Estudar Psicologia é um sonho para muitas pessoas. Atualmente, o curso de Psicologia não se restringe às universidades públicas, sendo oferecido em muitas cidades com grandes instituições particulares e população considerada mediana.

As faculdades particulares que abrigam este curso em seu catálogo precisam investir em bons profissionais docentes e laboratórios para as aulas práticas da profissão. É necessário ter esta estrutura formalizada para que o Ministério da Educação (MEC) qualifique o curso como adequado para formar bons profissionais e emitir diplomas válidos.

O número de psicólogos vem crescendo no Brasil nos últimos anos, o que pode representar uma boa notícia em geral, pois as pessoas estão mais interessadas em cuidar da sua saúde mental, e, para isso, precisam do auxílio dos profissionais especialistas na área.

Segundo dados do Conselho Federal de Psicologia, existem mais de 400 mil psicólogos em atuação no Brasil. O estado de São Paulo lidera a lista com cerca de 120 mil psicólogos, enquanto Roraima possui o menor número absoluto de psicólogos do país, com cerca de 900 profissionais.

Um psicólogo pode trabalhar em um consultório próprio, em clínicas e hospitais públicos e privados, escolas, clubes, no RH das empresas em geral, em consultorias privadas, no auxílio de desenvolvimento de novas tecnologias e pesquisas, entre outras oportunidades.

Com o aumento da procura pelos cursos feitos na modalidade EAD (ensino a distância), é natural que haja a procura pelo curso de Psicologia EAD. Mas ainda existe muita resistência para o oferecimento deste curso nessa modalidade.

Quer entender a razão? Leia os tópicos a seguir e confira como estudar Psicologia de forma prática, com qualidade e barata!

Faça o Teste: Você tem perfil para cursar Psicologia?

Tem graduação em Psicologia à distância?

O curso de graduação em Psicologia ainda não é autorizado para ser oferecido no ensino a distância em nenhum lugar do país. Caso você encontre alguma faculdade ofertando o curso de Psicologia em EAD, se trata de uma situação ilegal.

Para que esta realidade mude, é necessária a aprovação do Ministério da Educação. Mas até a publicação deste texto, feita no segundo semestre de 2021, não havia nenhum curso registrado nos sistemas oficiais do MEC.

A legislação mais recente sobre este assunto é o Decreto nº 9.235/2017, que trata da autorização para abertura de cursos nas instituições de educação superior do Brasil. O curso de Psicologia, assim como o de Direito, Medicina, Odontologia e Enfermagem, passa por uma etapa extra de avaliação e manifestação do Conselho Nacional de Saúde, e da Ordem dos Advogados do Brasil, no caso do Direito.

Porque não tem Psicologia EAD?

Há muita resistência do Conselho Federal de Psicologia (CFP) e dos profissionais do setor para que o curso de Psicologia seja liberado para ensino a distância. A medida foi alvo de uma moção de repúdio feita no 10º Congresso Nacional de Psicologia realizado em 2019 e a posição contrária é constantemente reiterada pelo CFP cada vez que o assunto ressurge.

Segundo os profissionais da área, a Psicologia exige o ensino presencial para uma formação adequada dos estudantes. Confira o que diz uma das notas do CFP sobre o assunto:

“A Psicologia se edifica nas relações humanas, na intersubjetividade e no encontro com o outro. Exige vivência acadêmica na sala de aula e fora dela, nas comunidades, nos espaços de atuação profissional, implicando reflexão, confronto de ideias e o desenvolvimento de uma postura ética e de respeito à diversidade. Os processos de ensino-aprendizagem pressupõem uma formação que se realiza na troca de experiências, implicando convivência e diálogo, além de práticas colaborativas fundamentalmente presenciais.”

O Conselho também diz que a medida interessaria somente aos interesses financeiros das instituições de ensino, afinal o curso neste formato traria economias nas estruturas físicas e de pessoal que são necessárias nas aulas presenciais.

Por outro lado, os defensores da liberação dizem que a liberação do ensino a distância para a Psicologia facilita o acesso ao curso para mais estudantes e que as tecnologias da educação estão em evolução e já permitem essa mudança.

Com a paralisação de atividades presenciais feita durante a pandemia, as duas vertentes terão novos argumentos. A discussão sobre o assunto deve seguir quente durante os próximos anos.

Tem Psicologia Semipresencial?

Apesar de nenhum curso 100% EAD de Psicologia ser reconhecido pelo MEC, já é possível encontrar algumas faculdades oferecendo a modalidade semipresencial.

No ensino semipresencial, o aluno deve cumprir parte da carga horária em aulas presenciais e em outra parte em aulas feitas no EAD. A própria instituição deve distribuir esse banco de horas permitidas ao longo do curso, como desejar.

Atualmente, o MEC dita as regras para que os cursos presenciais tenham uma porcentagem específica máxima de aulas em ensino a distância. Esta quantidade era de 20% e subiu para 40% após uma polêmica portaria publicada pelo órgão no fim de 2019.

Quanto custa EAD de Psicologia?

Conforme explicamos anteriormente, não existe o curso de graduação EAD de Psicologia. Já no caso do ensino semipresencial, os preços oferecidos na modalidade semipresencial são semelhantes aos de uma graduação presencial.

Segundo o site Quero Bolsa, as mensalidades para o curso de Psicologia na cidade de São Paulo giram em torno de R$800 a R$2.000. Caso o aluno conquiste uma bolsa de estudos, o valor geralmente pode cair para valores entre R$480 a R$1.100 mensais.

Outras cursos disponíveis em EAD

Se neste momento você só pode fazer um curso no ensino a distância, você pode começar uma faculdade EAD em cursos da mesma área de conhecimento da Psicologia ou próxima. Temos alguns exemplos de cursos autorizados:

Confira também: Qual a diferença entre bacharelado, licenciatura e tecnólogo? 

Lembrando que nenhum desses cursos dá autorização para você trabalhar como Psicólogo. São apenas opções na área de conhecimento envolvendo o comportamento humano e como lidar com ele em áreas correlatas.

Ao se formar em um destes cursos, abre-se a possibilidade de ingressar posteriormente na faculdade de Psicologia com algumas matérias a menos para cumprir. Isso depende muito da grade curricular e normas de cada faculdade.

No vídeo a seguir, o psicólogo Felipe de Souza explica um pouco desta questão:

Faculdades que oferecem cursos em EAD e presencial

Se você deseja fazer Psicologia ou outro curso, saiba que antes de tudo é necessário conhecer a faculdade que você vai se matricular. 

Você sabia que um curso superior precisa ser devidamente autorizado pelo MEC para que o diploma seja válido? Sem essa regulamentação em dia, o mercado de trabalho não irá te contratar na hora da apresentação dos documentos.

No caso da Psicologia, só pode exercer a profissão quem tiver registro no Conselho Regional de Psicologia do seu estado. E essa autorização só é feita com um diploma validado.

Para você não passar por esse sufoco, separamos uma lista com faculdades que possuem cursos com a documentação 100% em dia, para que você estude com tranquilidade. Além disso, elas oferecem condições de ingresso diferenciadas e bolsas especiais: 

Leia também: Descubra todos os cursos oferecidos pelas faculdades EAD 

E, aí? Qual sua opinião sobre a possibilidade da faculdade de Psicologia em EAD? Pretende fazer outro curso em EAD ou vai partir para o presencial?