Você está pensando em ingressar na graduação em Engenharia de Produção mas não sabe qual nota é preciso tirar para passar no curso? Neste artigo, você descobre mais sobre o assunto!

O engenheiro de produção é importantíssimo em diversos setores, principalmente na indústria. Ele é o responsável pelo gerenciamento dos recursos materiais, financeiros e humanos, com o objetivo de aumentar a produtividade e o faturamento das empresas.

Para isso, ele controla processos, produtos e serviços, identificando e analisando as causas de perdas, e estabelece planos de ações preventivas e corretivas. O engenheiro de produção também desenvolve, testa e supervisiona sistemas, processos e métodos produtivos.

Como é o curso de Engenharia de Produção?

O curso de Engenharia de Produção é um bacharelado com duração média de 5 anos. Ele é oferecido nas modalidades presencial e a distância. Apesar de ser uma graduação da área de Exatas, o curso também aborda conteúdos das Ciências Humanas, como Administração e Economia.

A grade curricular do curso é composta por conteúdos básicos, profissionalizantes e específicos da área. Confira algumas disciplinas dessa graduação:

Matérias básicas

  • Administração;
  • Ciências do Ambiente;
  • Ciência e Tecnologia dos Materiais;
  • Economia;
  • Física;
  • Informática;
  • Matemática e Estatística;
  • Mecânica dos Sólidos;
  • Química.

 

Matérias profissionalizantes e específicas

  • Engenharia do Produto;
  • Ergonomia e Segurança do Trabalho;
  • Estratégia e Organização;
  • Gerência de Produção
  • Gestão Ambiental;
  • Gestão Econômica;
  • Gestão de Tecnologia;
  • Modelagem, Análise e Simulação de Sistemas;
  • Pesquisa Operacional;
  • Processos de Fabricação;
  • Qualidade;
  • Sistemas de Informação;
  • Transporte e Logística.

Durante o curso, o graduando precisa cumprir 160 horas de estágio supervisionado obrigatório na área e, ao final, apresentar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Para atuar profissionalmente, o recém-formado ainda deve se credenciar no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Quantos pontos precisa para passar em Engenharia de Produção?

A principal forma de ingresso em cursos de Engenharia de Produção de diferentes instituições, públicas e privadas, é o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O exame é composto por quatro provas objetivas, de Códigos e Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza, e uma redação.

Com o resultado do exame, o candidato pode se inscrever em universidades públicas e conseguir bolsa de estudo ou financiamento em faculdades particulares através dos programas do governo. 

A nota do Enem varia de zero a 1000. Para classificar os candidatos ao curso de acordo com a nota do Enem, as instituições estipulam notas de corte. Para ser selecionado para o curso, o estudante deve ter tirado uma nota maior do que a nota de corte, já que a nota de corte equivale a nota do último classificado.

Nota de corte para o curso de Engenharia de Produção no Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um programa federal que permite a entrada em diversas universidades públicas do país, por meio da nota do Enem. Para se inscrever, o candidato deve ter feito o último Enem e não ter obtido zero na redação. Além da nota de corte, algumas instituições também exigem nota mínima para que o estudante se inscreva.

Segundo o portal Quero Bolsa, com os dados do Sisu de 2019, a nota de corte média para Engenharia Produção no Sisu é de 700.67. A menor nota de corte registrada foi 616.28 e a maior, 820.35.

Nota de corte para o curso de Engenharia de Produção no Prouni

Enquanto o Sisu dá ingresso às universidades públicas, o Programa Universidade Para Todos (Prouni) é um programa do governo federal que oferece bolsas de estudos de 50% e 100% para faculdades privadas.

Para se inscrever no Prouni, o candidato deve se encaixar em alguns critérios: ter tirado a nota mínima 450 pontos no último Enem, não ter zerado a redação, ter concluído o ensino médio em escola pública ou particular com bolsa integral e ter renda familiar per capita compatível com a bolsa escolhida. 

De acordo com o levantamento do site Quero Bolsa, com os dados do Prouni 2019, a nota de corte média para Engenharia de Produção é de 652.42. A maior nota registrada nesse ano foi de 715.66 e a menor, 599.22.

Nota de corte para o curso de Engenharia de Produção no Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é outro programa federal que dá acesso à instituições de ensino particulares com a nota do Enem, no qual o estudante só paga pelo curso depois de formado.

Para ingressar no Fies, o estudante pode ter feito o Enem a partir de 2010, ter tirado, no mínimo, 450 pontos e não ter zerado a redação, além de ter renda familiar máxima de 3 salários mínimos por pessoa.

De acordo com o Quero Bolsa, a partir dos dados do Fies 2019, a nota de corte média do curso de Engenharia de Produção no Fies é de 556.43. A menor nota de corte registrada foi de 450.00 e a maior, 719.00.

Onde cursar Engenharia de Produção?

Gostou de conhecer mais sobre o curso de Engenharia de Produção? Além de tentar ingresso pelos programas do governo, como Sisu, Prouni e Fies, você também pode usar sua nota do Enem para ingressar diretamente em uma universidade particular, sem precisar fazer o vestibular novamente.

Algumas faculdades privadas oferecem bolsas de estudos, descontos nas mensalidades e ingresso sem burocracia. Gostou? Então, confira estas faculdades bem reconhecidas pelo MEC para você estudar pagando pouco, no ensino presencial ou a distância:

Leia mais: Descubra quais são as notas de corte do Enem 2020

E você, já sabe onde irá cursar Engenharia Produção? Compartilhe com a gente nos comentários abaixo!