Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque uma bolsa

    Compare preços e escolha a bolsa de estudos que seja sua cara.


  2. Garanta a bolsa

    Pague a adesão para garantir sua bolsa.


  3. Tamo junto na próxima fase.

    Agora é só fazer o processo seletivo e se matricular na faculdade.


Universidades

Engenharia de Pesca: Onde Estudar?

22 de novembro
Imagem default
Imagem do autor
Escrito porRedação

O curso de Engenharia de Pesca tem duração de 5 anos. Como todos os cursos de Engenharia, a grade curricular é composta por disciplinas de cálculo, geometria analítica, programação de computadores, estatística, etc.

Disciplinas como Administração Pesqueira, Economia, Meteorologia, Biologia Pesqueira, também estarão presentes neste curso de graduação.

Onde encontrar o curso de Engenharia de Pesca

Abaixo encontra-se uma lista com todas as faculdades públicas reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) que oferecem o curso de Engenharia de Pesca.

Não foram encontrados registros de cursos de Engenharia de Pesca ministrados em instituições particulares.

  • Universidade Federal de Sergipe (UFS)
  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Universidade Federal do Piauí (UFPI)
  • Universidade do Estado da Bahia (UNEB)
  • Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
  • Universidade Estadual do Maranhão (UEMA)
  • Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
  • Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
  • Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA)
  • Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE)
  • Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (IFES)
  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)
  • Universidade do Estado do Amapá (UEAP)
  • Universidade Federal de Rondônia (UNIR)

Vale lembrar que essas instituições oferecem o curso sob o nome de Engenharia de Pesca, mas que há algumas instituições de ensino superior que oferecem o curso com o nome de  Aquacultura, Aquicultura ou Engenharia de Aquicultura. Esses cursos, na maioria das vezes, oferecem a mesma grade curricular que Engenharia de Pesca.

O Mercado de Trabalho

O Brasil possui grandes oportunidades de trabalho para quem opta por seguir essa carreira. A regulamentação da profissão e a criação do Ministério da Pesca e Aquicultura contribuíram, com toda certeza, para que a procura por esses profissionais aumentasse.

Quando concluir a graduação, o Engenheiro de Pesca pode optar por realizar uma pós-graduação Lato Sensu ou Stricto Sensu.

Saiba Mais em:

Lato Sensu ou Stricto Sensu – as diferenças entre os tipos de pós-graduação

A pós-graduação é fundamental para uma formação completa de qualquer profissional. Existem várias opções atualmente, cabe ao aluno escolher a que mais lhe agradar.

As áreas de trabalho de um engenheiro de pesca são, entre outras, a aquicultura, que pode trabalhar com consultorias, projetos e estudar a viabilidade da criação de organismos aquáticos; ecologia aquática, que garante a sustentabilidade na exploração dos recursos ambientais; administração pesqueira, que trabalha com planejamento e gerenciamento de empresas pesqueiras; piscicultura, elabora processos para a criação de peixes; maricultura, criação de mariscos; carcinicultura, criação de camarões, etc.

O aluno, ao concluir a graduação, pode optar por seguir a carreira acadêmica ou ir direto para o mercado de trabalho.

Para seguir a carreira acadêmica, o graduado deve realizar um mestrado e um doutorado. Neste caso, ele estará apto a ministrar aulas nos cursos de graduação das instituições de ensino superior e realizar pesquisas em alguma área do seu interesse.

[Ache os cursos e faculdades ideais para você!]

Facul sem treta? É aqui mesmo!
Facul sem treta? É aqui mesmo!

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.