Todo jovem, ao ingressar no Ensino Médio, se depara com uma palavra que tira ou sono de muitos: vestibular. Esse termo estar presente durante toda essa fase escolar e, muitas vezes, após ela. Mas o que é e para que serve o vestibular? Continue a leitura para entender que isso não é um bicho de sete cabeças.

O exame vestibular nada mais é que o principal processo seletivo para ingresso em uma faculdade. Normalmente, consiste em uma prova de avaliação dos conhecimentos adquiridos nos ensinos fundamental e médio, principalmente neste último.

Aplicado por fundações ou comissões especialmente para esse fim, o exame vestibular irá selecionar, por meio da comparação das pontuações anteriores pelos participantes na prova, os melhores candidatos a ingressar no curso superior para o qual se inscreveram, de acordo com a quantidade de vagas Sugidas .

Cada instituição de ensino, seja ela pública ou privada, possui o seu próprio vestibular. Porém, para facilitar a vida de inúmeros estudantes, a maioria das universidades participa de sistemas integrados de avaliação, como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), conforme explicaremos a seguir.  

Vestibular em faculdades públicas e privadas

O vestibular é o principal critério de seleção de novos estudantes tanto para as instituições de ensino superior quanto para as particulares.

Contudo, o exame tem um maior significado para as faculdades públicas, pois, devido à gratuidade do ensino, costumam ser mais procuradas pelos estudantes, gerando uma maior concorrência, com a candidatura de alunos disponíveis.

Entretanto, há também muitos vestibulares de faculdades privadas bastante concorridos, dependendo do curso e da instituição.

É preciso vestibular para entrar na faculdade?

Para as universidades públicas, o vestibular é a única forma de ingresso de novos alunos - com exceção em alguns casos, como a admissão, em vagas remanescentes, de candidatos que já possuem diploma de ensino superior.

Saiba mais: Entenda como e onde fazer uma segunda licenciatura

Já para as universidades particulares, outras formas de ingresso são possíveis e variam de instituição para instituição, mas o vestibular continua sendo a principal delas.

Cada instituição, seja ela pública ou privada, possui seu formato próprio de vestibular. Há diferenças entre o número e o tipo de questões, se são objetivas ou discursivas, a quantidade de etapas, ou seja, se possui uma segunda fase, a quantidade de dias em que as provas são aplicadas, a época do ano em que o vestibular acontece e como matérias cobradas nas provas.

Para alguns cursos, como Moda, Arquitetura e Urbanismo, Dança e Música, podem ainda ser aplicadas provas de habilidades específicas, que ocorrem em dados diferentes do vestibular geral.

Contudo, grande parte das universidades participam de sistemas integrados de avaliação criados pelo governo, e que acabam substituindo o seu vestibular tradicional.

O principal sistema do Governo para avaliação dos estudantes é o Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem.

Qual é a diferença entre o Enem e o vestibular?

Criado em 1998, boletim para avaliar a qualidade do Ensino Médio no país, o Enem se tornado o maior vestibular do Brasil e a principal forma de ingresso no ensino superior. Por meio dele, é possível, inclusive, conquistar vagas em universidades estrangeiras, por meio de parcerias diplomáticas entre o Brasil e outros países, como Portugal.

Dica de leitura: Saiba como você pode tentar as bolsas de estudo em Portugal

Apesar do Enem e dos vestibulares terem o objetivo de permitir acesso ao ensino superior, a principal diferença entre eles é que enquanto o Enem consiste em uma avaliação, o vestibular é todo o processo seletivo em si.

Apenas fazer a prova do Enem não significa concorrer a uma vaga na faculdade. O candidato deve se inscrever também nos processos seletivos.

O Enem pode substituir o vestibular tradicional de várias instituições, podendo o candidato escolher sua pontuação para se inscrever em diferentes escolhas. 

Algumas escolas usam a própria pontuação do Enem para selecionar seus candidatos, substituindo assim a própria prova de vestibular. Outras usam o Enem como um aditivo ao seu exame tradicional.

Como usar uma nota do Enem para entrar na faculdade

Existem programas que utilizam uma proposta e nota no Enem como processo seletivo para o ensino superior:

  • SiSU: o Sistema de Seleção Unificada, do Ministério da Educação, é uma plataforma na qual instituições públicas de ensino superior de todo país permitido para candidatos participantes do Enem. Os estudantes com as melhores classificações são selecionados de acordo com suas notas no exame, e não precisa fazer o vestibular tradicional da universidade inscrita.
  • Prouni: o Programa Universidade para Todos, do Governo Federal, foi criado com o objetivo de oferecer bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação de universidades particulares de todo país.
  • FIES: o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior é um programa do Ministério da Educação que facilita a entrada de estudantes em faculdades particulares por meio de financiamento a baixos juros. Após o fim da graduação, o aluno devolver o valor financiado pelo governo em parcelas mensais.

Saiba mais:

Sisu é a mesma coisa que ProUni?

Como usar o FIES para complementar a bolsa do Prouni

Quando é que faz o vestibular?

Normalmente, os exames vestibulares acontecem entre os últimos meses do ano, mas as inscrições ocorrem com meses de antecedência. Alguns vestibulares possuem, ainda, uma segunda fase, que costuma acontecer no início do ano.

Como cada instituição possui o seu próprio cronograma e regras para o vestibular, é preciso ficar de olho no calendário e acompanhar os editais publicados. Já no início do ano as universidades costumam publicar os editais e iniciar os procedimentos de inscrição nos vestibulares.

Como passar no vestibular?

Para se dar bem no vestibular é preciso, antes de tudo, se preparar com antecedência. Traçar um plano de estudos, se informar, resolver provas anteriores, fazer cursinho preparatório, treinar a redação… tudo isso conta.

Saber como funcionam os vestibulares nos quais você tem interesse em se inscrever também é muito importante. Afinal, como anteriormente anteriormente, cada instituição possui seu formato próprio de vestibular, e estar familiarizado com ele ajuda a direcionar seus esforços.

No podcast “Desvendando o Vestibular”, você encontra informações interessantes que podem te ajudar durante uma preparação para o vestibular. Confira, no episódio abaixo, como montar uma estratégia para realização da prova:

Faculdades que oferecem bolsa de estudo e aceitam a prova do Enem

Separamos uma lista de faculdades aprovadas pelo MEC que, além de aceitarem a prova do Enem no seu vestibular, estão inscritas no Prouni e no Sisu e ainda oferecem descontos e bolsas de estudos para seus alunos. Confira:

E aí, preparado para o vestibular? Compartilhe com a gente aqui nos comentários o que achou do texto e como você está se preparando para enfrentar os exames.