Escolher uma profissão não é tarefa fácil. A pressão é grande e o medo de errar costuma ser maior ainda. Felizmente é possível conseguir ajuda de profissionais especializados em orientação vocacional, mesmo que você não esteja perto dos grandes centros, clínicas ou universidades que ofereçam o serviço.

[Ache os cursos e faculdades ideais para você!]

O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), por exemplo, oferece um curso online grátis que pode ser acessado por estudantes de todo o Brasil. O Mundo Vestibular foi conversar com a Supervisora de Educação a Distância do CIEE, Rosa Maria Simone, para saber mais sobre o curso e trazer algumas dicas para quem está na fase de decidir a carreira.

Como é o Curso de Orientação Profissional

Criado em 2006, o treinamento online de Orientação Profissional foi um dos primeiros do Programa de Ensino a Distância do CIEE, iniciativa criada em 2005 e que hoje conta com 36 cursos gratuitos em seu catálogo. O conteúdo desses cursos é voltado para o jovem que está ingressando no mercado de trabalho e o material é criado pelo próprio CIEE a partir partir das necessidades desses estudantes. Administração do tempo, como se comportar em dinâmicas e entrevistas, atitude empreendedora e comunicação virtual são alguns dos temas.

Desde seu lançamento, o material de orientação vocacional online passou por algumas alterações e pequenas atualizações, como a adaptação ao novo acordo ortográfico. Para o final de 2012 está prevista uma atualização um pouco mais abrangente, com a inclusão de novas carreiras e profissões.

O curso online de Orientação Profissional do CIEE está organizado em cinco módulos:

  • Escolhas Profissionais: como conciliar sonhos e realidade na hora da decisão da carreira

  • Orientações para a escolha da profissão: o que saber e onde procurar informações para a escolha da carreira

  • Ética: código com diretrizes para o exercício na atividade

  • Marketing pessoal: passar uma imagem positiva é essencial para o sucesso na carreira

  • A importância do estágio

Ele é gratuito, totalmente feito pela internet e dura uma média de 3 horas, que devem ser cumpridas em 7 dias. Ao final do treinamento é preciso preencher uma avaliação de reação que, aliada a uma participação de 100%, garante um certificado digital de conclusão do curso.

Para ter acesso ao curso online de Orientação Profissional (e aos outros cursos gratuitos do CIEE) basta fazer um cadastro na página www.ciee.org.br.

Desde que foi ao ar pela primeira vez, o curso já treinou 27 mil jovens. "O feedback tem sido muito positivo", comenta Rosa Maria.

“O curso é muito bom, e o que eu aprendi vai me ajudar bastante na minha carreira profissional. Aprendi conceitos que nem sabia, 
formas de se comportar num determinado ambiente, maneiras de como agir, e muitas outras coisas importantes. Não preciso 
sugerir nem criticar nada o curso é ótimo. Mas é sempre bom se aperfeiçoar”.

(Participante do Curso de Orientação Profissional Online do CIEE)

Dicas para escolher a profissão

"O objetivo do curso de Orientação Profissional é levar à reflexão, para que o jovem tome uma decisão mais acertada e tranquila", diz Rosa Maria Simone, Supervisora de Educação a Distância do CIEE. Ela dá cinco dicas para quem está na fase de decidir a profissão:

  1. O primeiro passo é buscar as opções no mercado, principalmente o que há de novo. "Aconteceu uma revolução na carreira profissional. Há carreiras que não existem mais e carreiras que estão sendo valorizadas", comenta.
  2.  Em segundo lugar, vem a etapa de "balancear o sonho com o que acha que tem de melhor, cuidando para não se deixar influenciar pela família, sociedade e mídia. Pois nem sempre é o melhor caminho."
  3. Não é definitivo! Rosa explica que é importante estar consciente de que "é uma escolha difícil, num momento difícil. Mas ela não precisa ser para sempre".
  4. Uma vez feita a escolha, Rosa indica buscar a possibilidade de vivenciar a escolha na prática por meio de um estágio. "Às vezes o jovem está infeliz [com a escolha do curso], mas na hora em que vai para o mercado e vivencia o dia a dia daquela profissão, pode mudar de ideia", acrescenta.
  5. E se a dúvida persistir, Rosa recomenda ponderação: "Descubra aos poucos os seus interesses e habilidades e, se possível, busque orientação profissional".