Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque uma bolsa

    Compare preços e escolha a bolsa de estudos que seja sua cara.


  2. Garanta a bolsa

    Pague a adesão para garantir sua bolsa.


  3. Tamo junto na próxima fase.

    Agora é só fazer o processo seletivo e se matricular na faculdade.


Estudos

O que é pragmática? Entenda e veja características

26 de outubro
Imagem do autor
Escrito porLucas Loconte

A pragmática é o campo da linguística encarregado de estudar a língua nos ambientes de seu uso na comunicação, em suma, enxergando o texto como um encadeamento de atos de fala. 

Seja o texto, oral ou escrito, ele deve atender determinadas condições para atingir o seu fim. Por exemplo, quando feita uma pergunta, o natural é que se tenha uma resposta a ela e quando isso não ocorre, temos o que chamamos de incoerência pragmática.

Encontre bolsas de estudo de até 80%

Dessa forma a coerência pragmática traduz-se na ação feita pelos interlocutores em torno das possibilidades de interpretação de um texto nas mais diferentes situações, estando relacionada não apenas às práticas discursivas que compreendem perguntas e respostas, mas também de ordem e obedecimento, pedido e atendimento/recusa, etc.

Não é natural, por exemplo, que um locutor ordene algo a alguém e este lhe faça um pedido. 

Conhecer a pragmática te ajudará não somente na comunicação oral, mas também na escrita de uma boa redação. Venha entender sobre este assunto tão complexo com a gente!

O que é Pragmática? 

Pragmática é o campo linguístico que irá estudar a linguagem no contexto de seu uso na comunicação, bem como essa conjuntura colabora para a construção de sentidos. Por essa razão, a competência pragmática analisa a comunicação humana empregada nas relações sociais e como ela se dá entre o interlocutor e os seus interlocutores.

É importante entender que a pragmática se fundamenta nos objetivos da comunicação, este é o seu objeto de estudo, para além das construções frasais, valor sintático e valor semântico da oração.

Apesar de não ser seu objeto, afinal, a pragmática estuda a linguagem e o seu uso, ela anda lado a lado com a semântica e a sintaxe, responsável pela análise dos significados e estruturas das frases, respectivamente.

Em síntese, a pragmática é o estudo dos significados linguísticos definidos não apenas pela semântica, que também está associada ao seu significado e sentido, mas aqueles inferidos a partir de um contexto extralinguístico. Geralmente elementos como informação e situação ajudam na compreensão de um texto.

Características 

Em uma comunicação, é automático que seus interlocutores entendam o que está sendo dito ou escrito, à esta capacidade de entender o significado pretendido pelo locutor, damos o nome de competência pragmática.

Esse entendimento ocorre devido a uma conjectura de coerência, que faz com que os interlocutores relacionem e entendam o significado daquilo que está sendo exposto, o enunciado, mesmo que ele não esteja explícito no texto.

Essa compreensão se dá em função dos conhecimentos compartilhados entre enunciadores e a capacidade de inferência. Assim, entende-se que além dos atos de fala, a pragmática se encarregará pela compreensão de sua relevância, conversação e a comunicação não-verbal.

Teoria da Comunicação

Ação de transmitir uma mensagem e, eventualmente, receber outra mensagem como resposta, toda unidade textual se constrói no aspecto comunicativo, sendo a comunicação, portanto, uma das principais áreas de estudo da pragmática. Na teoria da comunicação, os componentes básicos que envolvem uma situação comunicativa são:

Emissor

O emissor ou locutor é aquele que emite a mensagem, responsável por gerar a comunicação.

Receptor

O receptor ou interlocutor é aquele que recebe a mensagem transmitida.

Mensagem

A mensagem é o objeto da comunicação, constituída pelo conteúdo das informações transmitidas, podendo ser ela, verbal (texto) ou não-verbal (comunicação oral).

Código

O código é o modo como a mensagem se organiza, ele é um conjunto de sinais que estão organizados de forma que a mensagem esteja ao alcance tanto para seu emissor quanto para seu receptor.

O código pode ser sinais, gestos, sons, textos, desenhos, etc. Os idiomas, libras e os sinais de trânsito são tipos de código.

Canal de Comunicação

O canal de comunicação é o meio pelo qual a mensagem é transmitida, ele deve garantir o contato entre o locutor e o interlocutor, podendo ser visual, auditivo, etc.

Ambiente

O ambiente é o local onde a mensagem é emitida.

Fatores Semânticos

Os fatores semânticos se referem àqueles que priorizam a estrutura do texto, ele é subdividido em dois componentes que andam juntos:

  • Coesão: trata-se das articulações internas – gramaticais – que assegurarão a ligação entre palavras e frases, de modo a interligar as diferentes partes de um texto. O ponto central aqui, são as construções de sentido e não a contradição de ideias.
  • Coerência: trata-se das articulações externas e mais profundas de um texto. É o estabelecimento da ligação lógica entre as ideias, a fim de que, unidas, assegurem que o texto tenha sentido.

Fatores Pragmáticos

Os fatores pragmáticos se referem aos aspectos extratextuais, ou seja, aos componentes que estão fora da língua, mas influem na elaboração e entendimento de um texto. São cinco, os principais elementos:

Situacionalidade

A situacionalidade relaciona-se com a situação no qual o texto está inserido, seja na sua concepção ou decodificação, ela interfere na escolha de palavras usadas e no tom de voz a ser dito determinado texto, tendo seu sentido mudado em razão do contexto que foi usado.

Informatividade

A informatividade relaciona-se com as informações que o texto expõe, se elas são novas ou já recebidas. Para que o texto flua bem é importante haver uma dosagem entre os dois tipos de informações.

Se o texto apresentar apenas ideias novas, é possível que fique incompreensível, já se apresentar apenas informações conhecidas, ele pode soar repetitivo. Se fizéssemos uma analogia seria como um jogo: controle versus liberação da informação.

Intencionalidade

A intencionalidade relaciona-se com a maneira como o autor constrói seu texto para conseguir alcançar seu propósito. É necessário convencer o leitor ou fazer com que ele acredite nas ideias.

Aceitabilidade

A aceitabilidade relaciona-se com a aceitação do texto e a percepção do interlocutor sobre a mensagem. Organizar bem as informações, ser convincente e saber amarrar as ideias faz com que o leitor aceite o que está sendo exposto.

Intertextualidade

A intertextualidade relaciona-se com a influência de um texto sobre outro que o toma como modelo ou ponto de partida, e que por consequência gera sua atualização. Ainda que a intertextualidade não seja explícita no texto, pressupõem-se que foram consideradas informações prévias à sua construção.

Importância da pragmática

A Pragmática tem um importante estudo no esforço de traçar a conexão entre o conhecimento linguístico, no que concerne às questões semânticas (significado das frases) e sintáticas (construção das frases), com a circunstância em que foram usadas. 

Você sabia que a pragmática é o maior nível de análise linguística? Ela vai englobar a semântica, sintaxe, morfologia, fonologia e fonética.

A pragmática, é o ponto de ligação entre a linguagem e o contexto de comunicação que está sendo usada, ela se dá, por meio da análise da linguagem na perspectiva de seus participantes e suas escolhas, assim como as restrições de seu uso em interações sociais e os efeitos que seu emprego tem sobre os membros do processo comunicativo.

É estudante de vestibular e está buscando uma faculdade? Te apresentamos excelentes instituições reconhecidas e aprovadas pelo Ministério da Educação, onde você pode iniciar sua graduação. 

As faculdades abaixo, têm cursos a distância nas mais diversas áreas do conhecimento e contam com polos espalhados por todo o país.

Leia também: Conheça vida e obra de Clarice Lispector

Facul sem treta? É aqui mesmo!
Facul sem treta? É aqui mesmo!

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.