Auto Conhecimento

Antes de tudo você precisa se conhecer direito antes de tomar qualquer decisão, ninguém mais que você sabe seus gostos, suas preferências e como vai se sentir em cada situação. Sua personalidade influencia brutalmente na hora da decisão, é importante descobrir se você é mais racional ou impulsivo e quais as causas desse comportamento, descobrir isso é um grande passo rumo a sua escolha.

Qual seu objetivo?

Muitos não sabem nem mesmo aonde querem chegar,  sem saber isso fica muito difícil saber aonde ir. Imagine que você está andando a esmo por uma estrada e de repente chega a uma encruzilhada, com quatro placas, cada uma indicando para um lado e cada uma levando a um determinado lugar. Sem saber para onde você realmente quer fica difícil saber se a escolha que você irá fazer será realmente a melhor.

Tenha um novo ponto de vistaO grande segredo para resolver um problema é buscar maneiras diferentes de resolvê-lo, se você tenta resolve-lo sempre do mesmo jeito sem muito sucesso quer dizer que está na hora de mudar de estratégia, busque novos meios de tratar essa escolha, olhe esse problema por um novo ângulo e a escolha adequada virá naturalmente.

O que é mais importante?Muitas vezes prestamos vestibular não somente por que queremos ser médicos, jornalistas ou engenheiros, podem haver outros fatores que são mais importantes que a própria carreira na hora da decisão e você precisa descobri-los.

Por exemplo: Muitas pessoas não estão muito preocupadas em seguir essa ou aquela carreira, querem apenas ganhar muito dinheiro, poder ter um bom padrão de vida e isso nenhuma carreira sozinha pode proporcionar, muitas vezes a pessoa acha que fazendo medicina conseqüentemente ficará rica logo ou se fizer faculdade de turismo vai passar o resto da vida viajando. Pense bem.

Isso não!

Assim como é muito importante sabermos para onde queremos ir também é importante sabermos para onde não queremos ir, analise bem a situação e veja se aquela carreira ou faculdade realmente te agrada e se não há nada nessa decisão que tenha passado despercebido e que á contra a sua real vontade.

Os contras

Muito bem, você já analisou os prós, viu todas as vantagens de fazer determinada escolha. Mas e os “contras”? É importante analisarmos os “contras” para podermos tomar uma decisão sensata. Turismo é uma carreira legal, mas o mercado está começando a ficar saturado, as faculdades públicas são dificílimas de entrar, porém as pagas estão muito caras. Não se esqueça de colocar os contras na balança.

Abra o leque

É importante "abrir o leque", muitas vezes você fica tão preso à determinada escolha que nem percebe as demais opções a sua volta. Um vestibulando que quer medicina a todo custo se parar para refletir um pouco verá que Biologia ou Ciências Médicas talvez sejam uma boa opção.

Ficar parado

Você pode fazer o que quiser, só não pode ficar parado esperando a decisão certa bater a sua porta, muitas vezes por não chegarmos a uma conclusão logo, ficamos desanimados e “deixamos rolar” não faça isso, esteja sempre em busca da melhor decisão, você pode até parar por um tempo, mas nunca deixe nas mãos do destino.

Olhe para os lados

Mesmo que você já tenha um objetivo certo em sua mente nunca deixe de olhar para os lados, veja as novas oportunidades que aparecem, ouça outras opiniões, é importante partilhar com os outros suas dúvidas. Tenha um objetivo em sua mente, mas esteja aberto a novas possibilidades.

Agora ou nunca

Quem já não precisou tomar uma decisão em um curto espaço de tempo? Por experiência própria posso garantir que na maioria das vezes essas nem sempre são as melhores decisões. 

Um estudante de São Paulo mandou sua proposta de matrícula para cinco faculdades nos EUA, mas sem muita esperança de entrar em alguma delas, pouco tempo depois recebeu três respostas, dois negativas e uma positiva, mesmo a resposta positiva tendo vindo da sua última opção entre as cinco, não pensou duas vezes, separou o dinheiro reservado para pagar os estudos e efetuou a matricula na faculdade, três semanas depois recebeu a resposta das outras duas faculdades, as duas afirmativas, inclusive uma delas era sua primeira opção, mas já tinha efetuado a matrícula na outra faculdade e não dispunha mais de recursos financeiros para se matricular em outra faculdade, chegou até a pensar em desistir de todas, mas depois voltou atrás e se mudou para os EUA, ainda com certo aperto no coração.

Não tome atitudes e decisões precipitadas, analise bem cada situação e aja com calma.

Quando for tomar a decisão a respeito do curso ou da faculdade que deseja prestar lembre-se bem, a precipitação pode gerar decisões insatisfatórias para toda uma vida.