Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque uma bolsa

    Compare preços e escolha a bolsa de estudos que seja sua cara.


  2. Garanta a bolsa

    Pague a adesão para garantir sua bolsa.


  3. Tamo junto na próxima fase.

    Agora é só fazer o processo seletivo e se matricular na faculdade.


Profissões

As 10 profissões do futuro: veja os empregos do amanhã

8 de outubro de 2015
A imagem representa uma mulher jovem mexendo em um tablet e vendo informações que saltam na tela, como uma tecnologia avançada.
Imagem do autor
Escrito porRedação

Você sabe quais são as 10 profissões do futuro? Mais do que escolher um curso no vestibular é importante analisar se a profissão será valorizada no mercado de trabalho no futuro. Isso porque, entre você começar a faculdade e sair dela podem variar de quatro a seis anos e, nesse período, muita coisa pode mudar.

Encontre bolsas de estudo de até 80%

A pandemia mesmo trouxe várias reflexões importantes, como home office, uso de ferramentas online e reflexões sobre novos rumos profissionais.

Por isso, do período do seu ingresso até a sua formação, muita coisa pode mudar: profissões que antes não existiam, mudanças na forma como certos profissionais atuam e a continuidade ou não de profissões tradicionais. É preciso ficar atento para se adaptar a essas mudanças e se destacar no mercado de trabalho.

Veja também:
+ Cursos que mais empregam: Confira a lista completa!
+ Profissões de Humanas mais bem Pagas!


Conheça as 10 profissões do futuro

Alguns profissionais se dedicam a entender todas as transformações ocorridas no mercado de trabalho, como o surgimento de novas áreas e o desaparecimento de algumas profissões.

Esses fatores podem ser externos, como é o caso da covid-19, com a disseminação do home office ou internos, criados pelas próprias empresas, como as redes sociais foram criadas.

Para te ajudar a ficar atualizado seguimos as previsões de algumas das principais consultorias de recrutamento profissional do mercado (Robert Half, Michael Page e Hays), listando as profissões que provavelmente estarão (ou permanecerão) em alta num futuro próximo. Confira abaixo!

Profissionais de Big Data

Imagina a quantidade de dados produzidos por uma empresa ao longo do ano? E desde a sua formação? Os profissionais de Big Data são responsáveis por coletar esse grande volume de dados e analisá-los de maneira estratégica.

E não é somente os meios digitais que são fonte de informação. Os meios offline também possuem dados valiosos, como os registros financeiros e até mesmo call centers.

E o que é feito com esses dados? A partir deles é possível entender diferentes comportamentos de consumidores e identificar novas tendências.

Além de empresas, várias instituições e governos utilizam-se desses profissionais que combinam conhecimentos da área de tecnologia e das Ciências Exatas (Análise de Sistemas, Engenharia, Matemática, Estatística, etc.) com capacidades da área de Humanas, (como Marketing e Psicologia, por exemplo).

Designer de Inovação ou Especialista em UX Design

UX é a abreviação para User Experience, ou seja, é a área que atua no design com a  experiência do cliente. Esse profissional é responsável por garantir que um site ou aplicativo atenda as necessidades dos usuários e, ao mesmo tempo, alinhe com os objetivos da empresa a qual presta serviços.

Mas não se engane, a experiência do usuário não está somente no produto em si. Ela abrange também desde os processos de compra e venda, recebimento do produto, até a sua utilização.

Especialistas em Experiência do Usuário/Cliente

Este profissional se complementa com o UX Design. Para começar, existem algumas variações de nome no mercado de trabalho, podendo também ser chamado de Customer Success, ou na tradução literal de Sucesso do Cliente. 

Os especialistas em experiência do cliente ou usuário já são comuns nas empresas de e-commerces e outras plataformas. Tem a função de planejar e realizar testes e pesquisas com usuários a fim de bolar estratégias e desenvolver o melhor produto para uma empresa.

Tecnologia da Informação

Com o avanço da tencologia, sobretudo digital, os profissionais de tecnlogia da informação ou simplesmente TI são cada vez mais requisitados. O profissional é responsável por gerenciar todas as informações de uma empresa, armazenando em softwares, sites ou bancos de dados.

Além de trabalhar com informação, também desempenha funções como suporte técnico, programação, desenvolvimento de e-commerce e segurança de uma empresa.

Médico

Uma das profissões mais antigas do mundo, continua em alta, porém as áreas em destaque estão voltadas para saúde mental. Com o crescimento de casos de depressão, ansiedade e burnout, os cuidados com a mente cada vez mais tem sido debatidos.

Por isso, profissionais que atuam nessa áreas, como terapeutas e psiquiatras, serão bastante requisitados para o cuidado e prevenção dessas doenças. 

E, apesar da inteligência artificial e o uso de máquinas tecnológicas estarem em alta também na saúde, dificilmente conseguirão reproduzir o trabalho analítico e subjetivo desses profissionais.

Marketing Digital

A área de Marketing continuará em alta, se fortalecendo cada vez mais de maneira online. Que empresa hoje não possui um site ou pelo menos uma rede social? Estar nas plataformas digitais rompe barreiras geográficas.

De analistas a gerentes, esses profissionais serão importantes para monetizar os produtos e serviços online, estando sempre atentos aos comportamentos e interação dos usuários nas plataformas digitais.

Professor

Mais uma das profissões tradicionais e que se atualiza para o futuro. Lembra do ensino EAD (educação a distância)? Ele ampliou ainda mais as formas de ensinar e, nos próximos anos, o modelo de aula virtual deve ser ainda mais comum e, com isso, a ampliação de professores online. 

O objetivo é alcançar mais alunos, possibilitando o estudo de qualquer local. Esta também é uma ótima alternativa para ampliar os ganhos destes profissionais.

Advogado

O que é crime digital? Como lidar com interações online que ofendam a outra pessoa? E em relação a preconceitos? Por isso é fundamental a existência de advogados especializados no mundo digital que também possam auxiliar em processos regulatórios.

Em 2014 foi decretado o Marco Civil da Internet, que traz os direitos e deveres do cidadão e quando é necessário a atuação do Estado nesse sentido. Sendo assim, os profissionais de direito auxiliam no cumprimento dessas leis e questionam quando é necessário atualizá-las.

Este ramo de atuação, chamado de direito digital, oferece também proteção de informações online.

Gestor financeiro 

Esta área funciona tanto para empresas quanto para pessoas que queiram entender e monitorar suas atividades financeiras. Este tipo de profissional tem conhecimento das principais tendências do mercado, analisando ações e a indústria financeira. 

O objetivo é fazer com que as contas estejam sempre no azul e auxiliar aqueles que desejam realizar investimentos. Pode também ser chamado de coach de bem-estar financeiro e realizar atendimentos online.

Especialista em cibersegurança

Proteção contra dados, defesa de ataques hackers e contra crimes virtuais. Estas são algumas das ações realizadas pelos profissionais de segurança cibernética, responsáveis pela proteção de informação, dados de computadores, servidores e dispositivos móveis de uma empresa.

Segundo a Pesquisa Nacional BugHunt de Segurança da Informação de 2022, uma em cada quatro empresas brasileiras sofre pelo menos um ataque virtual por ano. Por isso os profissionais de cibersegurança são cada vez mais requisitados.

A imagem apresenta quatro mãos unidas, em sinal de equipe, e abaixo delas, há uma mesa com objetos empresariais e de trabalho: calculadora, canecas, notebook, cadernos,


Por que é importante conhecer as profissões do futuro?

No atual cenário do mercado de trabalho, é necessário conhecer todas as possibilidades de formação. 

Provavelmente, você terá contato com todas as profissões que mencionamos neste texto em algum momento da vida – seja pela prestação de serviços ou algum conhecido irá se formar em alguma destas áreas. Além disso, estas profissões representam um ótimo retorno financeiro a quem se dedica. 

É preciso se preparar, tanto para a nova dinâmica que as empresas vêm assumindo quanto para adotar novas especializações que o novo mercado de trabalho demandará, principalmente com o surgimento de novas tecnologias.

Dessa forma, você pode se preparar para uma transição de carreira, se atualizar na sua área ou começar uma nova graduação em áreas que valem mais a pena financeiramente. Ficar por dentro sobre o mercado de trabalho do futuro é sempre vantajoso!

O que as profissões do futuro têm em comum?

De uma forma ou outra, todas elas envolvem o uso de novas tecnologias. A sociedade tem ficado cada dia mais complexa e automatizada, por isso, é necessário profissionais para fiscalizar a qualidade dos mecanismos tecnológicos.

E o setor crescerá cada vez mais. Segundo a Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais (Brasscom) até 2025 serão criadas 797 mil novas vagas, em média 159 mil por ano.

Além disso, é possível observar alguns requisitos que as empresas têm avaliado nos processos seletivos: soft skills e hard skills.

Conheça abaixo a importância e diferença de cada uma delas.

Soft skills

São habilidades que vão além do currículo acadêmico ou profissional comum. Dizem respeito às habilidades interpessoais e comportamentais, mostrando os pontos fortes de cada um no relacionamento humano. 

Elas dizem mais sobre a forma como você executa o seu trabalho. Por exemplo, administração do tempo, criatividade, resolução de conflitos, trabalho em equipe, organização.

As soft skills fazem parte de um conjunto de características abstratas, que podem ter nascido com o sujeito ou ser desenvolvido por ele ao longo da vida. Elas são basicamente aquilo que você sabe fazer bem, mas que é subjetivo, uma espécie de talento que te destaca.

Para diagnosticar essas características mais subjetivas, muitas empresas pedem testes psicológicos para medir as soft skills dos candidatos em vagas de emprego.

Hard skills

As hard skills são as que a gente mais conhece e que você provavelmente mais cita nos processos seletivos. Elas dizem respeito às técnicas específicas para cada profissão. Por isso dizemos que elas podem ser aprendidas e facilmente quantificadas. Aprendemos essas habilidades em sala de aula, com livros e apostilas ou até no próprio trabalho.

Por exemplo, se você gostaria de ser um analista de sistemas, será necessário programar e conhecer o funcionamento de computadores. Ou, se você decidir que o Design é a carreira certa para você, terá mais chances de sucesso se tiver habilidades de desenho.

No mercado de trabalho essas características são avaliadas durante os processos seletivos e comparadas com as dos outros candidatos, geralmente pelo currículo.

Onde estudar para se formar nas profissões do futuro

Para estar por dentro do mercado de trabalho e não ficar para trás é essencial que o profissional se atualize com cursos e até uma nova faculdade.

Escolher a sua profissão é um desafio que exige bastante reflexão. Outro ponto fundamental é a escolha da instituição de ensino que irá prover a sua educação.

Pensando nisso, selecionamos algumas universidades com excelentes cursos, boa avaliação pelo Ministério da Educação e com oportunidades para bolsas. Muitas você pode estudar sem sair de casa. Excelente oportunidade para quem tem que conciliar trabalho e estudo. Confira abaixo:



Leia mais:
+ 6 cursos tecnólogos com os melhores salários
+ Mulheres em Tecnologia: descubra a verdade para
+ Dá pra mudar de carreira após formada? 

Facul sem treta? É aqui mesmo!
Facul sem treta? É aqui mesmo!

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.