O curso de Ciências Agrárias mescla as disciplinas específicas da área de agronomia com as disciplinas comuns das áreas de ciências biológicas e exatas.

O profissional graduado em Ciências Agrárias estará apto para atuar em planejamentos de plantio, na solução de problemas agrícolas, na administração de propriedades rurais e na implantação de soluções que aperfeiçoem o uso do solo; trabalhando, neste caso, em fazendas, secretarias de agricultura, programas de desenvolvimento agrícola ou ONGs.

Poderá também lecionar no ensino médio, no ensino técnico agrícola e treinar mão de obra para trabalhar em propriedades rurais e na agroindústria. Poderá dar aulas nas áreas de fitotecnia, agronomia, zootecnia, agroindústria, agronomia e extensão rural. Os locais de trabalho desse profissional, nesse caso, são as escolas agrotécnicas, escolas de campo, institutos federais de educação profissional e escolas que oferecem cursos técnicos. Para poder lecionar no ensino superior é necessário ser pós-graduado.

Mostraremos, a seguir, um levantamento com as principais despesas (moradia, mensalidade, transporte, alimentação e material para estudo) que um estudante vai precisar nos quatro anos para se graduar em Ciências Agrárias, morando em uma cidade de médio porte.

Mas quanto custa estudar Ciências Agrárias?

Confira nossos cálculos com os principais gastos e a descrição das metodologias usadas:

Mensalidade

É a primeira preocupação, pois em uma instituição particular, a mensalidade está em torno de R$ 1.200,00. O gasto total durante os quatro anos será de R$ 57.600,00.

Moradia

Outra grande preocupação é o local de moradia. Nesse item, o estudante terá um gasto em torno de R$ 500,00 mensais para uma kitinet sem alimentação e incluindo gastos com luz, água, internet e outras pequenas despesas de casa. Ao longo da graduação, ele gastará em torno de R$ 24.000,00.

Alimentação

Os preços pesquisados em restaurantes tradicionais e lanchonetes mostraram que os gastos com café da manhã, almoço e jantar ficam em um valor médio de R$ 20,00 por dia. Ao final da graduação, o montante será por volta de R$ 28.800,00.

Transporte

Em cidades de médio porte, esse é um gasto quase que desconsiderado, pois o estudante só vai ter esta despesa se não conseguir uma moradia próxima à faculdade. Então, considerando que não consiga, ele deverá gastar por volta de R$ 5,00 em deslocamentos por dia, o que vai gerar uma despesa total de aproximadamente R$ 7.200,00 ao longo da graduação.

Materiais de estudo e equipamentos

Como as instituições possuem laboratórios e todos os instrumentos necessários para a realização das aulas práticas além de disponibilizarem bibliotecas para seus alunos, o gasto com livros é muito baixo. Então, calculamos um valor de R$ 2.000,00 para suprir, durante toda a graduação, as despesas com cópias, apostilas, jalecos, etc.

Como pagar a faculdade de Ciências Agrárias

Existem algumas opções para quem não tem condições de arcar com os cursos da faculdade. Conheça as principais:

  • ProUni: é

    um programa do governo que oferece bolsas de estudos parciais e

    integrais para estudantes de faculdades privadas. O processo seletivo

    usa a nota do Enem e, para participar, é obrigatório ter feito o Exame

    no ano imediatamente anterior. As inscrições para o ProUni são gratuitas

    e acontecem duas vezes por ano.

  • FIES: é o financiamento

    do Governo Federal para universitários de faculdades privadas. Os juros

    são de 3,4% ao ano e o estudante só começa a pagar a dívida um ano e

    meio depois de formado.

  • Crédito Universitário: para quem

    passa por dificuldades financeiras temporárias, é possível usar o

    crédito universitário privado para pagar um semestre da faculdade.

Conclusão

Uma graduação em Ciências Agrárias terá um custo total aproximado de R$ 119.600,00, considerando um estudante em uma instituição particular e morando fora de casa.

Achou que faltou algum detalhe? Faça sua crítica e conte para nós nos comentários!