Se existe uma área que literalmente move a economia mundial, ela é sem dúvida o Comércio Exterior. Com ele, é possível que os países desenvolvam parcerias que vão estimular cada vez mais o crescimento da sociedade em que vivemos.

Justamente por isso, o profissional formado em Comércio Exterior é uma peça fundamental para garantir que essas parcerias possam ser desenvolvidas da melhor forma possível.

Caso você pense em se dedicar à essa área, saiba que existem muitos caminhos possíveis e que um deles é o curso técnico em Comércio Exterior, que será o foco deste artigo. Confira!

Sobre a formação técnica em Comércio Exterior

O principal objetivo deste curso é ensinar ao aluno técnicas e regras práticas para que ele possa entrar no mercado de trabalho e atuar ajudando nas negociações internacionais.

É importante frisar que o formado não atuará diretamente nessas negociações. Sua principal função será fornecer suporte para os profissionais graduados e atuar em problemas de logística e de contabilidade.

E, diferente do nível de bacharelado ou tecnológico, o curso técnico possui uma formação bem mais rápida e simplificada.

Na maioria das instituições onde o curso é oferecido, o tempo de duração costuma variar entre 1 e 2 anos, sendo a modalidade presencial o formato mais comumente encontrado. Nele, o estudante precisa frequentar as aulas na própria instituição durante a semana.

Quem se forma em um curso técnico de Comércio Exterior recebe um certificado de nível médio.

É importante destacar também que um dos pré-requisitos para se candidatar ao curso é garantir que o candidato tenha concluído o Ensino Médio ou que esteja pelo menos cursando o 2º ano.

Como é a grade do curso técnico em Comércio Exterior?

Ao se matricular em um curso técnico em Comércio Exterior, o aluno normalmente entra em contato com as seguintes disciplinas:

  • Ambientação Organizacional 
  • Empreendedorismo 
  • Negociação Internacional  
  • Importação e Exportação 
  • Câmbio
  • Operações de Logística Global 

A grade de matérias pode sofrer alterações de acordo com a instituição escolhida, então é fundamental que o aluno busque as informações específicas antes de se matricular.

Dependendo de onde o estudante realizar o curso técnico, um estágio pode ou não ser necessário para a conclusão efetiva da formação.

Qual o valor do curso técnico em Comércio Exterior?

O estudante que deseja fazer um curso técnico em Comércio Exterior pode encontrar opções pagas e também gratuitas.

No caso das opções pagas, a média de valores costuma ficar entre 100 e 300 reais.

No caso das alternativas gratuitas, existem programas do governo que permitem ao estudante realizar diversos cursos técnicos de forma gratuita. A opção mais conhecida é o Pronatec.

Onde fazer o curso técnico em Comércio Exterior?

Se gostou do curso técnico em Comércio Exterior e deseja se especializar na área, então você precisa dar o primeiro passo e iniciar seus estudos!

Para isso, nada melhor do que escolher uma instituição de ensino confiável e altamente capacitada para oferecer a formação que você precisa.

Pensando nisso, listamos algumas opções de faculdades que você pode se inscrever. Todas elas são certificadas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação e contam com uma série de facilidades financeiras para seus alunos.

Algumas delas incluem a utilização da sua nota do Enem para conquistar uma bolsa de estudos integral ou de até 70% de desconto nos valores das mensalidades.

Confira:

É sua chance de entrar em uma área que cresce a cada ano e trabalhar com pessoas do mundo todo!

Veja também:

Quero fazer um curso técnico! Qual é o caminho?

Curso técnico

Gostou das informações sobre o curso técnico em Comércio Exterior? Compartilhe conosco nos comentários!