Como curso superior em Gestão Financeira, existe a opção de curso tecnológico com duração média de 2 anos. É possível cursar esta graduação nas modalidades presencial e a distância.

O tecnólogo em Gestão Financeira planeja a captação de recursos e os investimentos realizados por uma empresa. Ele analisa demonstrações financeiras, estuda a viabilidade econômica de projetos e muito mais.

Os graduados neste curso podem obter um registro profissional no Conselho Regional de Administração (CRA) de seu estado.

Descubra mais sobre o curso tecnológico de Gestão Financeira, saiba o que se estuda, onde cursar esta graduação e como está o mercado de trabalho para este profissional!

Sobre o curso de Gestão Financeira

O curso de Gestão Financeira tem como objetivo capacitar profissionais para atuarem na gestão econômica e financeira de organizações.

A grade curricular do curso é formada por disciplinas das áreas de Administração, Contabilidade, Economia e Direito.

Durante o curso os estudantes aprendem sobre ferramentas e tecnologias de gestão financeira para novos negócios e também para empresas já consolidadas no mercado. Além disto, aprendem sobre captação e investimento de recursos, demonstrativos financeiros e viabilidade econômica.

Também faz parte do curso de Gestão Financeira capacitar o aluno a coletar e organizar informações referentes ao mercado. Ele aprende a:

  • Controlar fluxo de caixa.
  • Determinar preços de produtos e serviços.
  • Realizar cálculos de taxas de juros.
  • Organizar e controlar contas a pagar e a receber.
  • Analisar a concessão de créditos a clientes.
  • Emitir relatórios contábeis sobre as movimentações da empresa.
  • Elaborar demonstrativos de resultados.

Ao final do curso o aluno deverá realizar um estágio supervisionado na área ou elaborar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Onde estudar Gestão Financeira

Conheça as principais faculdades que oferecem o curso de Gestão Financeira:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Perfil do profissional formado em Gestão Financeira

Quem deseja seguir carreira como gestor financeiro deve gostar de Matemática e Economia, além de possuir um bom raciocínio lógico e estratégico.

Um bom profissional desta área tem uma visão global do mercado financeiro e capacidade de analisar riscos que o ajudam a tomar decisões assertivas.

Outra característica importante deste profissional é estar atento às mudanças econômicas, tecnológicas e mercadológicas. As ações de um gestor financeiro podem causar grande impacto nas organizações. Por esta razão, organização, planejamento, responsabilidade e ética são qualidades desejáveis para um profissional de Gestão Financeira.

Grade curricular do curso de Gestão Financeira

A estrutura curricular do curso tecnológico em Gestão Financeira dependerá da instituição de ensino que oferece esta graduação.

De modo geral, o curso de Gestão Financeira é formado pelas seguintes disciplinas:

  • Análise de Crédito
  • Análise de Custos
  • Análise de Demonstrativos Financeiros
  • Contabilidade
  • Contexto Econômico
  • Controladoria
  • Derivativos Financeiros
  • Direito Empresarial
  • Educação Financeira
  • Empreendedorismo, Inovação e Economia Criativa
  • Estatística
  • Estratégias de Orientação Financeira
  • Finanças Corporativas
  • Gestão de Capital de Giro
  • Gestão de Financiamento
  • Gestão de Portfólio de Investimentos
  • Gestão de Riscos
  • Investimento e Crédito
  • Legislação e Planejamento Tributário
  • Matemática Financeira
  • Mercado Financeiro
  • Planejamento e Orçamento Empresarial
  • Seguros e Previdência

Mercado de trabalho para quem faz Gestão Financeira

Um profissional formado em Gestão Financeira encontra oportunidades de emprego em diversos tipos de negócios e setores da economia. Ele pode trabalhar em:

  • Bancos e sociedades de crédito
  • Agências financeiras
  • Comércios, indústrias e prestadoras de serviço
  • Instituições de financiamentos e investimentos
  • Empresas de contabilidade

Independentemente do tipo de empresa em que o profissional está inserido, ele pode assumir responsabilidades e atribuições nas seguintes áreas:

  • Análise e Planejamento Financeiro – transforma dados financeiros em orientações para a organização. Avalia a necessidade de aumento ou redução da capacidade produtiva. Determina que tipos de financiamentos podem ser realizados.
  • Administração da Estrutura de Ativo – Determina os tipos de ativos (circulantes e fixos) que fazem parte do balanço patrimonial da empresa. Define os melhores ativos permanentes a adquirir e fixa os níveis ótimos para os ativos circulantes.
  • Administração da Estrutura Financeira – Decide qual a composição mais adequada para financiamentos a curto e longo prazo. Escolhe quais as fontes de financiamentos para cada situação.

Além de atuar em empresas, o profissional da área de Gestão Financeira também pode trabalhar como autônomo, prestando consultorias ou então seguir a carreira acadêmica, ministrando aulas para a educação técnica ou superior.

Veja também:

O que é tecnólogo?

Você ficou interessado pelo curso de Gestão Financeira? Conte para a gente aqui nos comentários!