A Engenharia é uma profissão bastante diversificada, com muitas habilitações diferentes. Nela, é possível atuar na área florestal, elétrica, de automação, civil, administrativa (de produção), mecânica, química, robótica e muito mais!

O mercado está sempre à procura desses profissionais e as perspectivas de crescimento são muito positivas. Um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revela que até 2020 o Brasil irá precisar de mais de um milhão de engenheiros! A profissão também está entre as mais bem remuneradas do País.

O curso de Engenharia dura cinco anos e o retorno do investimento é rápido, considerando que muitos já saem da faculdade com emprego garantido.

Confira agora as mensalidades dos curso de Engenharia nas principais faculdades privadas do Brasil.

Mensalidade de Engenharia

O valor da mensalidade  de Engenharia varia bastante – começa em R$ 470 e pode chegar a até R$ 3.200. O valor médio é de R$ 1.200, aproximadamente.

Separamos a seguir as diferentes mensalidades dos cursos de Engenharia, incluindo as habilitações mais procuradas nas faculdades. Confira o site da faculdade onde você quer fazer Engenharia para saber se ela oferece a graduação que você deseja cursar.

Mensalidades de Engenharia até R$ 1.000

 

  • Universidade Nove de Julho (UNINOVE)

 

 

  • Faculdade Politécnica de Uberlândia (FPU)

 

 

  • Universidade Guarulhos (UNG)

 

 

  • Centro Universitário Padre Anchieta (UNIANCHIETA)

 

 

  • Centro Universitário do Norte Paulista (UNORP) 
  • Centro Universitário de Araraquara (UNIARA)

 

 

  • Faculdade União das Américas (UNIAMÉRICA)

 

 

Mensalidades de Engenharia entre R$ 1.000 e R$ 1.500 

  • Universidade Estácio de Sá (UNESA)    

 

  • Universidade de Marília (UNIMAR) 
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR)

 

 

  • Universidade Salvador (UNIFACS)

 

 

  • Universidade de Sorocaba (UNISO) 
  • Universidade do Contestado (UnC)

 

 

  • Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI) 
  • Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP)

 

 

  • Faculdade de Engenharia São Paulo (FESP)

 

 

Mensalidades de Engenharia entre R$ 1.500 e R$ 2.000

  • Universidade Presbiteriana Mackenzie (MACKENZIE)

 

  • Faculdades Integradas Unicesp (FACICESP)

 

 

  • Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP)

 

 

  • Universidade São Judas Tadeu (USJT)

 

 

  • Universidade de Passo Fundo (UPF)

 

 

  • Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas)

 

 

  • Universidade Santa Úrsula (USU)

 

 

  • Universidade de Caxias do Sul (UCS)

 

 

  • Centro Universitário Univates (UNIVATES)

 

 

  • Universidade Católica de Brasília (UCB)

 

 

Mensalidades de Engenharia acima de R$ 2.000

  • Faculdade Politécnica de Campinas (POLICAMP)

 

  • Faculdade de Engenharia da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP)

 

 

  • Faculdade de Economia e Finanças IBMEC (Faculdades Ibmec)

 

 

  • Faculdade de Administração de Empresas (FACAMP)

 

 

  • Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio)

 

 

  • Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia (CEUN-IMT)

 

 

Como escolher a melhor faculdade de Engenharia?

O primeiro quesito que você deve levar em conta na hora de escolher um curso de Engenharia é a avaliação da faculdade junto ao MEC. Para ter acesso a essa informação, você pode usar uma ferramenta gratuita chamada e-MEC.

Veja como fazer a consulta:

  1. Acesse o e-MEC.

 

  • Encontre a aba “Consulta Avançada” e clique.
  • Em “Buscar por”, selecione a opção “Curso de Graduação” .
  • Em “Curso”, digite: Engenharia
  • Em “UF”, selecione o estado (campo opcional).
  • Selecione o município (opcional).
  • Clique no botão “Pesquisar”. Vai aparecer uma lista com todos os cursos, suas respectivas notas e situação no MEC.

 

Onde estudar Engenharia com qualidade pagando menos

Se você está com dificuldade de entrar numa universidade pública e não tem recursos suficientes para bancar uma faculdade privada, existem algumas alternativas:

  • Tentar uma bolsa do ProUni: o Programa Universidade Para Todos oferece bolsas de estudos integrais e parciais a estudantes de baixa renda em universidades privadas. O processo seletivo acontece duas vezes por ano e usa como critério a nota do Enem.
  • Tentar um financiamento do governo: A outra alternativa é tentar o financiamento estudantil do Governo Federal, o FIES. Com a vantagem de só começar pagar depois de se formar, pode ser uma saída interessante para conseguir cursar Engenharia.
  • Aproveitar as vantagens que a faculdade oferece: muitas instituições trabalham com programas variados de bolsas de estudos e financiamento sem burocracia, além de terem políticas de descontos e convênios. Informe-se na faculdade do seu interesse! Não sabe por onde começar? A gente selecionou algumas ótimas opções para você:

 

 

Veja também:

Engenharia

Vai fazer Engenharia em uma universidade particular? Compartilhe suas impressões sobre as mensalidades nos comentários.