O Enem é a forma mais simples e rápida de conseguir ingressar uma faculdade pública ou privada. 

Mas, para conseguir entrar em uma faculdade com a nota deste exame, o candidato precisa saber todas as opções que pode utilizar e as regras para se inscrever em cada uma delas. 

Quer saber como usar a nota do Enem e começar a estudar o quanto antes? Então, vem com a gente que te mostraremos tudo! 

O que você pode fazer com a nota do Enem 

Veja agora o levantamento que fizemos de como pode usar a sua nota do Enem e escolha a forma que mais se encaixa com você!   

Entrar em uma universidade pública 

Todos os anos são disponibilizadas mais de 200 mil vagas para cursos nas universidades públicas de todo o país no Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Para concorrer a uma dessas vagas, é preciso ter realizado a última edição do Enem e não ter zerado a redação.

Todos os anos o Sisu abre as inscrições logo após o resultado do Enem, no começo do ano, e no segundo semestre. Não existe uma nota mínima para concorrer, mas quanto maior for a sua nota, maior será a chance de conseguir uma vaga.

Para se inscrever, você deve acessar o site do Sisu e acompanhar todo o processo pela internet. Geralmente, os beneficiados pelo Sisu possuem nota igual ou acima a 680 pontos no Enem. 

Ganhar bolsa de estudos

Outra opção é tentar conseguir uma bolsa de estudos pelo Programa Universidade para Todos (ProUni).

No ProUni são disponibilizadas bolsas parciais e integrais de cursos em faculdades privadas para estudantes que realizaram a última edição do Enem. 

Para se candidatar a uma dessas bolsas, é necessário ter obtido no mínimo 450 pontos nas provas e não ter zerado a prova de Redação. 

Além disso, cumprir uma das exigências abaixo:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola pública.
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola privada, como bolsista integral da própria escola.
  • Ter cursado uma parte do ensino médio em escola pública e uma parte em escola privada como bolsista integral.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor efetivo da rede pública de ensino concorrendo a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura (nesse caso, não há necessidade de comprovar renda mínima).

Se desejar concorrer a uma bolsa pelo ProUni, também será imprescindível comprovar a sua renda, de acordo com o tipo de bolsa escolhida. Confira:

  • Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deverá ser de no máximo três salários mínimos por pessoa. 
  • Para as bolsas integrais (100%), a renda familiar bruta mensal deverá ser de no máximo um salário mínimo e meio por pessoa. 

Financiar os seus estudos 

Outra forma de utilizar a sua nota do Enem é no Financiamento Estudantil (FIES). Com este programa, você pode estudar durante todo o curso sem pagar e só começar a quitar os valores após a formação. 

Existem vários tipos de financiamento e, em alguns casos, os juros podem chegar a zero! 

Veja como conseguir financiar o seu curso pelo FIES:

  • Ter obtido pelo menos 450 pontos na média das provas de qualquer edição do Enem a partir de 2010, sem ter zerado a redação.
  • Ter renda familiar bruta mensal de até cinco salários mínimos por pessoa.
  • Inscrever-se no processo seletivo, que abre duas vezes ao ano, logo que se encerra o ProUni.

Fique atento! O processo seletivo do FIES é muito similar ao do ProUni e o do Sisu: leva quem tiver a maior nota. Por isso, é recomendável checar as notas de corte enquanto a disputa estiver acontecendo. Dá para mudar de opção até o último dia de inscrição.

Entrar em uma faculdade particular sem vestibular 

Sim! Já é possível ingressar em uma faculdade particular sem realizar vestibular e até saber se foi aprovado na mesma hora. 

Pelo Ingresso Direto, os estudantes que realizaram alguma edição do Enem, desde 2010, não precisam mais ficar se inscrever em diversos vestibulares para saber em qual faculdade foram aprovados. 

Com essa modalidade, o aluno só precisa:

  • Entrar no site da faculdade do seu interesse e procurar a área de inscrições.
  • Optar pelo ingresso com a nota do Enem.
  • Informar o curso que quer fazer e as notas que tirou nas provas.
  • E só: o sistema já retornará com a informação se você conseguiu a vaga ou não.

Com o ingresso direto, não é necessário comprovar renda, ter estudado em escola pública e nem ter notas altas nas provas do Enem, o que torna essa a forma mais simples de ingressar em uma faculdade.

Além disso, com o ingresso direto é possível você conseguir bolsas de estudo sem nenhuma burocracia.

Faculdades que participam do ProUni, FIES e Ingresso Direto

Sabemos que vida de estudante não é fácil. São muitas dúvidas de onde estudar, qual modalidade escolher e até qual curso fazer, não é verdade? 

Então, para te dar uma ajudinha, trouxemos uma lista com algumas instituições que participam do ProUni, FIES e possuem o Ingresso Direto

Além disso, todas elas são reconhecidas pelo MEC, o que dá uma enorme segurança na hora de estudar, pois só assim podem emitir diplomas válidos e você poderá se formar e exercer a sua profissão tranquilamente. Confira: 

Todas as faculdades acima também possuem cursos presenciais e a distância, baixas mensalidades, bolsas, descontos e financiamentos próprios. 

Veja mais:

Faculdades que aceitam o FIES

Saiba tudo sobre a prova do Encceja

Já sabe como vai usar a sua nota do Enem? Conte para a gente aqui nos comentários!