrica é uma área da engenharia que se concentra no projeto, construção e manutenção de sistemas elétricos e eletrônicos, incluindo equipamentos eletrônicos, redes de energia e sistemas de controle de processos.

A faculdade de engenharia elétrica é uma das áreas mais importantes dentro do campo da engenharia, responsável por projetar, construir e manter sistemas elétricos, eletrônicos e de computação. Essa graduação oferece uma ampla gama de disciplinas que permitem que os estudantes se aprofundem em temas como eletrônica, circuitos elétricos, sistemas de energia, comunicações e controle de processos.

Ao longo do curso, os estudantes são expostos a uma variedade de tópicos, desde os princípios fundamentais da eletricidade e magnetismo até a teoria da computação e inteligência artificial. O currículo também inclui aulas práticas em laboratórios, onde os alunos podem aplicar a teoria aprendida em projetos e experimentos.

A faculdade de engenharia elétrica prepara os estudantes para atuarem em diversas áreas da indústria, como na criação de equipamentos eletrônicos, no projeto e manutenção de redes elétricas, no desenvolvimento de sistemas de controle de processos industriais, entre outros. Além disso, muitos engenheiros elétricos atuam em áreas de pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias.

Para ter sucesso na faculdade de engenharia elétrica, é necessário ter habilidades matemáticas e analíticas, além de ser criativo e ter um forte interesse em tecnologia e ciência. Os estudantes também precisam ser capazes de trabalhar em equipe e se comunicar efetivamente, pois muitos projetos exigem colaboração entre engenheiros de diferentes áreas.

No final do curso, os graduados em engenharia elétrica possuem uma base sólida em tecnologia e são capazes de desenvolver soluções para os desafios mais complexos do mundo moderno. Como resultado, muitos engenheiros elétricos estão em alta demanda no mercado de trabalho e têm a oportunidade de trabalhar em empresas inovadoras e de grande porte em todo o mundo.

Com o Mundo Vestibular, entrar na faculdade é muito mais fácilCadastre-se e receba alertas por e-mail e WhatsApp assim que chegarem novas vagas do seu interesse.
Busque sua vaga
Compare preços e escolha a vaga que cabe no seu bolso
Garanta sua vaga
Pague a taxa de serviço, chamada de pré-matrícula
Estude pagando menos
Aí é só fazer o processo seletivo e a matrícula na faculdade