Não fez Enem? Saiba se ainda dá pra ingressar em uma faculdade no próximo ano.

O Exame Nacional do Ensino Médio é o principal vestibular do país. Com ele é possível ingressar em universidades públicas ou particulares do Brasil. Além disso, alguns países como Portugal já recebem novos universitários por meio da nota desse exame.

Com o Enem ainda é possível se inscrever em programas de governo para o Ensino Superior, como o Sisu, Fies e ProUni.

entrar na faculdade sem enem

Programas do governo para usar a nota do Enem

Sisu (Sistema de Seleção Unificada): os candidatos usam a nota do Enem para ingressar em diversas universidades públicas do país. É possível concorrer em duas opções de curso.

Fies (Fundo de Financiamento Estudantil): como o próprio nome fala, é um programa de financiamento. Com ele, os estudantes de baixa renda podem cursar uma graduação no ensino superior com ajuda do governo federal. Ao concluir o curso, é necessário devolver esse investimento, mas o valor é dividido em parcelas mensais.

Prouni (Programa Universidade Para Todos): é o programa do governo que oferece bolsas de estudo parciais ou integrais para os estudantes de baixa renda que desejam ingressar no ensino superior.

Mas você deve estar pensando: “Não fiz o Enem, e agora?”. Calma que você ainda pode fazer uma faculdade no próximo ano.

Como entrar na faculdade sem o Enem

Se você não fez o Enem seja porque perdeu a prova ou simplesmente porque não tinha nenhuma pretensão de realizar o exame, mas deseja fazer um curso de graduação, saiba que é possível sim!

As universidades, além de aceitarem a nota do Enem como forma de ingresso, realizam vestibulares próprios. Então nem tudo está perdido.

O primeiro passo é escolher a faculdade e o curso que você quer ingressar. Depois é só procurar a universidade e se informar sobre o vestibular daquela instituição.

Cada universidade tem suas próprias regras e requisitos para o processo seletivo, por isso é sempre bom ficar atento ao edital e conferir cada item. É por meio dele que você fica sabendo a quantidade de vagas, quais cursos disponíveis e o modelo da prova.

Como funciona o vestibular

O vestibular nada mais é do que uma prova, um processo seletivo para ingressar no ensino superior. Como foi dito no tópico anterior, cada instituição formula seus próprios critérios, então não há uma regra.

Algumas universidades públicas realizam o vestibular com duas fases, sendo a primeira com questões de múltipla escolha e a segunda com questões abertas mais a redação. É o caso da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). 

Já nas instituições privadas, é comum que a prova do vestibular aconteça em uma única fase. Em algumas, o processo seletivo é feito por meio de uma redação, mas também tem aquelas em que a prova é composta por questões de múltipla escolha e é feita em uma única fase.

Além disso, em algumas universidades particulares o vestibular pode ser agendado e online, o que dá mais liberdade para os candidatos. Mas é claro que você precisa ficar atento aos prazos e datas para não perder a oportunidade de ingressar no ensino superior.

Outra opção é o ingresso direto para quem já tem a primeira graduação. Nesses casos é só fazer a matrícula no curso desejado, enviar o histórico e outros documentos exigidos pela faculdade e aguardar o resultado de acordo com os critérios estabelecidos pela instituição. Mas isso é um privilégio para quem quer fazer a segunda graduação.

Então, para resumir, se você não fez o Enem, ainda tem essas opções:

  • vestibular tradicional;
  • vestibular agendado;
  • vestibular online;
  • ingresso direto, no caso da segunda graduação.

Basta procurar a instituição que você deseja estudar e se informar sobre esse processo seletivo.

Como se preparar para o vestibular

O primeiro passo é ler o edital da prova para entender o que a universidade vai exigir dos candidatos e se dedicar aos estudos.

É importante também ler e fazer as provas anteriores, e se possível conversar com pessoas que já fizeram o processo seletivo para entender todo o funcionamento do exame.

Como ingressar em universidade é o sonho de muita gente, pode ser que haja um nervosismo ou ansiedade ao fazer a prova.

Mas lembre-se de que isso é normal, por isso a sua preparação também precisa ser focada nesses aspectos. Utilize técnicas que possam te ajudar a diminuir a ansiedade e focar bem em todas as questões.

Antes da prova, durma e alimente-se bem. É fundamental estar com a mente e o corpo relaxados para ler tudo com atenção e mandar bem no processo seletivo.

Onde fazer o vestibular?

Você já sabe que ter uma faculdade no currículo é a grande chance de conquistar um bom emprego e crescer profissionalmente.

De acordo com uma pesquisa de empregabilidade realizada pelo Semesp, entidade que representa mantenedoras de ensino superior do Brasil, 82% dos profissionais que fizeram graduação, seja em universidades públicas ou privadas, afirmaram que tiveram melhores salários e melhores oportunidades no mercado de trabalho.

A pesquisa foi feita por um formulário online e contou com a participação de 8.500 alunos e ex-alunos de 194 instituições do país.

Viu só como fazer uma graduação é fundamental para alavancar a carreira profissional?

E não tem jeito, você precisa participar de um processo seletivo para dar início à graduação. Mas antes disso, precisa escolher uma boa universidade para ter uma carreira de sucesso.

Algumas dicas para encontrar a instituição ideal para você:

  • pesquisar se a instituição é bem avaliada pelo Ministério da Educação (MEC);
  • verificar se o corpo docente é formado por professores capacitados e com uma boa formação;
  • ver se a estrutura da faculdade é boa, principalmente se o seu curso exigir a prática em laboratório, como é o caso dos cursos da área da saúde.

Conheça as universidades que são bem avaliadas pelo MEC e que oferecem diversos cursos tanto presenciais quanto EaD:

E aí, você pretende fazer algum vestibular para ingressar na universidade no próximo ano?