A Matemática é considerada um “bicho de sete cabeças” para muitos estudantes, que fogem dela como podem. Por isso, é comum vermos vagas sobrando em faculdades de Matemática, mas a boa notícia é que também tem vagas sobrando no mercado de trabalho.

A carreira mais comum para quem faz faculdade de matemática é a de professor. Mas o que muitos desconhecem é que cada vez mais o matemático tem ganhado espaço e colaborado significativamente nas áreas de Economia, Engenharia, Seguros, Medicina, Informática e Finanças, entre outras.

Além disso, não é raro encontrar matemáticos fazendo pesquisas de ponta em Tecnologia, Inteligência Artificial e Realidade Virtual.

Saiba mais sobre a faculdade de Matemática, o que se estuda e quais as opções de trabalho para este profissional!

Faculdade de Matemática

A faculdade de Matemática possui duas habilitações: Licenciatura e Bacharelado. Em alguns casos, o aluno inicia a faculdade cursando matérias comuns às duas habilitações e depois escolhe uma delas, na qual terá disciplinas mais específicas.

Em outros casos, a escolha da habilitação é feita já ao participar do processo seletivo da faculdade. Neste caso, as duas habilitações possuem grades curriculares totalmente distintas.

A Licenciatura em Matemática forma profissionais para atuarem como professores desta disciplina nos ensinos fundamental e médio.

Já o Bacharelado prepara o profissional para trabalhar com as aplicações da Matemática em diversas áreas, sendo que a mais comum é a Computação Científica.

A duração média do curso é de 4 anos e é possível cursar a faculdade presencialmente ou no modalidade a distância.

A faculdade de Matemática tem por objetivo formar profissionais capazes de:

  • Compreender e utilizar tecnologias para a resolução de problemas.
  • Identificar, reformular e resolver problemas.
  • Estabelecer relações entre a matemática e outras áreas do conhecimento.
  • Lecionar a disciplina de matemática nos ensinos fundamental e médio.

Mercado de trabalho para quem faz Matemática

O setor que mais emprega profissionais formados em Matemática é o da educação escolar. Existe no país uma carência de professores de Matemática para os ensinos fundamental e médio.

Um matemático pode também trabalhar com pesquisa científica e cada vez mais este profissional tem ocupado um espaço junto a equipes de engenheiros, economistas, físicos, etc. O caminho mais praticado é fazer uma pós-graduação e trabalhar em universidades onde, além de ministrar aulas para educação superior, o matemático tem a oportunidade de trabalhar com pesquisas.

Outro setor que tem contratado cada vez mais matemáticos é o da indústria, e são variadas as áreas em que o matemático industrial pode atuar. Listamos algumas:

  1. Produção - Atua na modelagem de sistemas de produção, gerencia as cadeias de suprimento e otimiza os processos, reduzindo o tempo que o produto leva para chegar ao mercado.
  2. Design de Produtos - Simula a funcionalidade da embalagem dos produtos e otimiza sua forma.
  3. Gerenciamento Ambiental - Cria modelagens para auxiliar nas decisões a respeito de produtos ou processos que causam danos ao meio-ambiente.
  4. Economia e Mercado Financeiro - Cria modelagem de produtos financeiros e otimiza o gerenciamento de investimentos financeiros. É responsável também por fazer projeções de riscos.
  5. Biomatemática - Atua na recuperação de imagens de tomografia e quantifica a leitura de imagens de ultrassonografia.
  6. Ciências Computacionais - Traduz modelos matemáticos para a linguagem de computadores e cria algoritmos para software.

Melhores Faculdades de Matemática

Para elaborar a lista das melhores faculdades de matemática foram consideradas apenas as instituições credenciadas pelo MEC e em atividade. O MEC avalia os cursos através de três quesitos: Conceito de Curso (CC), Conceito Preliminar de Curso (CPC) e Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

No ranking das melhores faculdades de matemática estão aquelas que obtiveram nota máxima (5) em pelo menos dois dos conceitos avaliados pelo MEC*:

Fundação Universidade Federal do ABC – UFABC (Pública)

CC: -

CPC: 5

Enade: 5

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS (Privada)

CC: -

CPC: 5

Enade: 5

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP (Pública)

CC: -

CPC: 5

Enade: 5

Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL-MG (Pública)

CC: 4

CPC: 5

Enade: 5

Universidade Federal de Pelotas – UFPEL (Pública)

CC: 5

CPC; 5

Enade: 5

• Universidade Federal de Santa Maria – UFSM (Pública)

CC: 5

CPC: 4

Enade: 5

Universidade Federal de Viçosa – UFV (Pública)

CC: -

CPC: 5

Enade: 5

Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ (Pública)

CC: -

CPC: 5

Enade: 5

Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS (Pública)

CC: -

CPC: 5

Enade: 5

Algumas faculdades que também possuem avaliações positivas no MEC são:

Anhanguera

Estácio

Cruzeiro do Sul

*Pesquisa realizada no MEC em março de 2015.

Grade Curricular da Faculdade de Matemática

A matriz curricular da faculdade de Matemática depende do grau conferido ao formado (Licenciatura ou Bacharelado) e também da instituição de ensino que oferece o curso. A nomenclatura das disciplinas pode variar entre as faculdades.

Listamos as principais disciplinas encontradas na faculdade de Matemática:

  • Álgebra
  • Análise Combinatória
  • Análise Matemática
  • Cálculo
  • Cálculo Diferencial de Uma Variável
  • Cálculo Diferencial e Integral de Várias Variáveis
  • Cálculo Numérico
  • Cálculo Vetorial
  • Equações Diferenciais Ordinárias
  • Estatística
  • Física Experimental
  • Física Geral
  • Funções Analíticas
  • Geometria Analítica
  • Geometria Diferencial
  • Geometria Espacial
  • Geometria Plana
  • História da Matemática
  • Laboratório de Matemática
  • Laboratório de Programação
  • Lógica Matemática
  • Teoria dos Números
  • Topologia Geral

Você tem interesse em fazer uma faculdade de Matemática? Conte para a gente aqui nos comentários.