Entenda o que é o aditamento do Fies e saiba mais sobre as regras desse programa! 

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) está com inscrições abertas para o primeiro processo seletivo de 2021! Por isso, muito tem se falado na grande oportunidade que o Fies representa para quem deseja ingressar no Ensino Superior privado, e pouco sobre o processo de aditamento que os estudantes já beneficiados pelo programa devem realizar todos os semestres.

Se você está com um contrato ativo com o Fies e não sabe do que nós estamos falando, ou até sabe, mas ainda tem dúvidas sobre o processo de aditamento, continue a leitura que nós vamos te explicar como funciona tudo isso!

O que é o aditamento do Fies?

O aditamento do Fies nada mais é do que um processo de renovação do contrato de financiamento estudantil.

Trata-se de um procedimento que todos os estudantes contemplados pelo programa devem realizar semestralmente, ou seja, duas vezes por ano. Caso contrário, a renovação do contrato não ocorre e o benefício do financiamento é suspenso! Por isso, é importante não dar bobeira com este processo.

Qual é a diferença entre aditamento simplificado e não simplificado?

O aditamento simplificado ocorre quando a renovação não requer alterações nas cláusulas contratuais do financiamento do estudante. Trata-se de um procedimento que apenas altera a data de vigência do contrato.

O aditamento não simplificado, por outro lado, consiste na renovação do contrato com alterações nas cláusulas do contrato inicialmente firmado com o Fies. Esta forma de renovação acaba sendo mais complicada, até porque envolve, inclusive, a participação dos fiadores do seu contrato. De qualquer forma, não se desespere! Com um pouquinho de organização, dá para fazer tranquilamente.

Como solicitar o aditamento do Fies?

Tanto para o aditamento simplificado, quanto para o não simplificado, o processo é feito por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFies), a partir de uma solicitação da Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA).

O que é o aditamento simplificado?

No caso do aditamento simplificado, após a solicitação do aditamento feita pela CPSA, o estudante beneficiado pelo financiamento deve verificar se as informações inseridas no sistema estão corretas.

Caso esteja tudo certo, em até 20 dias contados da data da solicitação, o beneficiário deve confirmar a solicitação de aditamento do contrato e, depois, comparecer à CPSA para retirar seu Documento de Regularidade de Matrícula (DRM) assinado pelo presidente ou vice-presidente da Comissão. 

Caso haja alguma informação incorreta na solicitação de aditamento feita pela CPSA, o estudante deverá rejeitá-la no SisFies e entrar em contato com a Comissão para solicitar as correções e o reinício do processo de renovação contratual.

O que é o aditamento não simplificado?

O processo do aditamento não simplificado é o mesmo do simplificado, só que ganha mais uma etapa.

Após a assinatura do Documento de Regularidade de Matrícula (DRM), o estudante beneficiado deverá comparecer ao Agente Financeiro acompanhado do seu representante legal (se houver) e dos fiadores do contrato de financiamento. 

Nesta ocasião, que deverá ocorrer em até 10 dias contados a partir do terceiro dia útil imediatamente após a data da confirmação da solicitação de aditamento, a renovação do contrato, com alterações, deverá ser formalizada.

Conheça algumas das faculdades participantes do Fies 2021

Se você veio aqui se informar sobre o aditamento do Fies, das duas uma: ou já está com um contrato vigente e quer saber como fazer a renovação, ou está tentando um financiamento pelo Fies agora em 2021 e quer se adiantar sobre como fazer para garantir a continuidade do seu benefício quando ele estiver vigente!

Se você for essa segunda pessoa, mais prevenida impossível, preste atenção nesta dica: selecionamos algumas instituições de Ensino Superior que, além de serem reconhecidas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC), oferecem cursos em todas as áreas que você pode imaginar e, ainda, estão na lista de faculdades credenciadas pelo Fies.

Fora isso, mesmo que você não consiga um financiamento nessa edição do Fies 2021 que está ocorrendo agora em janeiro, você pode tentar negociar boas condições de pagamento com uma dessas faculdades, já que elas costumam oferecer programas de incentivo ao acesso ao Ensino Superior por conta própria. 

Assim, pode ser que você consiga uma bolsa de estudos, um bom desconto nas mensalidades do seu curso, ou mesmo um financiamento estudantil diretamente com uma dessas instituições de Ensino Superior. Veja:

Veja também: Quantos pontos preciso tirar no Enem pra conseguir o Fies

Entendeu como fazer o aditamento do seu contrato de financiamento com o Fies? Ou você ainda vai tentar o processo seletivo do Fies em 2021 e só veio se adiantar sobre o tema? Conta para a gente aqui nos comentários!