Farmácia é uma área em constante expansão no Brasil. Tanto que um número crescente de indústrias, drogarias, laboratórios e clínicas tem buscado profissionais qualificados para compor seus quadros de funcionários.

Nesse cenário, os auxiliares técnicos em Farmácia também ganham espaço, assessorando farmacêuticos em questões de venda, controle de estoque, manuseio e produção de medicamentos, além de prestar assistência a pacientes. 

São áreas bem interessantes para quem gosta desse universo.

Mas fica a pergunta: vale mais a pena fazer um curso técnico em Farmácia ou investir de vez em uma formação superior?

Vamos discutir o assunto a seguir!

Vale a pena fazer um curso técnico em Farmácia?

A resposta à pergunta do título depende muito daquilo que você espera do mercado de trabalho.

Você quer conseguir um emprego mais rapidamente ou prefere esperar para encontrar oportunidades melhores mais adiante?

Você tem um planejamento de longo prazo? Onde gostaria de estar daqui a 10 anos?

O curso técnico em Farmácia é mais rápido, prepara o profissional para entrar no mercado em um ano e meio, em média.

Já o superior forma bacharéis em muito mais tempo: cinco anos, em média.

O esforço se paga mais adiante: o bacharel em Farmácia tem muito mais chances de ganhar altos salários e ocupar cargos mais elevados, além de poder emitir laudos e pareceres técnicos na área. Ele pode atuar diretamente na elaboração de medicamentos, fazer análises clínicas de materiais biológicos, elaborar produtos cosméticos, etc.

Já o técnico em Farmácia ajuda o farmacêutico a realizar tudo isso, além de colaborar em questões do dia a dia de uma drogaria, por exemplo. Mas, no geral, não tem as mesmas responsabilidades técnicas.

Resumidamente, podemos dizer que:

• Vale a pena fazer o curso técnico de Farmácia se você está a fim de entrar mais rapidamente na área.

• Se você quer ter uma carreira com mais oportunidades, vale mais investir num curso superior, que tem duração mais longa mas oferece melhores possibilidades de crescimento.

O que se estuda no curso de Farmácia

As disciplinas vistas no curso técnico e no curso superior de Farmácia são até bastante similares. O que muda é a profundidade com que cada uma é estudada.

Enquanto o técnico apresenta noções, o superior vai mais a fundo em todas elas.

Para você ter ideia, o curso técnico tem cerca de 30 disciplinas. O superior, dependendo da faculdade, mais de 70!

Veja alguns exemplos:

Disciplinas do curso técnico em Farmácia

• Atendimento ao Cliente

• Biossegurança

• Controle de qualidade de medicamentos e cosméticos

• Cosmetologia

• Deontologia e Legislação farmacêutica

• Farmácia Hospitalar

• Farmacobotânica e Farmacognosia

• Farmacologia

• Farmacotécnica Alopática

• Microbiologia, Parasitologia e Imunologia

• Morfologia e Fisiopatologia Humana

• Nutrição e Dietética

• Psicologia Organizacional

• Química

• Tecnologia Farmacêutica   

Disciplinas do curso superior em Farmácia

• Análise Instrumental Aplicada à Farmácia

• Análises Físico-Químicas e Microbiológicas de Alimentos

• Análises Laboratoriais Bioquímicas e Hematológicas

• Assistência Farmacêutica

• Biotecnologia e Produção de Alimentos

• Ciências Moleculares e Celulares

• Sistemas Digestório, Endócrino e Renal

• Sistemas Imune e Hematológico

• Sistemas Nervoso e Cardiorrespiratório

• Sistemas Tegumentar, Locomotor e Reprodutor

• Citopatologia Oncótica

• Cosmetologia

• Farmácia Clínica

• Farmácia e Profissão

• Farmacognosia

• Farmacologia

• Farmacologia dos Sistemas

• Fitoterapia

• Homeopatia

• Microbiologia

• Química Analítica

• Química Farmacêutica e Planejamento de Fármacos

• Química Geral

• Química Orgânica Aplicada à Farmácia

• Relações Parasitas e Hospedeiros

• Saúde Coletiva

• Tecnologia Farmacêutica

• Toxicologia

Percebeu a diferença entre os dois? 

Quanto custa o curso técnico e o superior de Farmácia

O curso técnico em Farmácia tem uma mensalidade média de R$ 400 nas principais escolas técnicas do Brasil.

Já o curso superior custa cerca de R$ 1.200, em média. Isso, em parte, porque a graduação em Farmácia exige muito equipamento especifico da área, laboratórios e materiais importados.

Considerando que o curso superior pode ser encontrado em centenas de faculdades pelo Brasil, uma boa pesquisa pode render valores bem variados de mensalidade – algumas, por exemplo, custam menos de R$ 850; outras, mais de R$ 2.000!

O superior de Farmácia também pode ser feito na modalidade a distância em faculdades reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), como a Cruzeiro do Sul Virtual, por exemplo. Nesse formato, a mensalidade sai por R$ 700, em média.

Os cursos superiores também têm outra vantagem: estão presentes nos programas de incentivo do governo federal. Portanto, você pode tentar bolsas de estudos para fazer Farmácia pelo ProUni ou financiar os estudos a juros baixos com o FIES.

Isso sem falar que aqueles que se derem bem no Enem mais recente podem tentar estudar Farmácia em uma universidade pública por meio do Sisu, sem pagar um centavo sequer!

Onde encontrar o curso técnico de Farmácia

O curso técnico de Farmácia pode ser encontrado em um grande número de escolas técnicas e centros de formação profissional pelo Brasil.

Alguns hospitais também oferecem essa possibilidade.

É muito comum vê-lo em escolas como o Senac ou mesmo em faculdades que contam com cursos técnicos.

Basta dar uma procurada aí na sua cidade.

Onde encontrar o curso superior de Farmácia

O curso superior de Farmácia está disponível em 464 instituições de ensino pelo Brasil. Desse total, 403 estão na rede particular!

O segredo para se dar bem em meio a tantas opções é sempre escolher faculdades que sejam reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC – uma bela garantia de que você irá entrar no mercado de trabalho com um diploma diferenciado em mãos.

Conheça algumas faculdades onde encontrar o curso superior de Farmácia:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

Cruzeiro do Sul Educacional (presencial)

Cruzeiro do Sul Virtual (a distância)

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais

Veja também:

Saiba tudo sobre o curso técnico em Enfermagem

E aí, vai de curso técnico ou superior em Farmácia? Conte para a gente nos comentários!