Sistemas de Informação não foge à regra da maioria dos cursos de tecnologia: tem grande aceitação no mercado de trabalho. Os profissionais podem encontrar oportunidades com bons salários em praticamente todo o Brasil.

A área continua a crescer no mercado brasileiro, independentemente da situação econômica.

Quem quiser fazer parte deste grupo deve investir em formação de qualidade — o que certamente será um grande diferencial no mercado de trabalho.

Para ajudar você a ficar por dentro de quanto custa estudar Sistemas de Informação, a gente foi pesquisar o valor das mensalidades, as alternativas para estudar pagando menos e as faculdades que contam com o curso atualmente.

Dê uma olhada a seguir!

Quanto custa estudar Sistemas de Informação

Para uma formação tão bem vista no mercado de trabalho, estudar Sistemas de Informação até que não custa caro. Em grande parte das faculdades que oferecem o curso no modelo presencial, o valor das mensalidades fica em torno de R$ 750.

Quer mais notícia boa? Então prepare-se, porque já é possível estudar pagando um terço desse valor. É que o curso de Sistemas da informação também está disponível na modalidade a distância, o que faz cair bastante os custos da mensalidade.

É ou não é uma oportunidade única de obter um curso superior pagando pouco?

Mesmo que o seu lance seja estudar de forma tradicional, é possível encontrar mensalidades bem abaixo da média.

Dá para fazer o curso pagando a partir de R$ 500 — e em faculdades de qualidade!

Na Universidade Estácio de Sá (UNESA), por exemplo, as mensalidades ficam em torno de R$ 550. Os valores podem variar um pouco para cima ou para baixo, dependendo da cidade onde você vive.

Em algumas cidades atendidas pelo Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA), o estudante vai encontrar mensalidades que variam de R$ 700 a R$ 900.

Quem vive em Minas Gerais e quer estudar na Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) pode se deparar com valores que vão de R$ 800 a R$ 1.200 por mês.

Essa variação ocorre muito em função do turno e da cidade onde o curso é oferecido. Normalmente, as graduações noturnas são mais caras do que as matutinas e vespertinas.

Quem está com dinheiro sobrando vai encontrar várias faculdades que cobram acima de R$ 1.500.

Quanto custa estudar Sistemas de Informação a distância

Estudar a distância é muito mais econômico. Além de as mensalidades serem naturalmente mais baixas do que as dos cursos presenciais, o aluno ainda economiza uma grana por não ter que se deslocar diariamente até a faculdade.

É possível encontrar o curso de Sistemas de Informação a distância a partir de R$ 210 em instituições renomadas. Em outras, o valor pode saltar para R$ 350. Dificilmente fica muito acima de R$ 500.

Sobre o curso de sistemas de Informação

Sistemas de Informação é oferecido em grau de bacharelado e tem quatro anos de duração.

Durante esse período, o aluno irá fazer uma viagem ao mundo da tecnologia em geral, na parte de hardware e de software.

Ele irá estudar, por exemplo, organização e arquitetura de computadores, segurança da informação, engenharia de sistemas, estrutura de banco de dados, linguagens de programação, modelagem e implementação de sistemas, ferramentas, gestão, algoritmos, pesquisa, ética e legislação.

O curso presencial é até fácil de ser encontrado. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), está disponível em mais de 400 instituições públicas e particulares pelo Brasil. Por ano, são oferecidas cerca de 70 mil vagas.

Se o curso não estiver disponível na sua cidade ou na faculdade onde você quer estudar, é possível buscar algumas opções semelhantes na área de TI. Anote alguns dos mais conhecidos:

• Análise e Desenvolvimento de Sistemas

• Sistemas para Internet

• Ciência da Computação

• Engenharia de Software

• Engenharia de Computação

• Redes de Computadores

• Jogos Digitais

• Redes de Telecomunicações

• Banco de Dados

• Gestão da Tecnologia da Informação

Algum desses, inclusive, são cursos superiores de tecnologia – que têm um tempo de formação mais curto e alta empregabilidade no mercado de trabalho.

Bolsas e descontos para quem quer estudar Sistemas de informação

Embora não esteja nem de longe entre os cursos mais caros do Brasil, ainda assim é possível conseguir bolsas e descontos para estudar Sistemas de Informação pagando ainda menos.

• Descontos no boleto: O mais conhecido é o abatimento de até 30% do valor da mensalidade para quem paga o boleto em dia. Mas praticamente toda faculdade tem sua própria política de descontos – que podem chegar a até 70% em alguns casos! Converse com o departamento financeiro para conhecer as alternativas.

• Bolsas de Estudos: O Programa Universidade Para Todos oferece bolsas parciais e integrais em instituições particulares por todo o país. Para concorrer, é preciso ter feito o Enem mais recente e obtido uma pontuação igual ou maior que 450 na média das provas, sem ter zerado a redação. O governo federal também exige que o aluno se encaixe em certo perfil econômico e de formação escolar. A seleção abre duas vezes ao ano.

Outra opção interessante para quem busca mais facilidade para pagar os estudos pode ser um financiamento estudantil.

Diversas instituições particulares bem avaliadas pelo MEC trabalham com o FIES, sistema de financiamento do governo federal que oferece a possibilidade de financiar os estudos a longo prazo, com juros abaixo do valor de mercado. Para obter o benefício é preciso ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2010, com pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. O candidato precisa se encaixar nos critérios de renda definidos pelo MEC e ainda encarar um processo seletivo. As inscrições abrem duas vezes ao ano.

Onde estudar Sistemas de Informação (ou cursos similares)

Você já deve saber que para fazer um bom curso é preciso verificar se a instituição escolhida é reconhecida e bem avaliada pelo Ministério da Educação.

A gente separou a seguir uma lista de faculdades que atendem a esses requisitos. Algumas delas têm o curso de Sistemas de Informação e outras contam com opções similares, inclusive no formato a distância.

Conheça:

Veja também:

Tecnólogo ou bacharelado: qual o melhor?

O que achou das mensalidades do curso de Sistemas de Informação? Conte para a gente nos comentários!