o que é bacharelado, tecnólogo e licenciaturaNo Brasil, existem três tipos de graduação: bacharelado, licenciatura e tecnólogo. Todos os três conferem diplomas de nível superior, que podem ser usados em vagas de emprego que exijam esse grau de escolaridade, para prestar concursos públicos e até mesmo fazer uma pós-graduação, seja especialização, mestrado ou doutorado.

Encontre bolsas de estudo de até 80%

Mas, para o diploma ter validade, tanto a faculdade quanto a graduação precisam ser reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC). Como esses cursos são de nível superior, é necessário ter concluído o ensino médio antes de ingressar na universidade. 

A forma de ingresso nos cursos de bacharelado, licenciatura e tecnólogo também é semelhante. Dependendo da faculdade, você pode ingressar via vestibular tradicional, vestibular agendado, Programa Universidade para Todos (Prouni), Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Veja, a seguir, quais são as principais diferenças entre bacharelado, licenciatura e tecnólogo.

O que é bacharelado?

O bacharelado forma profissionais generalistas, ou seja, o estudante tem um panorama amplo da área, com disciplinas teóricas e algumas práticas. Ao terminar o curso, o aluno está apto a atuar em diversos ramos de uma mesma área do conhecimento, podendo se especializar em uma delas tanto com a experiência no mercado de trabalho como por meio de pós-graduação.

Por ser uma formação generalista, o bacharelado também é uma boa escolha quando você sabe em qual área quer trabalhar, mas não decidiu ainda exatamente o tipo de atividade que prefere exercer. Durante o curso, você terá contato com várias delas.

Por exemplo, no curso de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, você pode ter disciplinas ligadas a diversas áreas de atuação, tais como: Cinema, Rádio, TV, Assessoria de Imprensa e Comunicação Institucional, entre outras. Já no curso de bacharelado em Administração, você terá disciplinas ligadas ao mundo das Finanças, Gestão e Recursos Humanos, para citar apenas algumas.

Vale lembrar que para o exercício de algumas profissões, como de Advogado, Médico e Engenheiro, o grau de bacharel é obrigatório. Alguns concursos públicos de nível superior, sobretudo na área de Direito, também exigem o diploma de bacharel.

O Bacharelado é, portanto, um curso que permite ao aluno decidir qual profissão seguir durante a formação, ou mesmo depois dela, quando entrar no mercado de trabalho.

Cursos de bacharelado

Conheça alguns cursos que são do tipo bacharelado:

  • Administração
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Contabilidade
  • Design de Moda
  • Enfermagem
  • Engenharia
  • Farmácia
  • Fisioterapia
  • Geografia
  • Medicina
  • Medicina Veterinária
  • Odontologia
  • Publicidade
  • Sociologia

O que é licenciatura?

A licenciatura forma educadores e é o curso ideal para quem quer seguir carreira como professor em escolas de ensino fundamental e médio. Durante o curso, além das disciplinas específicas da área escolhida, o aluno tem aulas sobre didática e pedagogia.

Existem cursos que são oferecidos tanto em grau de bacharelado como em licenciatura. O que muda é o foco das disciplinas e o tipo de diploma. Por exemplo: enquanto no curso de bacharelado em Química o aluno é preparado para fazer pesquisas científicas e atuar nessa indústria, já o curso de licenciatura está mais voltado para o ensino.

Quem se forma em licenciatura recebe o grau de licenciado. Tal grau é exigido para lecionar, principalmente no ensino médio. Com o diploma de licenciatura também é possível fazer concursos públicos que exigem nível superior, boa parte deles não determina qual o curso que o candidato precisa ter feito ou o grau conferido.

Cursos de licenciatura

Conheça alguns cursos que são do tipo licenciatura:

  • Artes Visuais;
  • Ciências Biológicas;
  • Ciências Sociais;
  • Educação Física;
  • Filosofia;
  • Física;
  • Geografia;
  • História;
  • Letras;
  • Matemática;
  • Música;
  • Pedagogia;
  • Química;
  • Teologia.

O que é tecnólogo?

O curso tecnólogo é ideal para quem já tem uma ideia clara da área em que pretende atuar profissionalmente. Por ser focado nas necessidades do mercado de trabalho, forma profissionais capacitados para atender a demanda das empresas em setores e departamentos bem específicos.

O currículo dos cursos tecnólogos possuem uma carga considerável de disciplinas práticas e estão ligados às necessidades do mercado de trabalho.  São organizados por eixos tecnológicos, uma classificação do MEC que distribui os cursos por área de atuação no mercado e vai desde Ambiente e Saúde até Segurança.

Os cursos superiores de tecnologia conferem o grau de tecnólogo. Com este diploma, além de entrar no mercado de trabalho, o profissional formado também pode seguir seus estudos em uma pós-graduação e participar de concursos públicos que exijam nível superior.

Cursos tecnólogos

  • Ambiente e Saúde
  • Controle e Processos Industriais
  • Estética e Cosmética
  • Gestão Ambiental
  • Eletrônica Industrial
  • Eletrotécnica Industrial
  • Energias Renováveis
  • Gestão da Produção Industrial
  • Produção de Materiais Didáticos Bilíngues em Libras/Língua Portuguesa
  • Secretaria Escolar
  • Empreendedorismo
  • Gestão Comercial
  • Gestão da Qualidade

Diferenças entre bacharelado, licenciatura e tecnólogo

o que é bacharelado, tecnólogo e licenciaturaComo você já sabe, os cursos de bacharelado, licenciatura e tecnólogo são formações de nível superior. Todas elas permitem exercer atividades profissionais e fazer pós-graduação. A escolha depende essencialmente do tipo de profissão que você quer seguir e também do quão especializado você quer estar ao sair da faculdade.

É importante lembrar que quem faz bacharelado, licenciatura ou curso de tecnólogo a distância também recebe um diploma que vale tanto quanto o presencial, desde que o curso seja reconhecido pelo MEC. A informação sobre a modalidade, presencial ou a distância, não aparece no diploma.

Além disso, a duração de cada curso varia. Para se ter uma ideia,  o bacharelado e a licenciatura têm duração mais ou menos parecida. Já o curso de tecnólogo costuma ser bem mais curto. Compare:

  • Bacharelado: dura entre 3 e 6 anos.
  • Licenciatura: dura entre 4 e 5 anos.
  • Tecnólogo: dura entre 2 e 3 anos.

Outro ponto interessante é que, às vezes, é possível encontrar cursos de bacharelado e de tecnólogo com títulos bem parecidos, como Turismo (bacharelado) e Gestão de Turismo (tecnológico). É importante saber a diferença entre os dois para escolher a opção que melhor atende suas expectativas.

O bacharelado em Turismo dura em média 4 anos e pode ter ênfases diferentes, dependendo da universidade. Geralmente, tem uma carga considerável de disciplinas de Humanas, como História e Geografia, além de uma base na parte administrativa.

Já o curso de tecnólogo em Gestão do Turismo dura em média dois anos e tem foco na parte prática da profissão, podendo enfatizar alguma área específica de acordo com a  faculdade, turismo receptivo, eventos ou companhias aéreas, por exemplo?

Como ingressar em curso superior?

Para ingressar em um curso dessa titulação, o candidato precisa concluir o ensino médio e fazer o vestibular próprio da universidade ou o Enem, que acontece uma vez por ano.

O tipo de prova varia de acordo com cada faculdade. Em algumas instituições de ensino superior, como a Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) e Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), as provas são realizadas em duas fases, sendo a primeira composta por questões de múltipla escolha e a segunda com questões abertas.

Mas em outras, principalmente as particulares, o estudante pode fazer o vestibular em apenas um dia e até mesmo online, sem precisar sair de casa. Então, ao escolher uma universidade, fique atento ao edital e a outras informações relacionadas à forma de ingresso.

Com a nota do Enem, é possível ingressar em uma universidade pública por meio do Sisu ou em uma faculdade privada com bolsas de estudo, pelo Prouni, ou com financiamento estudantil, pelo Fies. Todos esses programas são do governo e as inscrições abrem duas vezes por ano, no primeiro e no segundo semestre.

No Sisu, Fies e no Prouni, centenas de universidades ofertam vagas em todas as áreas do conhecimento. É possível usar a nota do Enem para fazer uma graduação presencial ou a distância.

É importante ficar atento aos requisitos de cada programa antes de se inscrever. Para participar do Fies e do Prouni, por exemplo, é necessário comprovar renda. Além disso, o estudante não pode ter zerado a redação do Enem, e em alguns casos, precisa atingir uma pontuação mínima para fazer a inscrição.

Onde fazer uma graduação?

No Brasil, diversas faculdades oferecem cursos de ensino superior, e por isso, você pode ficar confuso em meio a tantas opções disponíveis. Para te ajudar, o Guia da Carreira listou algumas faculdades que são reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC e que oferecem condições especiais nas mensalidades.

Confira:

Todas essas faculdades possuem vestibulares próprios, aceitam a nota do Enem e oferecem bolsas de estudo. Por isso, é importante ficar atento às formas de ingresso e escolher a melhor opção para você.