Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque uma bolsa

    Compare preços e escolha a bolsa de estudos que seja sua cara.


  2. Garanta a bolsa

    Pague a adesão para garantir sua bolsa.


  3. Tamo junto na próxima fase.

    Agora é só fazer o processo seletivo e se matricular na faculdade.


Cursos

5 diferenças entre faculdades públicas e particulares

6 de agosto
Imagem do autor
Escrito porLucas Loconte

Já se perguntou quais são as principais diferenças entre faculdades públicas e particulares? Infraestrutura e material são alguns pontos para analisar!

Entrar na faculdade é o sonho de milhões de jovens brasileiros, e isso acontece não apenas para a busca de uma qualificação profissional. Com o curso universitário, os vestibulandos também esperam conseguirem melhorar suas condições financeiras e de seus familiares.

O Brasil tem ao todo mais de 8,5 milhões de matrículas nas graduações de suas 2.457 instituições de ensino superior, dentre públicas e privadas.

Encontre bolsas de estudo de até 80%

Os dados são do último Censo da Educação Superior (2020), pesquisa realizada anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Apesar de serem a esmagadora maioria (87,6%) e do preconceito em torno das faculdades particulares, elas podem ser tão boas quanto as instituições públicas. 

Mas a dúvida sobre as diferenças entre faculdades públicas e particulares ainda assombra a cabeça de muitos vestibulandos, por isso preparamos este artigo com as principais diferenças entre os dois tipos de instituições. Leia e venha com a gente descobrir quais são as diferenças entre faculdades públicas e particulares!

Leia também: O que as melhores faculdades do mundo têm em comum?

Quais as principais diferenças entre faculdades públicas e particulares?

Existem certas diferenças entre faculdades públicas e particulares que devem ser levadas em consideração na hora de escolher onde estudar. Uma universidade pública é caracterizada por receber fundos públicos para que possa funcionar, já a faculdade particular se opõe a esse modelo por ser mantida pela iniciativa privada, tendo os alunos que pagarem uma mensalidade para estudar.

Infraestrutura

A infraestrutura da faculdade onde pretende-se estudar é um ponto que deve ser avaliado pelo vestibulando. Quando se fala em universidades públicas, principalmente no que se refere às suas condições físicas, é motivo de preocupação o sucateamento vivido por elas nos últimos anos.

Como é o governo quem injeta dinheiro nelas, as Instituições de Ensino Superior (IES) públicas, poucas vezes conseguem acompanhar o desenvolvimento tecnológico – hardwares e softwares – que vai sendo incorporado pelo mundo moderno, bem como fazer melhorias em suas salas de aula e centros de convivência, o que ocorre com maior frequência nas faculdades particulares.

Porém, normalmente as IES públicas contam com uma estrutura imensa que inclui hospitais, museus e laboratórios de pesquisa. Já a maioria das faculdades privadas, principalmente no interior do país, dispõem apenas de suas escolas de graduação, enquanto que nos grandes centros, sua estrutura é maior e as IES particulares dispõem de equipamentos de última geração e laboratórios para fazer pesquisa.

Qualidade de ensino

Há um consenso de uma das diferenças entre faculdades públicas e particulares quanto à qualidade do ensino superior nas universidades públicas. O último Índice Geral de Cursos (IGC – 2019) divulgado pelo Inep, considerado o mais completo indicador do Ensino Superior no Brasil, afinal, é ele quem representa a “Nota do Ministério da Educação (MEC)”, pois avalia a qualidade das IES, aponta que aproximadamente metade (49,1%) das universidades públicas, dentre estaduais e federais, atingiram o máximo de qualidade esperada.

Se considerarmos apenas as instituições federais, este número chega a quase 71%, já o percentual das IES privadas, com e sem fins lucrativos, que atingiram o máximo de qualidade esperada é de 21,2%, portanto, são fatores que merecem sua atenção na decisão por esta ou aquela instituição. Ainda existem excelentes faculdades particulares por onde você pode iniciar sua carreira acadêmica.

Além disso, quanto aos professores, há uma predominância de doutores nas IES públicas (69,1%), ao passo que nas instituições privadas, a maioria do corpo docente é composto por mestres (47,4%), de acordo com o Censo da Educação Superior.

Material de estudo

Com relação às diferenças entre faculdades públicas e particulares em relação aos materiais de estudos, em ambas as faculdades, para que os alunos possam ter acesso ao material didático, eles normalmente devem procurar pelo livro na biblioteca da faculdade ou nos Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA), onde os professores disponibilizam os arquivos de maneira on-line.

Por serem mantidas pela iniciativa privada, geralmente as bibliotecas das instituições particulares contam com uma diversidade maior de obras recentes, devido ao fato de seus acervos serem constantemente renovados.

Custo-benefício

Essa é a principal das diferenças entre faculdades públicas e particulares. Por serem gratuitas, as faculdades públicas levam vantagem se comparadas com as particulares, contudo, por esta mesma razão, a concorrência é maior, às vezes com dezenas ou centenas de candidatos disputando por uma única vaga. 

Em contrapartida, além da concorrência nas faculdades privadas serem menores, o tempo de duração do curso transcorre normalmente, diferente das IES públicas, que por fatores como falta de verba, podem desencadear greves, atrasando a formação do estudante.

Quanto ao acesso ao mercado de trabalho depois de formado, é senso comum entre as empresas que quem se graduou em uma universidade pública está melhor preparado para ele. Em contrapartida, dentro das faculdades privadas, existe todo um movimento para que a grade curricular seja adequada com o que o mercado está precisando e exigindo no momento, portanto podendo preparar até melhor o aluno para enfrentá-lo.

Nas IES públicas, muitas das vezes, o foco é maior na pesquisa do que no mercado propriamente dito. Em vista disso, se o seu sonho é ser um pesquisador ou mesmo seguir a carreira acadêmica, a universidade pública é a melhor opção.

Carga horária

A maioria das faculdades particulares possuem uma carga horária reduzida em comparação com as instituições públicas, isto se deve em razão das IES públicas oferecerem uma formação mais completa com foco na pesquisa, ensino e extensão. 

Sendo assim, vale dar aquela conferida nos portais das instituições em que você está interessado, para conhecer a carga horária e as grades curriculares destas faculdades.

Principais dúvidas sobre a faculdade pública

Uma das principais dúvidas sobre as diferenças entre faculdades públicas e particulares é o funcionamento das instituições subsidiadas pelo governo. Confira a seguir, as maiores questões que um vestibulando tem depois de prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem):

Como funciona uma faculdade pública?

Sendo custeadas pelo governo estadual ou federal, as faculdades públicas oferecem tantos cursos integrais – com aulas nos períodos matutino e vespertino -, principalmente o das áreas das ciências da saúde e engenharias, como cursos noturnos, embora sejam a minoria.

O último Censo da Educação Superior revela que nas IES federais, o turno diurno é responsável por 69% das aulas de graduação, deste modo, cabe ao aluno adaptar sua rotina ao ritmo das aulas e não ao contrário.

Pelo fato de serem gratuitas, sua concorrência é maior, mas vale a pena pela economia e peso que a formação em uma universidade pública tem no mercado de trabalho.

É muito difícil entrar em uma faculdade federal?

A depender do curso que você deseja fazer, pode ser que o caminho seja longo. Neste caso, é preciso ter foco, pois vai te demandar horas de estudo e às vezes meses ou anos de dedicação nas salas de aula de um cursinho. Logo, renunciar às festas ou encontros com amigos se torna hábito na busca de um objetivo maior.

O que é preciso para entrar em uma faculdade federal?

O Enem é a principal forma de ingresso em uma faculdade federal.  Depois da realização do exame, é preciso que o vestibulando se inscreva no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e selecione até duas opções de cursos da mesma faculdade ou instituição de ensino diferente, onde deseja estudar. Feito o processo, é só aguardar para saber se o estudante foi convocado em alguma das opções.

Atualmente, todas as IES federais aderiram a esta forma de ingresso, mas ela não é a única, algumas universidades federais também empregam processos seletivos próprios, além do Enem, para acessar a instituição. 

Vale a pena conferir no sítio da IES federal a qual você pretende se candidatar para conhecer as opções de ingresso.

Leia mais: Conheça as melhores faculdades públicas do Brasil, segundo o Guia da Faculdade

Principais dúvidas sobre a faculdade particular

No Brasil, 77,5% dos alunos estão matriculados na rede privada de ensino, segundo o Censo da Educação Superior. Abaixo, esclarecemos os principais pontos que os vestibulandos têm quanto a faculdade particular:

Como funciona uma faculdade particular? 

O funcionamento de uma faculdade particular pode ser igual ao de uma pública. Mas nela, diferente do que acontece com as IES públicas, onde os professores dão aula e fazem pesquisa, o corpo docente é contratado sobretudo para dar aulas.

Além disso, na IES privada, há uma predominância do ensino noturno (66%) conforme o Censo da Educação Superior, este aliás, é um dos principais fatores que levam os universitários a procurar estas instituições, pois muita das vezes, eles precisam trabalhar para se manterem e pagarem os cursos.

É muito difícil entrar em uma faculdade particular?

Devido ao fato da concorrência ser menor, de fato, em alguns cursos existe uma maior possibilidade de obter a aprovação. Entretanto, a depender da graduação e faculdade em que se quer estudar, a classificação pode não vir tão fácil como se espera.

Contudo, tanto a aprovação em faculdade pública como particular devem ser igualmente comemoradas, pois nada tira o seu mérito e dedicação com os estudos no período de vestibular.

O que é preciso para entrar em uma faculdade particular?

A maioria das faculdades particulares utiliza a prova do vestibular como processo seletivo. É importante entrar no site da instituição a qual você quer se candidatar para ficar por dentro das datas e saber se há outras formas de ingresso.

Leia também: Conheça as melhores faculdades particulares, segundo o Guia da Faculdade

É melhor faculdade particular ou pública?

Depois de todo esse compilado de informações sobre as diferenças entre faculdades públicas e particulares, chegou a hora de ponderar tudo. Escolher a faculdade certa vai muito além de um simples desejo, é preciso pesar todos os prós e contras na hora de tomar esta decisão.

Como é minoria (12,4%), as faculdades públicas não chegam a todas as cidades do país, logo, se você vive no interior, tomar esta decisão pode exigir mudança. Sendo assim, apesar da graduação sair de graça, os gastos com alimentação e moradia fazem com que essa decisão seja inviável. No momento, as universidades públicas não contam com bolsas suficientes para atender todos os estudantes das classes C, D e E.

Além disso, talvez, não seja a faculdade pública que você queira, e como vimos, além de contarem com melhores estruturas, algumas faculdades particulares podem ser tão boas quanto as IES públicas. 

Portanto, com muita pesquisa, prudência e cautela, esta é uma decisão que compete exclusivamente a você. Levantar as diferenças entre faculdades públicas e particulares é só o primeiro passo para você avançar na sua escolha.

Onde fazer a sua graduação?

Ainda não fez sua escolha? Ou tem alguma dúvida sobre as diferenças entre faculdades públicas e particulares? Selecionamos algumas universidades, reconhecidas e aprovadas pelo MEC em que você pode fazer sua graduação, e o melhor de tudo, é que nelas, por meio do Quero Bolsa,  você pode ingressar com bolsas de estudo de até 80% de desconto. Confira:

Veja também: Ranking internacional aponta quais são as 50 melhores faculdades do mundo

Já escolheu em que faculdade vai estudar? Tem algumas outras diferenças entre faculdades públicas e particulares? Conta aqui pra gente nos comentários se ela é pública ou particular e porque você escolheu a instituição.

Facul sem treta? É aqui mesmo!
Facul sem treta? É aqui mesmo!

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.