Quanto ganha um Advogado

 

 

O profissional formado em Direito precisa fazer o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para poder exercer suas funções durante sua carreira. Existem basicamente duas áreas que esses profissionais podem seguir: a jurídica e a advocacia. Dentro dessas duas grandes áreas os advogados podem se especializar em diversos setores. A média de salário mensal segundo o Salariômetro da FIPE é de R$ 3.529 para os recém-formados, R$ 4.500 para os que possuem especialização, podendo chegar a R$ 10.000 dependendo da área que escolher seguir.*

Setor público

 

 

O advogado que optar por seguir a carreira no setor público precisa

estudar muito para passar no concurso. Existe alta concorrência nesse

setor, pois o salário é fixo, o emprego é estável e o expediente é bem

definido. Veja a seguir algumas das carreiras disponíveis e a média de

seus respectivos salários:

 

  • Juiz Federal: R$ 21.537,64 por mês;
  • Juiz Estadual: R$ 16.000 por mês;
  • Promotor de Justiça: R$ 12.000 por mês;
  • Defensor público: R$ 11.200 por mês;
  • Delegado: R$ 9.000 por mês;
  • Procurador: R$ 26.000 por mês;
  • Desembargador: 30.000 por mês;

 

 

Setor privado

 

 

Muitos advogados preferem seguir a carreira no setor privado, pois

existem muitas possibilidades de emprego, maior chance de progredir na

profissão e maor potencial de ganhos financeiros, visto que no setor

público demora-se muito para conseguir subir de cargo e isso só é

possível realizando outros concursos. Veja abaixo algumas oportunidades e

a média de seus respectivos salários.*

 

  • Advogado de Direito Ambiental: R$ 4.035,19 por mês;
  • Advogado de Direito Civil: R$ 3.648,16 por mês;
  • Advogado de Direito Comercial: R$ 4.582,73 por mês;
  • Advogado de Direito Constitucional: R$ 4.204 por mês;
  • Advogado de Direito do Consumidor: R$ 3.522,13 por mês;
  • Advogado de Direito em Propriedade Intelectual: R$ 3.449,08 por mês;
  • Advogado de Direito Empresarial: R$ 5.006,22 por mês;
  • Advogado de Direito Internacional: R$ 5.018,36 por mês;
  • Advogado de Direito Penal: R$ 3.987 por mês;
  • Advogado de Direito Trabalhista / Previdenciário: R$ 3.723,72 por mês;
  • Advogado de Direito Tributário: R$ 4.376,59 por mês;
  • Diretor Jurídico: R$ 19.577,04 por mês.

 

 

 

 

 

Mercado de trabalho para o curso de Direito

 

 

O mercado de trabalho está em constante crescimento para os profissionais formados em Direito. O advogado precisa escolher qual carreira irá seguir. No setor jurídico ele precisa fazer a prova do concurso público para garantir seu emprego; além disso, há menos profissionais formados do que se necessita nessa área. Já no setor de advocacia existem muitos clientes que precisam de defesa diariamente nos mais diversos casos. Por isso é fundamental que o advogado faça uma especialização para seguir essa carreira e se destacar em um dos ramos dessa profissão, o que pode ser muito vantajoso financeiramente.

Exterior

 

 

O advogado pode preferir seguir sua carreira no exterior, mas para isso é fundamental que ele ajuste seu diploma nos parâmetros que são exigidos no país em que deseja exercer suas funções. Esse profissional pode optar pela carreira de arbitragem internacional, função em que é o advogado que resolve as disputas comerciais, fiscais e aduaneiras entre países ou empresas e instituições de diversas nacionalidades. Para isso, é importante saber falar a língua inglesa com fluência.

O curso de Direito

 

 

Direito é a ciência que é responsável pela aplicação das leis

vigentes no país, o que é necessário para os indivíduos viverem de forma

organizada em sociedade. A profissão que cuida dessa

área é a de advogado. Mas, para obter essa titulação de bacharel, é

preciso que o vestibulando faça o curso de Direito, que tem, em média, a

duração de cinco anos e se desenvolve em meio período. Por isso, muitos

alunos conseguem conciliar a formação acadêmica com um estágio

remunerado.

 

A graduação em Direito é um dos cursos mais antigos, concorridos e a advocacia é uma das profissões

mais bem pagas do país, apesar do grande número de profissionais habilitados. Nos primeiros anos da graduação o aluno estuda

disciplinas como ciência política, psicologia jurídica, direito civil,

direito penal, direito constitucional, direito do trabalho, direito

econômico, direito administrativo, direito processual e direito

tributário. A partir do quarto ano da graduação, o aluno necessita

começar a praticar tudo o que aprendeu e, no último ano, o futuro

advogado escreve sua monografia de conclusão de curso.

Onde estudar Direito

Conheça algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC onde você pode estudar Direito com a ajuda de bolsas, financiamento, convênios e descontos:

 

Saiba mais sobre o curso de Direito!

 

 

O que você achou da remuneração do advogado? Conte pra gente nos comentários!