São Paulo é o centro financeiro e corporativo mais importante do Brasil, concentrando também o maior número de oportunidades profissionais e boa parte dos melhores salários do País. Levantamentos recentes de institutos de pesquisa e sites de recrutamento apontaram as profissões mais bem pagas na cidade em cargos de diretoria e não gerenciais.

Os profissionais mais valorizados do momento, com salários de até R$ 80 mil, são os que desempenham funções estratégicas, principalmente ligadas à redução de gastos e aumento de produtividade.

Conheça os setores de atuação mais bem remunerados de São Paulo, as profissões do momento e o topo salarial de cada carreira!

Profissões mais bem pagas em cargos de diretoria

Os maiores salários para cargos de diretoria (executivos, diretores, vice-presidentes, presidentes, etc.) são de profissionais com habilidade para renegociar dívidas, gerenciar pessoas, impulsionar as vendas e garantir a produtividade.

Conheça os 12 cargos de diretoria mais bem pagos de São Paulo:

1. Diretor Financeiro ou CFO (Chief Financial Officer)

É responsável pelo gerenciamento financeiro de empresas e o controle do seu capital.

Salário: pode chegar a R$ 80 mil.

2. Diretor de Operações e Supply Chain de Indústrias

É responsável pela gestão dos recursos da empresa e pela área de logística, que envolve transporte, armazenamento e distribuição de produtos.

Salário: até R$ 70 mil.   

3. Diretor de Recursos Humanos

O Diretor de RH deve criar estratégias para identificar, atrair e reter os melhores talentos, impulsionar a produtividade e promover treinamentos adequados para garantir a maior eficiência das equipes.

Salário: até R$ 55 mil.

4. Diretor de Comércio Eletrônico

Com a expansão do comércio eletrônico no Brasil, executivos capazes de dirigir empresas de vendas online estão cada vez mais valorizados no mercado.

Salário: até R$ 55 mil.

5. Diretor de Operações de Varejo

A principal função deste profissional é impulsionar as vendas, além de melhorar o atendimento, tornar as lojas mais atrativas e acompanhar constantemente os resultados financeiros.

Salário: até R$ 50 mil.

6. Diretor de Trade Marketing

A função deste profissional é criar novas linhas de produtos e gerar percepção de valor mais elevado para estes itens, estimulando novos hábitos de consumo.

Salário: até R$ 50 mil.

7. Diretor de Unidade de Negócios no Setor de Saúde

Este profissional deve aperfeiçoar o modelo de negócios de empresas farmacêuticas e de equipamentos médicos, buscando melhor desempenho comercial.

Salário: até R$ 50 mil.

8. Head de Finanças Corporativas

O Head de Finanças tem a função de administrar a relação das empresas com os bancos e negociar dívidas, entre outras atribuições. Tem papel estratégico em organizações de grande porte, especialmente nas áreas de infraestrutura, agronegócio e energia.

Salário: até R$ 45 mil.

9. Diretor de Comunicação e Relações Públicas

Este profissional tem a função de gerenciar a comunicação de uma empresa ou entidade com todos os públicos e zelar pela imagem da organização em todas as mídias.

Salário: até R$ 45 mil.

10. Diretor de Assuntos Governamentais/Regulatórios/Acesso

Este profissional atua na área farmacêutica e trata da liberação de novos medicamentos no mercado. Há escassez de profissionais na área, o que potencializa os altos salários.

Salário: até R$ 45 mil

11. Diretor de Tesouraria

Este profissional exerce papel semelhante ao do Diretor Financeiro, cuidando do caixa das empresas, evitando ou contendo crises.

Salário: até R$ 40 mil

12. Executivo de Empresas Investidas

É o profissional especializado em desenvolver e reestruturar uma empresa, por meio de investimentos, para colocá-la à venda com maior valor de mercado.

Salário: R$ 20 mil, mais porcentagem sobre a venda da empresa.

Fonte: Michael Page

Profissões mais bem pagas em cargos não gerenciais

Uma pesquisa realizada pelo site de recrutamento Catho na cidade de São Paulo apontou os profissionais mais bem pagos ocupando cargos não gerenciais. As profissões voltadas a Finanças, Medicina e Engenharia ficaram no topo do ranking. Confira:

1. Controller

Produz relatórios financeiros e orienta cortes nos gastos das empresas.

Salário médio: R$ 11,1 mil.

2. Médico Clínico Geral

Avalia o quadro de saúde geral do paciente.

Salário médio: R$ 9,8 mil.

3. Médico do Trabalho

Atua na prevenção e tratamento de doenças ligadas à atividade profissional ou ambiente de trabalho.

Salário médio: R$ 9,7 mil.

4. Médico Auditor

Avalia a necessidade de procedimentos médicos e o preço praticado.

Salário médio: R$ 9,4 mil.

5. Médico Ginecologista

Cuida da saúde da mulher.

Salário médio: R$ 9,4 mil.

6. Médico Psiquiatra

Faz o diagnóstico e tratamento de transtornos psicológicos.

Salário médio: R$ 8,9 mil.

7. Engenheiro de Planejamento e Controle

Avalia custos e utilização de recursos em projetos da indústria e construção civil.

Salário médio: R$ 8,8 mil.

8. Engenheiro de Planejamento

Desenvolve projetos e obras em diferentes campos da Engenharia.

Salário médio: R$ 8,7 mil.

9. Médico Dermatologista

Especializado na prevenção e tratamento de doenças de pele.

Salário médio: R$ 8,6 mil.

10. Arquiteto de Sistemas

Desenvolve soluções tecnológicas.

Salário médio: R$ 8,5 mil.

Fonte: Catho
Os salários pagos a determinado cargo podem variar bastante, ainda que na mesma cidade, de acordo com a experiência do profissional, sua qualificação e o porte da empresa. Alguns cargos, como os de médico, podem oferecer uma remuneração ainda maior na prática, pois é comum que esses profissionais trabalhem em mais de um lugar.

Veja também:

As profissões mais bem pagas

Pretende ingressar no mercado de trabalho em São Paulo? Em qual profissão? Conte pra gente nos comentários!