A Engenharia Química é uma área de conhecimento em alta no mercado atualmente – e conta com um vasto campo de trabalho em indústrias de todo o país.

O curso ensina, em linhas gerais, a aliar transformações químicas a operações industriais. É uma graduação dinâmica, em que o estudante vai se deparar com uma série de descobertas interessantes – especialmente aqueles que gostam de fazer experimentos, buscar novos produtos e estudar o impacto de determinadas reações.

Mas não pense que o curso é apenas um grande laboratório de experiências. O aluno precisa se desdobrar para dar conta de todo conteúdo e aulas práticas – e, dependendo de onde quiser estudar, encarar uma concorrência nas alturas para ingressar na faculdade!

A recompensa vem depois, com uma carreira que paga um dos melhores salários entre as engenharias! E melhor: o mercado ainda está carente de novos profissionais!

Conheça a seguir tudo o que você precisa saber sobre o curso de Engenharia Química: como é a graduação, a grade curricular, as modalidades de estudo, onde encontrar faculdades legais para estudar e muito mais!

O curso de Engenharia Química

O curso de Engenharia Química tem duração de cinco anos e forma bacharéis. Isso significa que os profissionais saem da faculdade com conhecimentos amplos sobre a área de conhecimento escolhida e podem atuar em diversos segmentos da carreira.

Pelo Brasil, mais de 160 instituições oferecem a graduação – 65% delas na rede particular de ensino. De acordo com o mais recente Censo da Educação Superior, atualmente o país conta com pouco mais de 40 mil estudantes matriculados em cursos de Engenharia Química. Parece muito, mas esse número ainda é insuficiente para atender à crescente demanda de mercado.

Em boa parte das faculdades, o curso é oferecido em tempo integral. Às vezes, o aluno precisará dispor de tempo para realizar atividades nos três períodos do dia – o que complica um pouco a situação de quem precisa conciliar trabalho e estudos.

Por sorte, é cada vez mais comum o número de instituições que oferecem o curso em um único turno. O ideal é checar quais são as opções disponíveis no local onde você quer estudar.

Nem precisa dizer que o curso de Engenharia Química é recheado de matérias das Ciências Exatas: Química, Matemática e Física serão suas companheiras constantes desde o primeiro dia de aula, e, possivelmente, por toda a sua vida profissional.

O estágio é obrigatório nos anos finais do curso. Também é preciso apresentar um trabalho de conclusão para obter o diploma. Depois de formado, o profissional precisa obter registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) do estado onde vai atuar.

O que se estuda em Engenharia Química

Como acontece com a maioria dos cursos de Engenharia, os primeiros dois anos geralmente são dedicados à construção de uma visão geral da área. Depois, conforme vão avançando nos estudos, os alunos são apresentados a temas mais específicos da habilitação escolhida.

No caso Engenharia Química, nesse momento acontecem com mais frequência as atividades de laboratório – afinal, boa parte do curso é mão na massa pra valer. Reações químicas, criação de compostos, os principais equipamentos da indústria... a ideia é preparar os estudantes para entrar no mercado por dentro de todos os detalhes.

O curso tem uma grade curricular bastante extensa. Dê uma olhada em algumas das disciplinas mais comuns entre as instituições:

• Cálculo Diferencial e Integral

• Ciência dos Materiais

• Coloides

• Controle de Qualidade

• Desenho Técnico

• Direito e Legislação

• Economia para Engenharia

• Engenharia Bioquímica

• Engenharia de Corrosão

• Engenharia Nuclear

• Estatística e Probabilidades

• Fenômenos de Transporte

• Fenômenos e Operações

• Física Experimental

• Físico-Química

• Fundamentos de Eletromagnetismo

• Fundamentos de Mecânica

• Geometria Analítica e Álgebra Linear

• Gerência da Qualidade Industrial

• Hidráulica Geral

• Introdução à Engenharia Química

• Organização Industrial para Engenharia

• Otimização e Análise de Processos

• Polímeros

• Proteção Ambiental

• Química Analítica

• Química de Alimentos

• Química de Processos

• Química Geral

• Química Inorgânica

• Termodinâmica

Ao longo do curso, as aulas práticas serão constantes. Essas atividades acontecem em laboratórios como:

• Informática

• Química Inorgânica

• Química Orgânica

• Termodinâmica

• Processamento de Alimentos

• Fenômenos de Transporte

• Controle de Processos

• Engenharia Bioquímica

• Computação Científica

É importante lembrar que tanto as disciplinas quanto os tipos de laboratório podem variar de uma instituição para a outra.

Área de atuação de Engenharia Química

A missão do engenheiro químico é lidar com projetos relacionados a transformações químicas em ambiente industrial. Isso inclui desde a manutenção de equipamentos até o controle de qualidade dos produtos gerados.

Os empregos estão em indústrias que envolvem qualquer atividade química – e, por incrível que pareça, são muitas.

Só para você ter uma ideia:

• Alimentícia e de bebidas

• Biotecnologia

• Borracha

• Celulose

• Cerâmica

• Cimento

• Cosmético

• Detergentes

• Farmacêutica

• Fertilizantes

• Metalúrgicas

• Mineradoras

• Pesquisa e Desenvolvimento

• Petroquímica

• Plásticos

• Refinarias

• Siderúrgicas

• Tintas

• Vidro

Universidades e centros de pesquisa também oferecem boas oportunidades. Mas uma área que vem absorvendo um número cada vez maior de profissionais é a de gestão de processos químicos – que envolvem pessoas, operações, planejamento e até vendas especializadas. Um profissional experiente pode conseguir um bom emprego, com salário nas alturas, especialmente em empresas de grande porte.

O segredo para se dar bem na carreira de engenheiro químico é investir nos estudos. Primeiro a graduação em uma universidade de qualidade, seguido por pós-graduações, fluência em idiomas, experiências no exterior e certificações. Facilidade em se comunicar e experiência com gestão de pessoas são bônus muito apreciados na área.

Curso de Engenharia Química a distância

Os cursos de Engenharia a distância estão cada vez mais populares. No entanto, ainda não chegou a vez do curso de Engenharia Química.

Por enquanto, apenas uma universidade no Brasil recebeu autorização do Ministério da Educação para oferecer essa essa graduação na modalidade a distância. A instituição é o Centro Universitário Facvest (FACVEST), sediada em Lages, na região serrana de Santa Catarina, com polos de apoio presencial nas cidades de Joinville, Tubarão e Palhoça. Porém, a instituição não está oferecendo o curso no momento.

Se você está em dúvida sobre com um curso tão prático como Engenharia Química poderia ser feito a distância, a gente responde: somente a parte mais teórica da graduação é feita pela internet, com a ajuda de um ambiente virtual de aprendizagem. O restante – às vezes até 70% da grade curricular – precisa ocorrer da forma tradicional: em laboratórios e salas de aula presenciais.

Quanto custa a mensalidade do curso de Engenharia Química

Na média, será preciso investir cerca de R$ 1.000 todos os meses para estudar Engenharia Química.

O curso tem uma grande variação de preços, podendo ir de R$ 850 a mais de R$ 2.000, dependendo da instituição de ensino.

Como os cursos a distância de Engenharia Química ainda não estão disponíveis, fica difícil encontrar opções de mensalidades mais em conta. Quem está com o bolso apertado pode recorrer a programas de bolsas de estudos como o ProUni, financiamentos estudantis e descontos oferecidos pelas próprias instituições de ensino.

Onde estudar Engenharia Química

O segredo para fazer um bom curso de Engenharia Química é escolher uma faculdade que seja reconhecida e bem avaliada pelo Ministério da Educação (MEC). Você precisa fazer essa verificação antes de tudo, pois só o reconhecimento do MEC garante a validade do seu diploma.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Engenharia Química:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) 

Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Universidade de Franca (UNIFRAN)

Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) 

Centro Universitário do Distrito Federal (UDF)

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais 

Faculdade Unime (UNIME) – na Bahia 

Veja também:

Tem Engenharia no ProUni?

O que achou de Engenharia Química? Vai investir nessa carreira? Conte para a gente aqui nos comentários!