O trabalho de um agrônomo, ou engenheiro agrônomo, está diretamente ligado à produção de alimentos. Ele se envolve em todas as etapas do agronegócio, ou seja, da produção e comercialização de produtos que têm sua origem na agricultura (plantações ou lavouras) e pecuária (criação de animais: bovinos, suínos, caprinos, etc.).

Seu objetivo principal é aumentar e melhorar a produtividade do agronegócio. Para isso, ele planeja a melhor maneira de cultivar o solo, plantar sementes, alimentar os animais, combater as pragas, realizar a colheita, distribuir e comercializar o produto final.

Quem segue carreira em Agronomia tem que gostar do campo e do contato com animais, pois grande parte do seu trabalho é realizado em zonas rurais, como fazendas e plantações.

Entenda como é a carreira em Agronomia, o que este profissional faz em seu dia-a-dia de trabalho e onde é possível estudar esta graduação!

A carreira em Agronomia

Garantir a qualidade dos alimentos que chegam à nossa mesa é tarefa do profissional formado em Agronomia. Esta ciência estuda a agricultura e pecuária, aplicando técnicas para melhorar os produtos desenvolvidos por estas atividades.

No que diz respeito à agricultura, o agrônomo pesquisa as condições do solo e indica os melhores adubos para cada tipo de plantação. Faz visitas constantes a lavouras e planeja ações para prevenir e combater possíveis pragas. Ele acompanha o processo de colheita, supervisiona o armazenamento da matéria-prima e verifica a qualidade dos processos de industrialização para transformar esta matéria-prima em produtos para o consumidor final.

O agrônomo também realiza pesquisas na área de Genética com o objetivo de melhorar a qualidade das sementes utilizadas. Ele estuda as variações das plantas e investiga quais são mais resistentes ao clima de cada região. Depois, seleciona as que possuem maior potencial para crescerem saudáveis e com rapidez.

Na pecuária, o agrônomo também acompanha todo o processo da atividade, supervisionando a criação de rebanhos. Ele determina onde devem ficar os animais – no pasto, em uma área descoberta ou protegidos do tempo em viveiros, estábulos e outras construções. Ele define qual a melhor maneira de alimentar os animais e os procedimentos corretos para fazer o abate.

A reprodução é uma questão importante na criação de rebanhos. O agrônomo acompanha este processo, escolhe os melhores animais para servirem de reprodutores e verifica quando é necessário fazer inseminação artificial, por exemplo.

Para comercializar produtos de origem vegetal e animal existem algumas leis e normas que especificam detalhes de como devem ser produzidos, armazenados e distribuídos. O agrônomo estuda a legislação voltada ao agronegócio e é responsável por garantir que todos os procedimentos estão sendo realizados conforme a determinação legal.

A agricultura não produz apenas alimentos. A cana-de-açúcar, por exemplo, é uma planta utilizada na produção do açúcar que consumimos e também do álcool (ou etanol) utilizado para fabricar combustíveis que abastecem nossos carros.

O setor sucroalcooleiro (que produz e transforma a cana-de-açúcar) é um dos que mais crescem no país e oferece as melhores oportunidades de trabalho para agrônomos.

No Brasil, a profissão de agrônomo é regulamentada por lei. Isto significa que, para seguir carreira nesta área, o profissional deve se formar em uma faculdade de Agronomia reconhecida pelo MEC e obter um registro junto ao CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) do estado onde trabalha.

O que faz um agrônomo?

É importante que o futuro agrônomo goste do campo e do contato direto com a natureza. No entanto, vale lembrar que o trabalho deste profissional envolve não só conhecimentos sobre o meio ambiente, solo, animais, biologia e plantas, como também muita Matemática e Física.

A faculdade de Agronomia também é chamada de Engenharia Agronômica e, a exemplo de outros cursos de Engenharia, o aluno precisa ter alguma afinidade com números e cálculos, além de gostar de tecnologia.

O trabalho do agrônomo é realizado com foco no manejo sustentável dos recursos naturais, ou seja, cada atividade do agronegócio é pensada de forma a causar o menor impacto possível no meio ambiente. Em alguns casos, o agrônomo precisa planejar, junto com outros especialistas, como recuperar áreas degradadas.

Quem se forma em Agronomia tem uma visão bastante ampla do agronegócio e pode desempenhar diversas atividades. Vamos conhecer algumas delas:

  • Administração rural – dedica-se ao gerenciamento das propriedades rurais, cuida das finanças, coordena equipes de trabalho, planeja as atividades que serão realizadas e define quais investimentos trarão mais retorno.
  • Defesa sanitária – combate o aparecimento de pragas e doenças. Visita diversas fazendas e plantações com o objetivo de eliminar e prevenir epidemias.
  • Engenharia rural – projeta construções e obras nas propriedades rurais, como a criação de celeiros, o nivelamento de solos, a montagem de sistemas de irrigação, etc.
  • Produção agroindustrial – pesquisa tecnologias para transformar a matéria-prima em produto final. Gerencia e controla a qualidade dos processos de industrialização.
  • Melhoramento animal e vegetal – realiza pesquisas genéticas e desenvolve técnicas para melhorar a qualidade da produção.

Onde estudar Agronomia

Confira algumas das principais faculdades de Agronomia credenciadas pelo MEC:

Veja também:

Quanto custa estudar Agronomia?

Você se identificou com a carreira em Agronomia? Gostaria de fazer uma faculdade nesta área? Conte para a gente aqui nos comentários!