Por trás de um bom atendimento médico está a figura do gestor hospitalar, que providencia tudo o que é preciso para que médicos e enfermeiros possam prestar um serviço de qualidade aos seus pacientes.

Em instituições de saúde como hospitais, clínicas médicas ou postos de saúde, é de extrema importância que exista um administrador responsável pela organização e funcionamento destes ambientes.

O gestor hospitalar tem conhecimentos em Administração e na área de Saúde. Ele define a quantidade adequada de enfermeiros e médicos que devem fazer parte da equipe, controla o estoque de medicamentos e materiais, faz o planejamento da manutenção dos equipamentos médicos, dá o destino correto para o lixo tóxico e muito mais.

Conheça em detalhes como é a carreira em Gestão Hospitalar, o que este profissional faz em seu dia-a-dia de trabalho e onde é possível estudar para obter um diploma nesta área!

A carreira em Gestão Hospitalar

Instituições de saúde como clínicas médicas e postos de saúde possuem características bem específicas. Gerenciar suas atividades é muito diferente de administrar outros tipos de empresas, como lojas, indústrias, escritórios, etc.

Quem cuida do funcionamento de um hospital, por exemplo, precisa entender as leis e normas de segurança para o atendimento de pacientes, quais os tipos de equipamentos médicos existentes e para que servem, como funcionam os convênios de saúde ou como devem ser transportados e armazenados os medicamentos.

O gestor hospitalar tem uma função estratégica dentro da instituição de saúde. É ele quem toma as decisões, resolve problemas e cuida de cada detalhe para garantir que tudo funcione bem e que os pacientes tenham um atendimento de qualidade.

Ele pode trabalhar em empresas públicas ou privadas. Entre elas, podemos citar:

  • Hospitais
  • Clínicas e policlínicas médicas
  • Laboratórios de análises clínicas
  • Laboratórios de diagnóstico por imagem
  • Casas de Repouso
  • Postos e unidades básicas de saúde
  • Farmácias
  • Empresas de seguro hospitalar
  • Ambulatórios
  • Consultórios
  • Prontos-Socorros
  • Clínicas de reabilitação
  • Clínicas de estética e SPAs
  • Maternidades
  • Empresas que prestam consultoria na área da Saúde

É possível ser um gestor hospitalar com diploma de Administração de Empresas?

Sim, existem casos de profissionais formados em Administração que assumem cargos gerenciais em hospitais ou outras instituições de saúde.

O que acontece é que estes administradores precisam adquirir alguns conhecimentos na área da Saúde e entender as características das empresas que prestam serviço de atendimento médico. Em geral, esse processo não é tão simples e leva algum tempo. Enquanto isso, o administrador precisará de apoio e orientação para exercer suas atividades.

Não é raro encontrar a situação inversa: profissionais da área da Saúde (médicos, dentistas ou enfermeiros) que assumem alguns cargos administrativos. Nesse caso, estes profissionais buscam uma outra formação que ofereça conhecimentos na área administrativa, seja uma pós-graduação, curso de especialização ou até mesmo outra graduação.

Agora, se você ainda não tem um curso superior e gostaria de trabalhar como gestor hospitalar, os cursos mais indicados são o de tecnólogo em Gestão Hospitalar e o de bacharelado em Administração Hospitalar.

O aluno já sai da faculdade preparado para administrar instituições médicas, pois recebe uma formação que alia conhecimentos de gestão e da área da Saúde.

O que faz um gestor hospitalar?

São diversas as atividades que um gestor hospitalar desempenha em seu dia-a-dia de trabalho. Vamos conhecer algumas delas:

  • Gerenciar equipes de trabalho – determina as escalas de horário e os plantões dos médicos, enfermeiros, membros da equipe administrativa e de apoio. Supervisiona seus trabalhos e exige um padrão de qualidade nos serviços.
  • Organizar os processos de compra – gerencia o orçamento disponível para compra de materiais, faz pesquisas de preço, entra em contato com fornecedores e determina quando os produtos devem sem comprados.
  • Cuidar da manutenção dos equipamentos – controla de quanto em quanto tempo deve ser realizada a manutenção preventiva nos equipamentos para evitar que eles estraguem e define qual empresa fará esta manutenção.
  • Controlar o almoxarifado – determina como os produtos devem ser armazenados e controla a quantidade que está sendo utilizada, seja de medicamentos, produtos de limpeza ou materiais de uso médico (luvas, seringas, gaze, etc.).
  • Manter a infraestrutura – precisa ficar atento às necessidades da instituição de saúde onde trabalha e disponibilizar a infraestrutura adequada, como salas de cirurgia, equipamentos médicos, consultórios, leitos para o setor de emergência, etc. O gestor hospitalar deve providenciar esta estrutura e mantê-la sempre segura e em condições de uso.
  • Cuidar dos resíduos hospitalares – o lixo hospitalar não pode ser descartado como o lixo comum. Cada tipo de resíduo gerado dentro de um hospital deve seguir regras ambientais específicas de descarte. Cabe ao gestor hospitalar garantir que estas normas sejam seguidas.

Onde estudar Gestão Hospitalar

Grande parte das universidades que possuem o curso de Gestão Hospitalar são particulares e oferecem esta graduação nas modalidades de ensino presencial e a distância.

Confira algumas das principais faculdades de Gestão Hospitalar credenciadas pelo MEC:

Veja também:

Curso de Gestão Hospitalar

Ficou interessado em seguir carreira em Gestão Hospitalar? Compartilhe suas ideias conosco aqui nos comentários!