Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque uma bolsa

    Compare preços e escolha a bolsa de estudos que seja sua cara.


  2. Garanta a bolsa

    Pague a adesão para garantir sua bolsa.


  3. Tamo junto na próxima fase.

    Agora é só fazer o processo seletivo e se matricular na faculdade.


Cursos

As 10 Engenharias mais bem pagas

22 de setembro de 2015
As 10 Engenharias mais bem pagas
Imagem do autor
Escrito porRedação

As engenharias estão, tradicionalmente, entre as profissões mais bem pagas do Brasil. O perfil de atuação desse profissional tem mudado bastante nos últimos anos. Hoje, além dos conhecimentos técnicos, os empregadores exigem também habilidades com gestão de pessoas e visão de negócios.

Encontre bolsas de estudo de até 80%
+ Não sabe que carreira seguir? Faça nosso Teste Vocacional!

Para quem consegue desenvolver todos esses conhecimentos, os salários compensam: podem chegar a até R$ 60 mil em cargos de direção em grandes empresas.

Descubra a seguir quais são as engenharias mais bem pagas e conheça as áreas que estão oferecendo os melhores salários no mercado atual!

Veja também:
+
Profissões mais bem Pagas do Brasil: Veja quais são!

Qual é a Engenharia que paga o melhor salário?

Segundo informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), compilado pelo Ministério do Trabalho, a Engenharia de Minas é a área da engenharia que apresenta a maior média salarial. Os engenheiros especializados em mineração recebem um salário médio que varia entre R$9 mil a R$12 mil, de acordo com a sua especialização.

Qual a média salarial de um engenheiro?

Veja a seguir a remuneração média das áreas da engenharia com os maiores salários:

  • Engenharia de Minas: R$ 10.500,00
  • Engenharia de Petróleo: R$ 9.500,00
  • Engenharia Ambiental: R$ 9.500,00
  • Engenharia Civil: R$ 6.800,00
  • Engenharia Elétrica: R$ 6.500,00
  • Engenharia de Automação: R$ 6.500,00
  • Engenharia de Produção: R$ 6.200,00
  • Engenharia Mecânica: R$ 6.100,00
  • Engenharia Metalúrgica: R$ 6.100,00
  • Engenharia de Transportes: R$ 6.000,00
  • Engenharia Química: R$ 5.200,00

10 engenharias com melhores salários

1. Engenharia de Petróleo

Com um mercado aquecido, o engenheiro de Petróleo e Gás é contratado para localizar e explorar poços de petróleo e gás natural, desenvolver tecnologias de extração e pensar em soluções para o beneficiamento destes produtos.

O salário médio é de R$ 9,5 mil.

2. Engenharia Ambiental

O engenheiro ambiental viu seu mercado de atuação se ampliar depois da pressão social por práticas mais sustentáveis em empresas e indústrias. Ele é responsável por definir ações de preservação natural, recuperar áreas degradadas e analisar fatores de risco causados pela exploração dos recursos naturais.

O engenheiro ambiental ganha um salário similar ao do engenheiro de petróleo, com média de R$ 9,5 mil.

3. Engenharia Civil

O engenheiro civil é responsável por tocar projetos de construção de prédios, pontes, shoppings, rodovias, ferrovias ou qualquer estrutura que possa ser edificada. Além de ser o responsável pelo cumprimento de padrões de qualidade e segurança de uma obra, ele precisa fazer a análise do solo, definir a melhor forma de execução e o tipo de material será utilizado naquele projeto. Também opera a parte gerencial: coordena equipes de trabalho, cronogramas e orçamentos. É uma das engenharias mais tradicionais.

O salário médio deste profissional é de R$ 6,8 mil.

4. Engenharia Elétrica

O engenheiro eletricista atua nos diversos processos de produção e distribuição de energia elétrica em vários tipos de empresas. Ele também elabora projetos de instalações elétricas, produz laudos e assegura a execução das obras.

A média salarial deste profissional é de R$ 6,5 mil.

5. Engenharia de Automação

O engenheiro de automação projeta sistemas automatizados e softwares para indústrias de diversas áreas. Sua atuação é muito forte na indústria automobilística e de produção de equipamentos para construção civil e eletrodomésticos. Também pode trabalhar com programação de softwares e manutenção de equipamentos.

A média salarial de um engenheiro de automação é de R$ 6,5 mil.

6. Engenharia de Produção

Bem cotado no mercado de trabalho atual, o engenheiro de produção tornou-se fundamental no processo de aumento de produtividade e rentabilidade das empresas, especialmente no momento econômico atual. É uma engenharia que tem um perfil próximo ao da Administração de Empresas. Este profissional domina procedimentos e técnicas que aperfeiçoam sistemas de produção, financeiros e logísticos de uma empresa.

O salário médio de um engenheiro de produção é de R$ 6,2 mil.

7. Engenharia Mecânica

O engenheiro mecânico projeta e desenvolve máquinas, equipamentos e dispositivos utilizados em diversos tipos de indústria. Também elabora laudos de inspeção técnica, planeja e acompanha a montagem de projetos, faz gestão de contratos e equipes.

No Brasil, o salário médio deste profissional é de R$ 6,1 mil.

8. Engenharia Metalúrgica

O engenheiro metalúrgico atua no tratamento e produção de metais por meio de processos de beneficiamento de minérios. Também é sua função desenvolver e aplicar métodos de produção de ligas metálicas, como fundição e soldagem.

O salário médio deste profissional é de R$ 6,1 mil.

9. Engenharia de Transportes

O engenheiro de transportes atua no planejamento de meios de escoamento de cargas, pensa em soluções para melhor fluidez das vias de trânsito nas cidades, executa obras de grande porte como rodovias, ferrovias e aeroportos, além de fiscalizar a segurança e qualidade dos projetos e construções.

O salário médio de um engenheiro de transportes é de R$ 6 mil.

10. Engenharia Química

Com boa empregabilidade no Brasil, o engenheiro químico desenvolve processos de transformação de matérias-primas em escala industrial. Ele atua no desenvolvimento de novos produtos e no controle de seus processos. Responde pela pesquisa de componentes químicos, programas de tratamento de água e efluentes e análise de impactos ambientais. A carreira acadêmica também oferece boas oportunidades.

Salário médio do engenheiro químico: R$ 5,2 mil.

Outras áreas interessantes para engenheiros

Um estudo realizado pela empresa de recrutamento Hays em parceria com o Instituto de Ensino e Pesquisa Insper revelou outras áreas em alta para engenheiros no Brasil, todas voltadas à gestão de processos em empresas. Conheça algumas das principais:

  • Engenharia de Projetos
  • Engenharia de Qualidade
  • Engenharia de Aplicação
  • Engenharia de Processos
  • Engenharia de Manutenção
  • Engenharia de Saúde, Segurança e Meio Ambiente


Como ingressar no mercado de Engenharia

Para exercer qualquer atividade de Engenharia você precisa, obrigatoriamente, ter feito uma graduação na área e possuir um diploma reconhecido pelo MEC. É uma profissão regulamentada no Brasil. Para ingressar nesse mercado, o profissional precisa também obter registro junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Os cursos de Engenharia têm duração média de cinco anos e são de grau bacharelado. As engenharias estão entre as graduações mais concorridas dos processos seletivos das universidades.

Quem quiser encarar o desafio, vai ter que lidar com muitas disciplinas das Ciências Exatas e desenvolver habilidade para lidar com números, cálculos e novas tecnologias.

A recompensa é um mercado muito receptivo em todas as regiões do Brasil. É comum ver estagiários de Engenharia recebendo bons salários e estudantes saindo da faculdade já com emprego garantido.

Onde estudar Engenharia

Conheça algumas das principais universidades brasileiras reconhecidas pelo MEC que oferecem cursos nas diversas áreas da Engenharia:

Privadas:


Públicas:

Veja também:
Engenharia

Facul sem treta? É aqui mesmo!
Facul sem treta? É aqui mesmo!

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.