O curso de Odontologia está entre os mais concorridos em várias universidades. Isso faz com que a nota de corte esteja entre as mais altas dos cursos da área da Saúde, atrás apenas de Medicina.

A nota de corte é a pontuação mínima para entrar em determinada graduação. Na prática, conhecer esse parâmetro pode ajudar você a planejar seus estudos e passar em Odonto. Mas vale um alerta: a nota de corte de uma universidade não necessariamente funciona para outra. E estudar para atingir o desempenho mínimo é sempre um risco, pois de um ano para outro a concorrência pode aumentar e a pontuação subir.

Para ajudar você a planejar seus estudos, fizemos uma pesquisa sobre a nota de corte de Odontologia em diferentes vestibulares. Confira também as o desempenho mínimo para disputar uma vaga no Sisu, uma bolsa do ProUni e um financiamento do FIES.

Nota de corte para o curso de Odontologia em vestibulares

Embora várias faculdades utilizem as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como critério de avaliação, boa parte ainda mantém seus próprios processos seletivos.

Isso significa que existe uma diversidade de formatos de provas. Há vestibulares com 100 questões, outros com 300. Algumas universidades fazem a seleção em duas fases: a primeira serve como uma peneira para selecionar os candidatos mais preparados.

Algumas provas trazem apenas questões objetivas e a redação. Outras são de questões objetivas, dissertativas e redação. A contagem de pontos pode ser de 0 a 100, de 0 a 700, ou até de 0 a 1.000. Enfim, os tipos de vestibular podem variar muito e a dica é sempre ler com atenção o edital, pois todas as regras estão registradas ali.

Agora, quanto à nota de corte do vestibular de Odontologia, pode haver uma variação grande, dependendo da concorrência em cada faculdade.

Na Universidade Estadual Paulista (UNESP), que realiza o vestibular em duas fases, as notas mínimas para passar para a segunda etapa têm ficado entre 38 e 50 pontos, dependendo do local e do turno. A nota máxima da prova é de 100 pontos.

Na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), o vestibular é de apenas uma fase. A nota de corte para o curso de Odontologia está próxima dos 65 pontos (de um máximo de 100).

Já na Universidade Estadual de Maringá (UEM), a nota mais alta foi 424 e mais baixa, 350 pontos. A prova tem 100 questões e uma redação. A pontuação máxima é de 720. Ou seja, é preciso acertar quase metade da prova para passar.

Vale lembrar que muitos vestibulares possuem programas de ações afirmativas e destinam vagas a grupos específicos de estudantes. Cada universidade define os critérios de participação. O que se observa é que, ao contrário do senso comum, as notas de corte para vagas destinadas a ações afirmativas não são necessariamente menores do que as de ampla concorrência.

Nota de corte para o curso de Odontologia no Sisu

Se você quer disputar uma vaga de Odontologia em uma universidade pública, um dos processos seletivos mais importantes é o do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), coordenado pelo Ministério da Educação. Para disputar uma vaga, o estudante deve ter participado da edição mais recente do Enem e não pode ter zerado na redação.

A nota de Odontologia está entre as mais altas do Sisu, na faixa de 700 a 800 pontos. É possível saber a nota de corte exata somente no período de inscrição, já que o Sisu é um sistema dinâmico. Dependendo do número de vagas, da procura e do nível dos concorrentes, a nota de corte pode subir ou diminuir.

Veja algumas notas de corte para Odontologia em edições recentes do Sisu:

• Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ): 783 pontos

• Universidade Federal do Paraná (UFPR): 746 pontos

• Universidade Federal do Amazonas (UFAM): 722 pontos

• Universidade Federal da Bahia (UFBA): 717 pontos

• Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS): 715 pontos

Nota de corte para o curso de Odontologia no ProUni

Para quem quer estudar Odontologia em uma faculdade particular, vale pesquisar o Programa Universidade para Todos (ProUni).

O ProUni é um programa do Governo Federal voltado para pessoas de baixa renda que concede bolsas de 50% ou 100%.

Para concorrer, o candidato deve ter participado da prova mais recente do Enem, com pelo menos 450 pontos na média geral das provas e nota acima de zero na redação.

Mas a disputa por uma vaga de Odontologia vai exigir um pouco mais: em edições recentes do ProUni, a nota de corte para Odonto tem oscilado entre 550 e 760 pontos.

Nota de corte para o curso de Odontologia no FIES

Outra alternativa para quem quer fazer a faculdade de Odontologia em uma universidade particular é o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). O FIES é um programa do Governo Federal voltado para pessoas de baixa renda que facilita o acesso ao ensino superior. O estudante financia sua faculdade a juros baixos e paga a dívida só depois de se formar.

Para concorrer é necessário ter participado de alguma edição do Enem a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos e não ter zerado a redação.

Vale destacar que está cada vez mais difícil conseguir um financiamento pelo FIES. As regras mudam a cada edição, como a mais recente, que priorizou cursos de áreas como as da Saúde, Engenharia e Licenciatura.

Por isso, a recomendação é que você acompanhe de perto o site do FIES nas datas de realização do programa. Só assim você saberá as condições para participar, além de conhecer as notas de corte para Odontologia.

Onde estudar Odontologia

Atualmente existem mais de 200 faculdades públicas e privadas de Odontologia em atividade em todo o País.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Odontologia:

Universidades Privadas:

Universidade Estácio de Sá (UNESA) 

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 

Universidade de Franca (UNIFRAN)

Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)

Faculdade Ruy Barbosa (Ruy Barbosa | DeVry) – em Salvador

Universidades Públicas:   

Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)

• Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)

Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Universidade Federal de Pelotas (UFPEL)

Veja também:

Curso de Odontologia

E então, as notas de corte para Odontologia estão dentro da sua expectativa? Conte para a gente nos comentários!