O engenheiro de produção é o profissional responsável por fazer a ponte entre a área técnica e o setor administrativo de uma empresa, aliando conhecimentos de gestão e de Engenharia.

Entre suas tarefas principais podemos citar o controle e a administração da produção de bens e serviços, o gerenciamento e planejamento dos recursos de uma empresa para aumentar o lucro, diminuir os gastos e garantir a sustentabilidade da companhia, melhorando o processo produtivo como um todo.

Se você tem interesse em estudar Engenharia de Produção, não pode deixar de conferir nosso guia sobre as disciplinas que encontrará no caminho. Aproveite para conhecer também algumas faculdades legais que oferecem o curso. Vamos lá?

Sobre o curso de Engenharia de Produção

O curso de Engenharia de Produção, como todas as Engenharias, tem duração de cinco anos. Se você gosta das Ciências Exatas e se interessa por Administração, está no caminho certo!

Os primeiros dois anos são dedicados às disciplinas básicas de Engenharia, mais ligadas à Matemática e à Física. Nos anos seguintes, a graduação vai ficando mais específica e começam a aparecer matérias ligadas à Contabilidade, Administração, Logística e Tecnologia da Informação, muitas vezes apresentadas em mais de um módulo.

O estágio é obrigatório e pode ser realizado em uma empresa conveniada à faculdade. É necessário entregar de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) no final do último ano.

Matérias do curso de Engenharia de Produção

A nomenclatura das disciplinas e a ordem em que são apresentadas podem variar de acordo com a faculdade onde você vai fazer Engenharia de Produção. No entanto, o conteúdo abordado tende a ser o mesmo. O objetivo é formar profissionais completos que saibam lidar com toda a cadeia de produção de uma empresa.

Confira algumas das principais matérias de Engenharia de Produção: 

Administração Estratégica: Ensina a formular as melhores estratégias para o bom andamento de uma empresa.

Análise de Riscos: Apresenta métodos de prevenção de eventos que prejudiquem o andamento dos negócios, com base em análise de casos e no estudo de regulamentos e de leis trabalhistas.

Automação Industrial: Como usar programas e equipamentos específicos em determinada máquina ou processo industrial para aumentar a eficiência da produção.

Ciência do Ambiente: Estuda o papel da Engenharia na preservação dos recursos naturais e analisa os fatores que alteram os ecossistemas em que a atividade está inserida, apresentando também noções de legislação ambiental.

Cálculo Numérico: Apresenta os fundamentos do cálculo que podem ser aplicados na resolução de problemas matemáticos.

Engenharia de Processos: Formas de monitorar todas as etapas do processo, como produção, transporte interno e armazenamento.

Engenharia de Qualidade: Como diagnosticar, acompanhar e otimizar o processo de produção, garantindo a qualidade do produto sem deixar de levar em conta a sustentabilidade.

Engenharia e Segurança do Trabalho: Estuda e higiene e a medicina do trabalho, apresentando os conceitos, causas e custos dos principais acidentes, como prevenir acidentes individualmente e coletivamente, e quais são os reflexos da segurança do trabalho na qualidade e produtividade de um negócio.

Engenharia Econômica: Dá noções de Matemática Financeira, análise de investimentos, análise de riscos, relação custo-benefício e demais conceitos que um gestor deve ter em mente para administrar uma empresa.

Estratégia de Negociações: Apresenta os processos de negociação e de administração de conflitos para gerenciar projetos e organizações.

Gestão de Custos: Como analisar os custos de um projeto e comparar métodos e sistemas de custeio para conseguir os resultados esperados.

Logística Integrada e Estratégica: Estuda toda a logística da empresa, envolvendo elementos como suprimento de produtos, sistema logístico, custos, serviço ao cliente, distribuição, transporte, armazenamento e gerenciamento de estoques.

Faculdades que oferecem o curso de Engenharia de Produção

Ficou a fim de estudar Engenharia de Produção? Então fique ligado nas dicas que passaremos a seguir.

Em primeiro lugar, tenha em mente que um dos fatores principais para o sucesso profissional é a qualidade da instituição onde você vai estudar.

Para ajudar nessa tarefa tão importante, elaboramos uma lista com algumas faculdades bem avaliadas e reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC).

Essa boa avaliação do MEC é importante por diversas razões. A primeira delas é que isso atesta a qualidade do curso.

A segunda é que permite à faculdade participar de programas governamentais que ajudam estudantes de baixa renda, como o ProUni e o FIES. O ProUni concede de bolsas de estudo integrais e parciais, enquanto o FIES é um financiamento estudantil com condições facilitadas.

Confira a seleção que preparamos com faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que oferecem o curso de Engenharia de Produção:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) 

Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) 

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) 

Universidade de Franca (UNIFRAN) 

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais

Nossa lista ainda apresenta mais vantagens. Todas as faculdades acima têm programas próprios de bolsas de estudos, descontos e financiamento sem burocracia. Nelas você vai encontrar uma ótima relação custo-benefício: ensino de qualidade com mensalidades acessíveis.

Veja também:

Quanto custa estudar Engenharia de Produção?

Pretende estudar Engenharia de Produção? Em qual faculdade? Conte para a gente aqui nos comentários!