Quanto ganha um Fisioterapeuta

O profissional formado em Fisioterapia precisa fazer um investimento consideravelmente alto durante a graduação. Mas, logo após o termino do curso, o recém-formado pode conseguir várias oportunidades de emprego com salários bem atrativos.

Essa profissão possibilita aos fisioterapeutas atuarem em diferentes áreas, com diferentes salários. A média salarial dessa carreira é de R$ 1.905,00 por mês*, segundo o Salariômetro da FIPE.

Setor público

Apesar de não haver tantos concursos públicos como em outras

profissões, o fisioterapeuta pode optar por exercer suas funções nesse

setor. Para isso, é crucial realizar a prova do concurso para

pleitear uma vaga. Alguns dos locais onde esse profissional pode

trabalhar no setor público são hospitais, centros médicos e

universidades. Veja abaixo algumas das oportunidades desse setor e o

salário médio mensal*:

  • Fisioterapeuta Neurofuncional: R$ 2.060
  • Fisioterapeuta Respiratório: R$ 2.131

  • Fisioterapeuta Hospitalar: R$ 2.118
  • Cinesiólogo Fisioterapeuta: R$ 1.905
  • Fisioterapeuta traumato-ortopédico funcional: R$ 3.348
  • Professor de Fisioterapia: R$ 1.645
  • Fisioterapeuta RPG: R$ 2.216

Setor privado

Muitos dos profissionais preferem trabalhar no setor privado, pois eles podem exercer suas funções em

empresas, hospitais, centros médicos, universidades, clínicas de

estética e como profissional autônomo. Confira abaixo alguns salários nesse setor*:

  • Fisioterapeuta Acupunturista: R$ 1.905
  • Fisioterapeuta Esportivo: R$ 1.477
  • Fisioterapeuta Home Care: R$ 1.433
  • Fisioterapeuta do Trabalho: R$ 2.300
  • Fisioterapeuta Dermato-Funcional: R$ 1.311
  • Fisioterapeuta autônomo: 1.350

Mercado de trabalho para o curso de Fisioterapia

O mercado de trabalho para os fisioterapeutas recém-formados é muito concorrido, sendo necessário que esse profissional ingresse em seguida em uma especialização para se destacar nas diferentes carreiras que são oferecidas para este campo. O fisioterapeuta pode trabalhar no setor público ou privado. Além disso, existem oportunidades para os graduados trabalharem no exterior.

Exterior

Durante a graduação alguns alunos têm a possibilidade de estudar e trabalhar no exterior, outros graduandos preferem terminar o curso e depois conseguir um emprego fora do país. Para isso é fundamental que o fisioterapeuta saiba falar com fluência a língua inglesa ou a espanhola e tenha alguma especialização. Além disso, algumas empresas oferecem concurso público como no Brasil para selecionar seus funcionários. As vagas de emprego no exterior não são diferentes das do Brasil.

O curso de Fisioterapia

A Fisioterapia é a área da saúde que pesquisa, diagnostica e trata os

traumas, as lesões, as más formações e os vícios de postura causados

por acidentes, disfunções orgânicas entre outros fatores que podem gerar

patologias nos seres humanos. O curso de Fisioterapia tem, em média,

cinco anos de duração e desenvolve-se em meio período; por isso, muitos

alunos conseguem conciliar os estudos com um estágio remunerado.

Entretanto, é necessário ter muita dedicação, porque a grade curricular

desse curso é extensa e complexa, pois possui disciplinas como biologia,

anatomia, fisiologia, patologia, saúde pública, recursos terapêuticos

manuais, neurologia, ortopedia e traumatologia. Nos últimos anos da

graduação, os alunos têm aulas práticas e estágio obrigatório. Além

disso, ele precisa escrever a monografia de conclusão de curso.

Após o a conclusão do curso de Fisioterapia, o profissional precisa

obter o registro profissional no Conselho Regional de Fisioterapia e

Terapia Ocupacional (Crefito). Desse modo, o estudante de Fisioterapia

consegue entrar no mercado de trabalho com mais facilidade.

Saiba mais sobre o curso de Fisioterapia!

O que você achou da remuneração do fisioterapeuta? Conte pra gente nos comentários!

*Salariômetro da FIPE - fevereiro 2015.