Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque uma bolsa

    Compare preços e escolha a bolsa de estudos que seja sua cara.


  2. Garanta a bolsa

    Pague a adesão para garantir sua bolsa.


  3. Tamo junto na próxima fase.

    Agora é só fazer o processo seletivo e se matricular na faculdade.


História

Dia do Fico: o que aconteceu nesta data?

9 de janeiro
Imagem apresentando o pço onde Dom Pedro I declarou que ficaria no Brasil
Imagem do autor
Escrito porBárbara Liz

Em uma viagem ao passado da história brasileira, um dos momentos mais significativos foi o Dia do Fico, ocorrido em 9 de janeiro de 1822. Esse evento não foi apenas um episódio isolado, mas um marco decisivo no caminho para a independência do Brasil.

Encontre bolsas de estudo de até 80%
+ Não sabe que carreira seguir? Faça nosso Teste Vocacional!

Nesta matéria, exploramos o que foi o Dia do Fico, seu contexto histórico, os motivos que levaram a esse acontecimento e os reflexos dessa data na história do Brasil.

Veja mais:
+ Veja 10 locais importantes na história do Brasil

+ Proclamação da República: como aconteceu o evento


O Que Foi o Dia do Fico?

O Dia do Fico refere-se ao dia em que Dom Pedro I, então Príncipe Regente do Brasil, desafiou as ordens das Cortes Portuguesas que exigiam seu retorno a Portugal.

Em uma declaração histórica, ele afirmou: “Como é para o bem de todos e felicidade geral da nação, estou pronto: diga ao povo que fico.”

Esta decisão marcou o início de um novo capítulo na história brasileira, onde o país começou a trilhar seu caminho rumo à independência.

Contexto Histórico

O início do século XIX foi um período turbulento para Portugal e seu império. A transferência da corte portuguesa para o Brasil em 1808, a Revolução Liberal do Porto em 1820, e o subsequente desejo das Cortes de reafirmar a autoridade sobre o Brasil, criaram um cenário de tensões políticas e sociais.

Dom Pedro, pressionado pelas Cortes para retornar a Portugal, estava entre a lealdade à sua família em Portugal e o crescente movimento pela independência no Brasil.

Por que o evento aconteceu?

A decisão de Dom Pedro de permanecer no Brasil foi influenciada por vários fatores. A pressão das elites brasileiras, que temiam a perda de autonomia e o retorno à condição de simples colônia, foi crucial.

Além disso, a própria visão de Dom Pedro sobre o futuro do Brasil e seu papel nesse futuro teve um peso significativo em sua decisão.

Entenda melhor:

Dom Pedro I decidiu permanecer no Brasil por uma combinação de fatores políticos, econômicos e pessoais. Aqui estão algumas das principais razões:

  1. Pressão das Elites Brasileiras: As elites econômicas e políticas do Brasil, especialmente aquelas na região do Rio de Janeiro, exerciam uma forte pressão sobre Dom Pedro para que ele ficasse.

    Eles temiam que, com sua partida, o Brasil retornasse ao status de colônia, perdendo as liberdades administrativas e econômicas que haviam sido concedidas desde a chegada da família real portuguesa em 1808.

  2. Desejo de Independência do Brasil: Havia um crescente movimento pela independência no Brasil. Muitos brasileiros queriam romper os laços com Portugal e evitar as restrições econômicas impostas pela metrópole.

    Ao escolher ficar, Dom Pedro se alinhou com esse sentimento nacionalista e viu a oportunidade de liderar o país em direção à independência.

  3. Interesses Pessoais e Visão Política: Dom Pedro tinha suas próprias ambições políticas. Permanecer no Brasil oferecia a ele a oportunidade de ser mais do que apenas um regente; ele poderia ser o líder de uma nova nação. Além disso, ele desenvolveu uma afinidade pelo Brasil e pelo povo brasileiro, o que também influenciou sua decisão.

  4. Situação Política em Portugal: As Cortes Portuguesas, após a Revolução Liberal do Porto em 1820, buscavam reafirmar seu controle sobre o Brasil, reduzindo sua autonomia.

    Dom Pedro provavelmente percebeu que, se retornasse a Portugal, teria um papel reduzido e limitado, subordinado às Cortes e com pouca influência.

  5. Aconselhamento de Figuras Chave: Dom Pedro foi aconselhado por figuras influentes no Brasil, como José Bonifácio de Andrada e Silva, que o encorajou a ficar e apoiar a independência do Brasil.

    Esses conselheiros perceberam a importância de ter um líder como Dom Pedro para consolidar um movimento de independência bem-sucedido.

Em resumo, a decisão de Dom Pedro de ficar no Brasil foi um cálculo cuidadoso que levou em conta tanto o clima político quanto seus próprios interesses e visões para o futuro do país.


Reflexos da Data

O Dia do Fico foi um passo fundamental para a declaração da independência do Brasil em 7 de setembro de 1822. Este ato de desobediência a Portugal sinalizou o início do fim do domínio colonial português no Brasil e pavimentou o caminho para a construção de uma nação soberana.

A data é celebrada como um símbolo do desejo de autodeterminação e liberdade, refletindo a identidade e a história brasileira.

Saiba mais:
+ 10 acontecimentos da História do Brasil que você precisa entender

+ 7 de Setembro: 10 fatos sobre a Independência do Brasil que você precisa saber

Facul sem treta? É aqui mesmo!
Facul sem treta? É aqui mesmo!

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.