Com a chegada do período de inscrições nos exames vestibulares, a Unicamp é uma das universidades mais buscadas pelos estudantes. Mas você sabe porque a Unicamp é uma das instituições mais concorridas e quais são os cursos que ela oferece?

Encontre bolsas de estudo de até 80%

Continue a leitura e conheça mais sobre a Unicamp e descubra todos os cursos de graduação oferecidos por uma das mais importantes universidades do Brasil.

Sobre a Universidade Estadual de Campinas

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) é uma instituição de ensino pública brasileira. É uma das quatro universidades administradas pelo Estado de São Paulo, ao lado da Universidade de São Paulo (USP), da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp).

A Unicamp é considerada uma das melhores universidades do Brasil e do mundo, responsável por cerca de 15% da produção científica brasileira. É citada em vários rankings universitários internacionais, que classificam as principais universidades do planeta.

Assim como outras universidades públicas do país, a Unicamp não cobra mensalidades ou taxas administrativas de seus estudantes, sendo o seu financiamento quase inteiramente oriundo do governo estadual.

Saiba mais: USP, Unicamp e o ranking das universidades

Onde fica a Unicamp?

A Unicamp possui três campi localizados no interior do Estado de São Paulo, nas cidades de Campinas, Piracicaba e Limeira.

A sede e principal campus da Unicamp, onde estão localizados a maior parte de seus cursos de graduação e pós-graduação, encontram-se no distrito de Barão Geraldo - região noroeste da cidade de Campinas. Fica a 12km do centro da cidade.

Com seus três campi, a Unicamp possui 24 unidades de ensino e pesquisa e, ainda, um vasto complexo de saúde, que inclui duas grandes unidades hospitalares. Além disso, conta com 23 núcleos e centros interdisciplinares, dois colégios técnicos e uma série de unidades de apoio. Cerca de 50 mil pessoas convivem entre suas unidades e desenvolvem milhares de projetos de pesquisa.

Quando a Unicamp foi criada?

A Unicamp foi fundada oficialmente no dia 5 de outubro de 1966. Este foi o dia do lançamento de sua pedra fundamental.

O campus de Barão Geraldo, em Campinas, onde foi criada a Unicamp, possui o nome do seu fundador, Zeferino Vaz.

Ainda que seja bastante nova, a Unicamp já conquistou uma forte tradição de ensino e pesquisa, e também de relações com a sociedade.

No seguinte vídeo institucional da Unicamp você confere um pouco mais sobre a história da instituição, cursos oferecidos e como é estudar em uma das mais importantes universidades do Brasil:

A importância da Unicamp para o país

A Unicamp é uma das principais universidades do Brasil, não só pela quantidade de cursos e estudantes - quase 35 mil alunos matriculados -, mas também pela relevância da instituição na pesquisa acadêmica e científica do país.

A universidade de Campinas responde por cerca de 8% da pesquisa acadêmica do Brasil, sendo 12% da pós-graduação nacional. Além disso, a Unicamp mantém a liderança entre as universidades brasileiras no que se refere ao número de patentes, e também lidera no número de artigos por pesquisador publicados anualmente em revistas científicas nacionais e internacionais reconhecidas.

Ao enfatizar a importância da Ciência e promover a investigação acadêmica, a Unicamp contribui para a qualidade do ensino e instiga a pesquisa como também uma atividade econômica. Dessa forma, possui boa relação com a indústria e agências de fomento, participando dos processos produtivos.

Em cinco décadas, mais de 65 mil profissionais se formaram nos cursos de graduação da Unicamp. São profissionais que hoje trabalham em empresas, no governo e em instituições sociais, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social do Brasil.

Como entrar na Unicamp?

Para ingressar em algum curso de graduação da Unicamp é necessário prestar o exame vestibular.

Saiba mais sobre como é o vestibular da Unicamp

Além do processo tradicional da própria instituição de ensino, é possível concorrer a uma vaga em uma das mais importantes universidades do país por meio do edital Enem-Unicamp.

O Enem-Unicamp é um processo que seleciona candidatos que além de terem estudado integralmente o Ensino Médio em escolas da rede pública de ensino, se inscreveram e atingiram uma boa pontuação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Saiba mais:

Para quem pertence a alguma etnia indígena brasileira e estudou o Ensino Médio na rede pública de ensino também pode participar do Vestibular Indígena, outro edital de seleção da Unicamp a parte do vestibular tradicional.

Outro modo de entrar na Unicamp e sem precisar fazer vestibular é pela modalidade Vagas Olímpicas, na qual são selecionados estudantes a partir do desempenho em olimpíadas científicas e competições de conhecimento.

Cursos oferecidos pela Unicamp

Atualmente, a Unicamp oferece cerca de 70 cursos de graduação em diversas áreas do conhecimento, sem contar os programas de pós-graduação.

A instituição conta com um grande leque de cursos de graduação nas áreas de Artes, Ciências Biomédicas, Ciências Exatas, Ciências Tecnológicas, e Humanidades.

Confira as opções de cursos de graduação da Unicamp divididos entre as áreas do conhecimento:

Área de Artes

Área de Ciências Biomédicas

Área de Ciências Exatas, Tecnológicas e da Terra

Área de Humanidades

Programas Especiais

  • Programa de Formação Interdisciplinar Superior - ProFIS

Leia também: Conheça os cursos que mais tiveram matrículas em 2021

Outras opções de universidades

Além da Unicamp, há universidades particulares muito bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC) e que oferecem facilidades para novos estudantes, incluindo bolsas de estudo e descontos. Confira algumas boas opções:

E aí, você se interessou por fazer algum curso na Unicamp? O curso que você procura está na lista oferecida? Conte pra gente aqui nos comentários!

Leia também: