Tem interesse em se tornar um cuidador de idosos? Saiba tudo sobre o curso, as funções e o mercado de trabalho para esse profissional!

A atividade de cuidador de idosos não é considerada uma profissão, mas uma área de atuação de profissionais da área da saúde. Para se tornar um cuidador de idoso, é necessário ter formação técnica ou acadêmica.

Apesar de existir cursos livres específicos para cuidador de idosos, o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) recomenda que profissionais formados em cursos superiores na área da saúde exerçam a função de cuidador. 

Isso acontece pois, dentre as responsabilidades do cuidador de idoso, estão a de promover um envelhecimento mais saudável, atender as demandas da pessoa idosa e auxiliá-las a desenvolver autonomia.

O curso

O curso livre é oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e possui dois meses de duração, com aulas de segunda à sexta-feira. Os conteúdos envolvem teorias e atividades práticas específicas para a população idosa, dentre eles:

  • Perfil do idoso
  • Fatores de risco 
  • Primeiros socorros
  • Atividades de lazer para o idoso
  • Legislação do idoso 
  • Ética profissional
  • Medicação
  • Nutrição
  • Medidas de higiene

O curso custa R$1.262,00 e pode ser parcelado. Além disso, há a possibilidade conseguir bolsas de estudo.

Também há os cursos técnicos, tecnólogos ou bacharelado na área da saúde para quem deseja atuar como cuidador de idoso. Como os cursos livres não são bem aceitos por conselhos como o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), os cursos profissionalizantes ou superiores podem ser um diferencial para o ingresso na área. 

Além disso, o veto na lei 4.702/2012 que buscava regulamentar a profissão de cuidador de idoso mantém a atividade como uma área de atuação para os profissionais da saúde.

Dentre os cursos de graduação da área da saúde para atuar como cuidador de idoso, os principais são Gerontologia, Enfermagem e Terapia Ocupacional. Veja mais detalhes sobre cada um deles a seguir.

Gerontologia

A graduação de Gerontologia é oferecida apenas no grau bacharelado e em poucas instituições do país, na modalidade presencial. O curso tem duração média de quatro anos e possui enfoque no processo de envelhecimento humano, assim as necessidades físicas e emocionais da população idosa. 

Veja a seguir as principais matérias da grade curricular dessa graduação:

  • Fundamentação do processo de cuidar da saúde
  • Comunicação humana e sociedade
  • Epidemiologia do envelhecimento
  • Fundamentos biológicos da Gerontologia
  • Processos psicológicos da Gerontologia
  • Medicamentos
  • Gestão de pessoas
  • Direitos humanos e Gerontologia
  • Finanças e Gerontologia
  • Práticas de atenção ao idoso
  • Processos patológicos do envelhecimento
  • Fisiologia do exercício e envelhecimento
  • Nutrição e fonoaudiologia no envelhecimento

O estágio supervisionado e o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) são obrigatórios para a retirada do diploma.

Enfermagem

O curso de Enfermagem é oferecido nos níveis técnico, tecnológico e bacharelado, nas modalidades presencial e a distância. Além do tempo de duração, os três tipos de curso possuem enfoques diferentes, embora todos atuem na prevenção e restauração da saúde das pessoas.

A formação técnica de Enfermagem é profissionalizante e, por isso, não oferece diploma de Ensino Superior, apenas um certificado de conclusão. Ela pode ser feita durante o Ensino Médio e possui duração de alguns meses até três anos. Além disso, trabalha aspectos mais práticos da profissão.

Já o tecnólogo é um curso de Ensino Superior voltado para aqueles que concluíram o Ensino Médio e focado nas demandas do mercado de trabalho, por isso também possui uma formação mais rápida, entre dois e três anos. No entanto, o curso disponibiliza o diploma após a conclusão.

Por fim, o bacharelado, que possui duração média de cinco anos. A formação é mais ampla em relação aos conhecimentos teóricos e práticos. Como também é um curso do Ensino Superior, ao concluir o curso o aluno recebe o diploma. Para fazer o bacharelado, é necessário ter concluído o Ensino Médio.

Veja a seguir as principais matérias do curso de Enfermagem:

  • Anatomia aplicada à Enfermagem
  • Psicologia do desenvolvimento
  • Genética humana
  • Cuidados com a saúde
  • Fisiologia
  • Histologia aplicada à Enfermagem
  • Bioquímica e Biofísica
  • Farmacologia
  • Patologia geral
  • Imunologia
  • Nutrição e dietética
  • Saúde Coletiva
  • Saúde da mulher, criança e do adolescente
  • Saúde do adulto
  • Administração de serviços da saúde
  • Biologia

A formação nos três níveis requer a aprovação no estágio supervisionado e no Trabalho de Conclusão do Curso (TCC).

Terapia Ocupacional

Com duração média de quatro anos, o curso de Terapia Ocupacional é oferecido no grau bacharelado e nas modalidades presencial e a distância. A graduação forma profissionais capacitados para promover autonomia de pessoas com dificuldades de desenvolver uma vida social por causa de problemas psicológicos ou físicos. 

Veja a seguir a grade curricular da graduação de Terapia Ocupacional:

  • Anatomia Humana
  • Biologia Humana
  • Sociologia
  • Fisiologia
  • Psicologia do desenvolvimento
  • Atividades e recursos terapêuticos
  • Processo saúde - doença
  • Terapia Ocupacional Social
  • Neurologia
  • Antropologia
  • Políticas de saúde e reabilitação no Brasil
  • Terapia Ocupacional e práticas corporais
  • Terapia Ocupacional e a saúde da pessoa com deficiência
  • Terapia Ocupacional em saúde mental
  • Terapia Ocupacional e saúde do trabalho

O estágio supervisionado e o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) são obrigatórios.

Mercado de trabalho para o cuidador de idoso

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de idosos no Brasil ultrapassou 30 milhões em 2019, o que representa mais de 10% da população total. A previsão é que essa porcentagem duplique nas próximas décadas.

Com o aumento dessa população, também aumenta a demanda de cuidadores de idosos, pois o envelhecimento traz impactos à saúde, aumenta o risco para contrair doenças e reduz a mobilidade.

As oportunidades de trabalho para o cuidador de idoso incluem atendimento domiciliar, asilos, casas do idoso e hospitais voltados para o atendimento à população idosa.

Quais faculdades oferecem cursos de formação para o cuidador de idoso?

A licença para exercer a atividade de cuidador de idoso exige a formação em uma instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, ou seja, com qualidade comprovada por meio de uma avaliação do órgão. 

Veja a seguir algumas opções de faculdades que oferecem os cursos mencionados acima, que formam profissionais capacitados para atuar como cuidador de idosos:

Veja também:
Quanto ganha um cuidador de idosos?

Tirou suas dúvidas? Conte para nós pelos comentários abaixo!