No Brasil, a profissão de biomédico é relativamente recente. O primeiro curso superior na área foi criado, ainda com o nome de Ciências Biomédicas, em 1966 (o primeiro curso de Medicina do Brasil foi criado em 1808!).

De lá para cá, muita coisa aconteceu. A profissão foi regulamentada em 1983, o número de cursos de Biomedicina aumentou para 243 e hoje há cerca de 56 mil universitários matriculados nessa graduação.

O biomédico pode trabalhar em hospitais, clínicas, indústrias e laboratórios, entre outras instituições públicas e privadas. Existem, hoje, 33 especialidades reconhecidas pelo Conselho Federal de Biomedicina.

Mas você sabe o que faz esse profissional? Tem interesse em seguir essa carreira? Fique com a gente e saiba mais a seguir!

O que faz um Biomédico

O biomédico é o profissional responsável por estudar microrganismos causadores de doenças, investigar formas de tratamento e pesquisar medicamentos e vacinas a fim de prevenir enfermidades e epidemias.

Veja algumas de suas áreas de atuação:

Análises Clínicas: É uma das principais áreas de atuação do Biomédicos. Consiste na análise de sangue, urina e tecidos para detectar possíveis doenças e elaborar diagnósticos.

Análises Ambientais: O profissional dessa área realiza análises de produtos químicos e microbiológicos a fim de detectar riscos para o meio ambiente e apoiar planos de recuperação.

Biomedicina Estética: Desenvolve e aplica tratamentos para disfunções dermatológicas e fisiológicas relacionadas ao tecido adiposo e ao metabolismo.

Diagnóstico por Imagem: Realiza exames que possibilitam o diagnóstico por imagens, como ressonância magnética e tomografia computadorizada.

Indústria: Quem atua nesse campo pode elaborar soros, vacinas e reagentes.

Análises Bromatológicas: Atua na indústria alimentícia. Sua tarefa é realizar análises químicas e microbiológicas para medir a qualidade e o nível de contaminação de alimentos – desde a produção, até o armazenamento, passando pela coleta e transporte. O profissional que atua na área pode elaborar relatórios técnicos, perícias, consultorias e assinar laudos.

Genética: Participa de pesquisas em todas as áreas ligadas à Genética, além de realizar exames de DNA.

Citologia Oncótica: A partir de amostras de células, realiza exames para diagnosticar alguns tipos de câncer.

Banco de Sangue: Realiza exames antes e depois de transfusões, cuida do armazenamento e processamento do sangue, além de manusear equipamentos de transfusão.

Perícia Criminal: Ajuda a elucidar crimes a partir de vestígios, como sangue ou tecidos humanos. Nesse caso, seu local de trabalho são os laboratórios dos institutos de criminalística.

Mercado de trabalho e remuneração na área de Biomedicina

Segundo o Conselho Federal de Biomedicina (CFBM), há 33 áreas de atuação para o biomédico. No entanto, 90% dos profissionais formados dedicam-se às análises clínicas ou à docência – e isso acabou saturando esses dois campos, principalmente nas regiões Sul e Sudeste.

A região Norte é a menos saturada, com apenas mil profissionais registrados. Quanto às especializações que mais buscam profissionais na atualidade, análises ambientais e de imagem saem na frente.

Os principais locais de trabalho dos biomédicos atualmente são os hospitais, clínicas e laboratórios.

A maioria dos campos da Biomedicina é abordada durante a graduação, o que pode dar uma base para você decidir qual especialidade seguir. E por que parar por aí? A área de pesquisa oferece ótimas oportunidades e para isso é necessário um mestrado ou doutorado!

Você deve estar se perguntando sobre a remuneração. De acordo com o Site Nacional de Empregos (Sine), o salário médio de um profissional de nível pleno em um grande hospital, laboratório ou empresa é de aproximadamente R$ 3.500, chegando a R$ 5.600. Essa média salarial pode aumentar ou diminuir de acordo com o nível de experiência do profissional e o porte da empresa.

Como se tornar um biomédico

A profissão é regulamentada pela Lei nº 7.135, de 26 de outubro de 1983. Para atuar como biomédico é necessário cursar Biomedicina em uma instituição de ensino autorizada pelo MEC e estar registrado no Conselho Regional de Biomedicina (CRBM) de seu estado.

O curso de Biomedicina

O curso de Biomedicina é um bacharelado com duração de quatro anos que prepara o aluno para atuar principalmente com pesquisa, identificação e classificação de microrganismos que causam doenças, além da busca contínua por novas formas de tratamentos, remédios e vacinas. Para isso, grande parte da grade curricular é formada por laboratórios. Conheça as principais matérias:

• Anatomia Humana

• Bioengenharia e Biotecnologia

• Bioestatística

• Biofísica

• Biologia Molecular

• Bioquímica Clínica

• Bioquímica Metabólica

• Biossegurança

• Bromatologia e Análise dos Alimentos

• Citologia

• Citopatologia e Citologia Clínica

• Coleta de Material Biológico

• Embriologia e Reprodução Humana

• Epidemiologia e Saúde Pública

• Farmacologia

• Fisiologia Geral

• Fisiopatologia e Anatomia Patológica

• Genética e Citogenética Humana

• Gestão Laboratorial e Controle de Qualidade

• Hematologia Clínica

• Hemoterapia e Banco de Sangue

• Imunologia Básica

• Interpretação Clínico Laboratorial

• Microbiologia e Micologia Básica

• Parasitologia

• Química Geral

• Saneamento e Análise Ambiental

• Toxicologia e Análises Toxicológicas

• Uroanálise e Fluidos Corporais

Há também algumas disciplinas da área de Humanas, como Antropologia, Sociologia e Língua Portuguesa. Alguns cursos oferecem até Inglês em suas grades, uma vez que o idioma é fundamental para leitura de periódicos especializados.

O estágio é obrigatório e geralmente acontece no último ano do curso. O aluno deve também elaborar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) para obter o diploma.

 Onde estudar para se tornar biomédico

 Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Biomedicina:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

Universidade Estácio de Sá (UNESA) 

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

Universidade de Franca (UNIFRAN)

Centro Universitário do Distrito Federal (UDF)

Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)

Faculdade Unime (UNIME) – na Bahia 

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) – em Minas Gerais 

Veja também:

Qual é o salário de Biomedicina?

Está interessado em seguir carreira em Biomedicina? Conte para a gente nos comentários!