Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque uma bolsa

    Compare preços e escolha a bolsa de estudos que seja sua cara.


  2. Garanta a bolsa

    Pague a adesão para garantir sua bolsa.


  3. Tamo junto na próxima fase.

    Agora é só fazer o processo seletivo e se matricular na faculdade.


Enem

Entendendo a Fake News na Redação do Enem

2 de novembro de 2023
megafone vermelho e a palavra fake news disposta em sua frente, com blocos de letras de madeira
Imagem do autor
Escrito porLivia Giner

Fake news significa “notícia falsa” e o termo em inglês existe para denominar informações mentirosas divulgadas como verdadeiras. A expressão se tornou muito recorrente nos últimos anos, especialmente com o advento das redes sociais. 

+ Encontre bolsas de estudo de até 80%

E aqui vai uma novidade: o universo do Enem está super ligado a esse tema. Entender sobre fake news pode ser um grande trunfo na hora da redação. Vamos nos aprofundar? Continue lendo!

Origens e Evolução das Fake News

Notícias falsas não são exclusivas da era digital. Desde sempre, informações incorretas ou distorcidas circularam por aí. 

A diferença é que, no passado, eram boatos sussurrados de ouvido a ouvido. Mas aí surgiram a internet e as redes sociais, acelerando e ampliando o alcance dessas “notícias”. Hoje, uma única postagem pode alcançar milhões de pessoas em segundos.

homem lendo notícias em seu tablet com uma xícara de café ao lado

Impacto das Fake News na Sociedade

Quando falamos em fake news, não estamos tratando de algo leve. A desinformação pode ter consequências pesadas e muito mais complexas do que imaginamos. Imagine decidir seu voto baseado em informações falsas? Impactante, não? 

E não para por aí. Há casos de pânico coletivo, difamação de pessoas e, incrivelmente, fake news que levam a decisões de saúde equivocadas.

Primeiramente, as fake news desgastam a confiança que as pessoas têm nas instituições e nos meios de comunicação. E quando elas não sabem em quem ou no que confiar, isso pode levar a um ceticismo generalizado. Este ceticismo, por sua vez, pode minar a fé nas instituições democráticas, na ciência, na justiça e até mesmo nos vizinhos e na comunidade.

Além disso, a desinformação tem o poder de polarizar ainda mais as opiniões públicas. As fake news frequentemente alimentam preconceitos e estereótipos, criando divisões mais profundas entre diferentes grupos na sociedade, seja por motivos políticos, religiosos ou culturais. Em um ambiente já polarizado, as notícias falsas agem como combustível, agravando tensões e potencialmente levando a conflitos.

No campo da saúde, as fake news também mostram sua face perigosa. Informações falsas sobre tratamentos, vacinas ou surtos de doenças podem levar as pessoas a tomarem decisões prejudiciais à sua saúde e à saúde da comunidade como um todo. Em tempos de pandemia, por exemplo, a desinformação pode dificultar os esforços de controle e prevenção de doenças.

Economicamente falando, as notícias falsas podem impactar os mercados e as decisões de negócios. Uma informação falsa sobre uma empresa ou situação econômica pode resultar em perdas financeiras significativas.

Por último, mas não menos importante, as fake news podem afetar a tomada de decisões em todos os níveis da sociedade. Quando baseadas em informações incorretas, as decisões podem não ser as mais adequadas ou benéficas para a sociedade, como citamos anteriormente.

Leia também:

+ Qual a importância de estudar História? Entenda!

+ Conheça 10 poetas brasileiros e suas obras

+ Minorias sociais: o que são, tipos, características e desafios

Reconhecendo e Combatendo as Fake News

Dada a complexidade e a gravidade dos impactos das fake news, torna-se essencial que a sociedade, como um todo, esteja equipada com ferramentas e educação para discernir e combater a desinformação que parece sempre se espalhar.

Mas, calma! Há luz no fim do túnel. Para começar, sempre questione. Títulos muito chocantes ou informações que parecem “inacreditáveis” podem ser um sinal. O ideal é sempre checar em fontes confiáveis.

Existem plataformas dedicadas ao fact-checking, ou seja, verificação de fatos. Se está na dúvida sobre uma notícia, consulte um desses sites.

E claro, lembre-se de buscar especialistas no assunto e, dependendo da temática, observe ambos os lados do tema e compreenda o que realmente está acontecendo.

homem escrevendo uma redação em um notebook

Fake News e a Redação do Enem

Relacionando com nosso amado (e temido) Enem: estar informado sobre fake news pode ser um grande diferencial. O Enem tem uma tendência a abordar temas contemporâneos e relevantes e, com as fake news em alta, o assunto pode aparecer.

Abordar o tema das fake news na redação requer um alto grau de pensamento crítico. Por isso, os candidatos devem ser capazes de avaliar informações, distinguir fatos de opiniões e construir argumentos lógicos e convincentes, habilidades essenciais para combater a desinformação.

Além disso, ao tratar das fake news, os estudantes podem ser incentivados a refletir sobre a ética da disseminação de informações, a responsabilidade dos meios de comunicação e a importância da educação midiática na formação de cidadãos conscientes.

Ao discorrer sobre o tema na redação, é essencial apresentar uma argumentação sólida, respaldada em dados, e propor soluções práticas. Como a educação midiática poderia ajudar? E as escolas, teriam um papel nesses casos?

Até porque, obviamente, outra relação entre as fake news e a redação do Enem, é de que o aluno jamais pode inventar informações para inserir em seu texto. Isso tiraria toda a credibilidade do candidato, além de possibilitar que ele perdesse pontos em alguns critérios avaliativos.

Já deu para perceber, mas reforçamos: as fake news são um desafio real, mas com pensamento crítico e busca contínua por conhecimento, podemos combatê-las. E, quem sabe, com esse domínio sobre o tema “fake news redação”, você não conquista uma nota excelente no Enem?

Veja mais:

+ Patriarcalismo: O que é, características e consequências

+ 8 Dicas para estudar atualidades para o ENEM

+ Quem foi Clarice Lispector?

Onde estudar com a nota do Enem?

Fique por dentro de algumas instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), as quais você pode utilizar a nota do Enem para ingressar de forma direta. Elas ainda contam com boas avaliações e oferecem diversos benefícios financeiros, como bolsas de estudos, descontos na mensalidade e financiamento sem burocracia. Dá uma olhada:

Facul sem treta? É aqui mesmo!
Facul sem treta? É aqui mesmo!

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.